Momento Economia

Ibovespa fecha em queda após EUA anunciarem alta de juros

Publicados

em


O Ibovespa fechou em queda nesta quarta-feira (16), e ficou abaixo de 129 mil pontos durante a tarde, após o Federal Reserve antecipar para 2023 projeção da primeira alta dos juros nos Estados Unidos desde o começo da pandemia de covid-19.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa recuou 0,64%, a 129.259,49 pontos, em dia também marcado pelos vencimentos dos contratos de opções sobre o Ibovespa e do índice futuro.

O dólar fechou o dia cotado a R$ 5,067, em uma leve tendência de alta após cair abaixo de R$ 5 na tarde desta quarta-feira (16). A moeda foi negociada a R$ 4,9936 às 13h, mas virou após o anúncio do Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos, sobre os juros.

O volume financeiro somou 91 bilhões de reais.

O Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, manteve a taxa de juros de curto prazo próxima de zero e informou que continuará a comprar mensalmente 120 bilhões de dólares em títulos para alimentar a recuperação econômica.

Entretanto, o Fed estimou pelo menos dois aumentos nas taxas de juros norte-americanas para 2023. Anteriormente, as projeções apontavam para uma primeira elevação apenas em 2024.

Leia Também:  'Planejamento, seriedade e transparência', diz Bolsonaro sobre crise hídrica

Nos EUA, o índice norte-americano S&P 500 caiu 0,54%.

Nesta noite será a vez de o Banco Central brasileiro anunciar decisão para a Selic, hoje em 3,5% ao ano. A previsão, segundo pesquisa Reuters, é de alta de 0,75 ponto percentual.

*Com informações da Reuters.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Propaganda

Momento Economia

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em junho

Publicados

em


Trabalhadores informais nascidos em junho recebem hoje (26) a sexta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.

As datas da prorrogação do benefício foram anunciadas em agosto. Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Calendário de pagamento da sexta parcela do auxílio emergencial Calendário de pagamento da sexta parcela do auxílio emergencial

Calendário de pagamento da sexta parcela do auxílio emergencial – Caixa/Divulgação

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.

Leia Também:  MetaRed X Brasil faz encontro de boas práticas em empreendedorismo universitário

O pagamento da sexta parcela aos inscritos no Bolsa Família começou no último dia 17 e segue até o dia 30. Amanhã (27), o pagamento continua para os beneficiários com NIS de final 7. O auxílio emergencial somente será depositado quando o valor for superior ao benefício do programa social.

Calendário de pagamento da sexta parcela do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família Calendário de pagamento da sexta parcela do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família

Calendário de pagamento da sexta parcela do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família – Divulgação/Caixa

Em todos os casos, o auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

O programa se encerraria em julho, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para as parcelas.

A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

Edição: Lílian Beraldo

Leia Também:  'Planejamento, seriedade e transparência', diz Bolsonaro sobre crise hídrica

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA