Momento Economia

Gasto com militares subiu 4% enquanto gasto com população caiu 2%, diz colunista

Publicados

em


source
Forças Armadas
Marcos Corrêa/PR

Forças Armadas

Em 2020, deflacionando os dados pelo IPCA médio anual, o gasto com a população civil teve uma redução real de 2%, enquanto o gasto militar teve um incremento real de 4% no ano em que o PIB caiu 4%, segundo o economista Fabio Giambiagi, colunista do Estadão. Isso se deve a aumentos aprovados durante os governos de Dilma e Temer, e manutenção de benefícios previdenciários, no início da gestão Bolsonaro. 

Quando olhamos somente para o pessoal ativo, a disparidade é ainda maior. Por conta de cortes, demissões e redução salarial para uns, e aumentos concedidos a outros o contraste entre civis e militares foi maior ainda: o gasto com ativos civis caiu, em termos reais, 4%, enquanto o gasto com pessoal ativo militar teve um salto real de 7%.

Já nos primeiros três meses de 2021, essa realidade se acentuou: a despesa com ativos civis caiu em termos reais mais 6% e com pessoal ativo militar aumentou novamente outros 7% reais.

Já no texto proposto pelo governo para o Orçamento de 2021, destinava R$ 8,3 bilhões para investimentos no Ministério da Defesa, um quinto (22%) do total aportado pelo governo federal. No texto final a Defesa sofreu um corte de R$ 1,3 bilhão.

Forças Armadas devem ser a única categoria a receber reajuste salarial , o que compromete mais R$ 7,1 bilhões da arrecadação federal. Demais servidores públicos terão o salário congelado até dezembro pela nova PEC emergencial.


Propaganda

Momento Economia

Itaú Unibanco lança Itaú Meu Negócio para apoiar gestão de PMEs

Publicados

em


source
Itaú Unibanco lança Itaú Meu Negócio para apoiar gestão de PMEs
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Itaú Unibanco lança Itaú Meu Negócio para apoiar gestão de PMEs

O Itaú Unibanco lançou a plataforma Itaú Meu Negócio com o objetivo de oferecer um ecossistema completo de soluções, passando a apoiar seus clientes também no atendimento das suas principais necessidades não bancárias.

A primeira solução a fazer parte deste ecossistema será uma ferramenta para a gestão dos negócios, produto de uma parceria com a Omie, empresa brasileira líder no segmento de Software as a Service (SaaS).

A aproximação entre as empresas se deu, após o Itaú identificar junto a clientes empresários do segmento de pequenas e médias empresas, uma dificuldade para gerir eficientemente os diversos aspectos dos seus negócios, incluindo atividades como gestão de vendas e ordens de serviços, gestão financeira, emissão automática de notas fiscais e integração com contadores, de forma a garantir um crescimento contínuo sustentável das empresas.

Você viu?

“Atualmente, apenas uma pequena parcela das pequenas e médias empresas que são nossas clientes tem acesso a ferramentas de apoio à gestão. Então, ao conversar com vários destes clientes para identificar como poderíamos ajudá-los, o ponto que surgiu com mais recorrência foi a necessidade de suporte à gestão dos negócios. Por isso, decidimos que essa seria a primeira entrega de nossa nova plataforma. Buscamos a melhor solução do mercado e encontramos a Omie, que oferece uma ferramenta simples, intuitiva e muito poderosa de gestão. Com ela, nossos clientes terão mais tempo para focar no que realmente importa, o crescimento dos seus negócios”, explica Carlos Eduardo Peyser, diretor do Itaú Unibanco.

“Enquanto as empresas são muito pequenas, os empresários têm facilidade para acompanhar, visualmente, todas as atividades do seu negócio”, afirma Marcelo Lombardo, CEO da Omie. “Mas, quando começam a crescer, essa ‘gestão visual’ fica comprometida e eles passam a precisar de ferramentas que supram essa necessidade. É quando entramos e fazemos a diferença. A parceria com o Itaú será importante para acelerarmos nossa escala e termos a chance de ajudar ainda mais empresas. Faz parte de nosso propósito transformar o cenário do empreendedorismo no Brasil, com soluções eficientes que facilitem o dia a dia, ampliem a eficiência e a produtividade do ecossistema como um todo”, completa Lombardo.

Leia Também:  Itaú Unibanco anuncia R$ 400 bilhões para desenvolvimento sustentável

Confira a reportagem completa aqui

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA