Momento Economia

Empresários fazem proposta ao governo que pode dobrar valor do Bolsa Família

Publicados

em


source

Brasil Econômico

Luiza Trajano
Reprodução Roda Viva/TV Cultura

Luiza Trajano, dona do Magazine Luiza, faz parte do Manifesto

O grupo de  empresários chamado Manifesto Convergência Brasil  entregou ao governo federal e a parlamentares o texto de um projeto de lei que destina 30% dos recursos provenientes da reforma administrativa e de privatizações para um programa de renda básica – o novo Bolsa Família. A informação foi divulgada nesta quarta (14) pelo jornal Folha de S.Paulo.

Alguns dos membros do Manifesto Convergência Brasil  são Elvaristo do Amaral, ex-executivo do setor financeiro, Frederico e Luiza Trajano, da Magazine Luiza, Fabio C. Barbosa, membro do Conselho da Fundação das Nações Unidas, Helena Nader, presidente de honra da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), Hélio Magalhães, presidente do Conselho de Administração do Banco do Brasil e Helio Mattar, diretor-presidente do Instituto Akatu.

Leia Também:  Faturamento do setor de turismo no Brasil tem redução de 33,6% em 2020

O projeto de lei, que poderia ser aprovado no Congresso por maioria simples, quer que os 30% da redução da despesa com a reforma administrativa será destinado diretamente ao programa substituto do Bolsa Família. Os 30% da arrecadação com privatizações iria para um fundo, coordenado por representantes da sociedade civil e do governo. A cada ano, 10% do patrimônio líquido do fundo, junto com os seus rendimentos, seriam transferidos ao Renda Brasil. O dinheiro do chamado “Fundo Convergência” seria administrado pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Os empresários calculam que será possível levantar R$ 240 bilhões em dez anos para o programa, considerando estimativas do próprio governo de economia com a reforma administrativa e de diversos economistas em relação à expectativa com as privatizações (30% de duas iniciativas que gerariam, cada uma, R$ 400 bilhões em dez anos).

Isso praticamente dobraria o orçamento atual do Bolsa Família, considerando também da rentabilidade do fundo de privatizações.

Propaganda

Momento Economia

Mitsubishi paralisa os planos do SpaceJet

Publicados

em


source

Contato Radar

undefined
Guilherme Dotto

Mitsubishi paralisa os planos do SpaceJet

Em um futuro bem próximo, a Mitsubishi deve anunciar uma nova estratégia de negócios de médio prazo em 30 de outubro.

De acordo com a Kyodo News , agência de notícias de Tóquio, a Mitsubishi irá confirmar que o programa SpaceJet será paralisado, embora tenha lutado por muito tempo para ganhar força com as companhias aéreas, 2020 está acabando ainda mais com a demanda por novas aeronaves.

O SpaceJet é um jato regional bimotor com capacidade para 70 a 90 passageiros. Atualmente há duas versões do modelo em oferta; o M90 e o M100 um pouco maior.

Menor do que o Airbus A220, a Mitsubishi estava posicionando seu avião para ser a versão utilizada no norte da Ásia.

No programa SpaceJet e seu antecessor, o Mitsubishi Regional Jet, está em andamento desde 2008. O jato fez seu primeiro voo em 2015. Até o momento, US$ 9,6 bilhões foram aplicados no desenvolvimento do avião.

No entanto, o cronograma de entrega foi adiado seis vezes até o momento. Haviam planos para entregar os primeiros M90, à All Nippon Airways no próximo ano, mas no momento nada confirmado.

Leia Também:  Brasileiros mantêm expectativa de inflação em 4,7%, diz FGV

Com cancelamento de até 100 Mitsubishi SpaceJet M90, a Trans States Airlines disse que o avião não era apropriado para os Estados Unidos, pois não atendia às regras do sindicato norte-americano sobre os jatos regionais.

com efeito de alto valor, a Mitsubishi reduziu pela metade seu orçamento para o programa SpaceJet, reduzindo US$ 561 milhões no financeiro do ano seguinte.

Foto: Maarten Dols © jetphotos.com

Os trabalhos no M90 continuaram, mas a produção foi interrompida. Quanto ao M100, foi efetivamente colocado ao lado.

Especialistas esperam que a demanda por aviões grandes diminuam num futuro próximo, à medida que as companhias aéreas optam por aviões menores.

O post Mitsubishi paralisa os planos do SpaceJet apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA