Momento Economia

Como proteger a carteira de ações e investimentos caso a B3 entre em colapso?

Publicados

em


source

A Bolsa de Valores (B3) pode sofrer um colapso em 2021? Caso isso aconteça, como o investidor deve se proteger? O universo da renda variável é coberto por incertezas, por conta disso, algumas pessoas acabam ficando com medo de ingressar nesse tipo de investimento.

Contudo, para aqueles que possuem uma boa estratégia e sabem quais são as melhores aplicações para se proteger de possíveis crises, investir na Bolsa se torna fácil. Um exemplo seria ter na carteira ações ligadas ao exterior, ouro ou dólar.

Leia Também

Por conta disso, Fabrizio Gueratto, Financista do Canal 1Bilhão Educação Financeira, convidou os especialistas Bernardo Pascowitch , Bea Aguillar e Lucas Pit para falarem sobre um possível colapso no mercado financeiro e uma forte queda nas ações listadas na B3 (B3SA3). Assim, os mesmos listaram algumas empresas para o investidor se proteger.

Descubra então quais são as melhores formas para se projetar ao investir na Bolsa de Valores:

Leia Também

Leia Também:  Bolsas de Valores pelo mundo caem após surgimento de nova variante sul-africana
Propaganda

Momento Economia

Brasil perdeu ao menos R$ 460 bi em impostos para a sonegação em 2020

Publicados

em


source
Brasil perdeu bilhões para a sonegação
Reprodução

Brasil perdeu bilhões para a sonegação

O Brasil deixou de arrecadar entre R$ 460 bilhões e R$ 600 bilhões em impostos em 2020, de acordo com um levantamento feito pelo Instituto de Desenvolvimento do Varejo (IDV) e divulgado pelo Metrópoles neste domingo (28).

O valor equivale a cerca de 11% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e soma tanto a evasão fiscal de empresas, que ficou entre R$ 320 bilhões e 420 bilhões no período, quanto o trabalho informal, que representa quantia estimada entre R$ 140 bilhões e R$ 180 bilhões.

Eduardo Mansur, presidente do Comitê de Transação Tributária da Associação Brasileira da Advocacia Tributária (Abat), explica que o alto índice de sonegação acontece, sobretudo, porque o processo tributário é complexo. “É um sistema que compreende muita tributação que se sobrepõe na cadeia, passando pela produção, pelo comércio e varejo, chegando na ponta, no consumidor”, disse ele ao Metrópoles.

A alta tributação sobre a folha de salários também contribui para a sonegação. Em 2020, este fator foi o responsável por 20% da evasão. “Você tem uma tributação muito pesada sobre os encargos de trabalho e previdenciários”, afirma Mansur.

Leia Também

Além das consequências econômicas pela diminuição na arrecadação de impostos, a sonegação traz ainda outros problemas, avalia ele. “Se você tem um ambiente que assegura uma imunidade para o sonegador, você cria um ambiente de concorrência desleal no mercado, o que também é ruim para o investidor”.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA