Momento Economia

IBC-Br: ‘prévia do PIB’ indica alta de 0,44% em abril

Publicados

em


source
Prévia do PIB divulgada nesta segunda-feira
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Prévia do PIB divulgada nesta segunda-feira

Depois de registrar um crescimento acima das expectativas no primeiro trimestre deste ano, a atividade econômica continuou em alta em abril . De acordo com o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) divulgado nesta segunda-feira, a economia expandiu 0,44% no mês ante março.

O índice refletiu as altas de 1,8% no varejo e 0,7% nos serviços, estimuladas pela flexibilização do isolamento e pelo pagamento do auxílio emergencial. Esse movimento foi suficiente para compensar a queda de 1,3% na produção industrial.

As expectativas de crescimento para o ano vem melhorando ao longo das semanas, principalmente depois que o IBGE divulgou a alta de 1,2% no PIB no primeiro trimestre.

De acordo com o relatório Focus, que reúne as expectativas de mercado, o país deve crescer 4,85% em 2021. Há um mês, a alta esperada era de 3,45%.

Leia Também:  INSS: contribuição única pode triplicar a aposentadoria; entenda

Você viu?

Até abril, o IBC-Br aponta uma alta de 4,77% na atividade econômica na comparação com o mesmo período de 2020. Em janeiro, a alta foi de 0,61%, seguida de crescimento de 1,65% em fevereiro, queda de 1,61% em março e a nova alta de 0,44% em abril.

O IBC-Br é considerado uma espécie de prévia do PIB por calcular o índice de atividade econômica, mas usa metodologia diferente do IBGE, responsável pelo número oficial.

Propaganda

Momento Economia

Regulamentação sobre lavagem de dinheiro é regulamentada pelo BC

Publicados

em


A legislação de prevenção à lavagem de dinheiro foi atualizada hoje (27) com uma resolução publicada pelo Banco Central (BC), que ajusta circular editada em janeiro do ano passado. Em nota, a autarquia explicou que as mudanças aperfeiçoam as normais, adaptam casos específicos à realidade atual e alinham as regras do BC com as de outros órgãos.

A primeira mudança diz respeito ao fornecimento de informações dos clientes de instituições financeiras. Os procedimentos de qualificação passarão a exigir o local de residência do cliente, no caso de pessoa física, ou o local da sede ou filial, no caso de pessoa jurídica. Esses dados passarão a ser avaliados pelas instituições financeiras junto do perfil de risco (risco de o cliente ficar inadimplente) e da natureza da relação de negócio.

A resolução igualou a regulamentação do BC com as normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), referente a fundos e clubes de investimento, fundos de investimento na forma de condomínio fechado e determinados investidores não residentes.

Leia Também:  Veja como solicitar o valor da aposentadoria como pensão de morte ao INSS

A terceira mudança diz respeito a recursos em espécie enviados por meio de empresas de transporte de valores. Agora, a empresa transportadora passa a ser considerada a portadora dos recursos e será identificada por meio do registro do número de inscrição no CNPJ e da firma ou denominação social.

Edição: Aline Leal

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA