Momento Economia

Dólar ultrapassa R$ 5,60 com avanço da covid-19 na Europa

Publicados

em


Pelo segundo dia consecutivo, tanto o dólar como a bolsa de valores subiram. A retomada dos casos do novo coronavírus em vários países desenvolvidos aumentou as incertezas no mercado global, fazendo a moeda norte-americana voltar a ultrapassar a marca de R$ 5,60. No entanto, a bolsa fechou em alta, amparada por ganhos de ações de empresas domésticas.

O dólar comercial encerrou esta quarta-feira (14) vendido a R$ 5,603, com alta de R$ 0,019 (+0,34%). A cotação começou o dia em queda, chegando a R$ 5,53 na mínima do dia, por volta das 10h. No entanto, o movimento reverteu-se ainda durante a manhã. A divisa subiu até fechar próxima da máxima do dia.

Surgimento de uma segunda onda de casos de covid-19 na Europa provocou tensões nos mercados. Hoje, Portugal decretou estado de calamidade, e a França anunciou toque de recolher entre as 21h e as 6h para conter o avanço da doença.

Nos Estados Unidos, os investidores perderam as esperanças de que um novo pacote de estímulo fiscal para a maior economia do planeta seja aprovado antes das eleições presidenciais de novembro. Em conferência, o secretário do Tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, disse que o Congresso provavelmente não alcançaria um acordo antes do pleito.

Leia Também:  Décimo terceiro salário deve injetar R$ 208 bi na economia

No mercado de ações, o índice Ibovespa, da B3, voltou a subir, fechando o dia aos 99.334 pontos, com alta de 0,84%. O indicador está no maior nível desde 17 de setembro, quando tinha fechado pouco acima dos 100 mil pontos.

O fechamento de um acordo entre a J&F e o Departamento de Justiça dos Estados Unidos fez as ações da produtora de carnes JBS (controlada pela J&F) subir 9,2% nesta quarta, sustentando a alta do Ibovespa. A J&F declarou-se culpada de violar legislação norte-americana contra corrupção e pagará multa de cerca de US$ 128 milhões. O acordo retira um entrave para que a JBS lance ações no exterior, o que aumentou a demanda por ações da companhia no Brasil.

*Com informações da Reuters

Edição: Nádia Franco

Propaganda

Momento Economia

TAP confirma data de retorno dos voos em Belém

Publicados

em


source

Contato Radar

undefined
Calebe Murilo

TAP confirma data de retorno dos voos em Belém

A companhia aérea de bandeira portuguesa TAP comunicou hoje, 30, a data para o retorno de suas operações na capital paraense, conectando Belém (BEL) com a Europa, através de Lisboa (LIS).

Com isso, os voos da empresa voltarão acontecer no dia 18 de dezembro de 2020, com frequências nas segundas e sextas-feiras. O voo TAP 046 será operado pelo moderno Airbus A321neo LR e tem a decolagem prevista de Belém às 01:15, com a chegada em Lisboa acontecendo às 09:05.

No sentido contrário, o voo TAP 047 tem saída de Portugal programada para às 15:30, chegando a Belém no mesmo dia às 23:45. O jato A321neo tem capacidade para até 171 passageiros, sendo 16 em classe executiva e 155 em classe econômica.

Ademais, a frequência de duas operações semanais será mantida também durante o mês de janeiro do próximo ano, podendo ser alterada a medida que a demanda for maior nos períodos seguintes.

O post TAP confirma data de retorno dos voos em Belém apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Leia Também:  Dólar dispara a R$ 5,68 após Maia criticar base do governo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA