Momento Economia

Indústria paulista registra crescimento, diz Fiesp

Publicados

em


A indústria de transformação paulista registrou crescimento de 2,6% nas vendas reais entre dezembro e janeiro, de acordo com o Levantamento de Conjuntura da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp).

Segundo o relatório, houve aumento de 2,7% nas horas trabalhadas na produção pelo nono mês consecutivo. O nível de utilização da capacidade instalada cresceu 0,8 pontos percentuais (p.p), fechando em 79,2% em janeiro.

“A vacinação da população é fundamental para evitar uma alta expressiva da curva de óbitos e o fechamento ainda maior da economia no país, que atualmente demonstra recuperação. O progresso em direção à normalização total da economia graças à vacinação deve gerar aceleração do crescimento no 2º trimestre”, diz nota. 

Sensor 

De acordo com a pesquisa Sensor, a indústria de transformação paulista continuou com expansão em fevereiro, ainda que com alguma perda de ritmo quando comparado aos últimos meses. O indicador Sensor de fevereiro fechou em 51 pontos, na série com ajuste sazonal, resultado superior ao de janeiro (50,5 pontos). Números acima dos 50 pontos indicam melhora da atividade industrial paulista no mês.

Leia Também:  Arrecadação Federal de março surpreende positivamente, diz Ativa Investimentos

O indicador de condições de mercado passou de 47,4 em janeiro para 49,9 pontos em fevereiro, apontando estabilidade das condições de mercado no período.

As vendas indicam continuidade do crescimento ao registrar 52,1 pontos ante os 52,2 pontos de janeiro, mostrando expectativa de aumento das vendas no mês em relação ao anterior. O indicador de nível de estoque passou de 53,2 pontos em janeiro para 50,8, ficando mais próximo do nível desejado.

Edição: Maria Claudia

Propaganda

Momento Economia

Governo autoriza segunda rodada de excedentes da cessão onerosa

Publicados

em


O presidente Jair Bolsonaro aprovou as regras que autorizam a realização da segunda rodada de licitação dos volumes excedentes da cessão onerosa do pré-sal nos campos de Atapu e Sépia. Os parâmetros técnicos e econômicos estão na Resolução nº 5, de 20 de abril de 2021, do Conselho Nacional de Política Energética. 

Em nota, a Subchefia para Assuntos Jurídicos da Presidência informa que a nova rodada refere-se aos campos que não foram arrematados em 2019. De acordo com o órgão, o modelo da licitação pretende dar maior atratividade e competitividade ao leilão, “aumentando a possibilidade de sucesso na contratação das áreas remanescentes”. 

“A resolução aprovada constitui de mais uma etapa importante na estruturação do respectivo leilão e autoriza à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a realizar o certame, além de prever os blocos a serem ofertados e os parâmetros técnicos e econômicos da licitação, assim como dos contratos de partilha a serem firmados com os novos contratados com vistas a promover o devido aproveitamento racional dos recursos petrolíferos nacionais”, diz a nota. 

Leia Também:  Caixa Tem planeja crédito para beneficiários do Auxílio Emergencial; saiba mais

Edição: Fábio Massalli

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA