Momento Economia

INSS: solicitou o auxílio-doença e não obteve a resposta? Veja como resolver

Publicados

em


source
INSS: solicitou o auxílio-doença e não obteve a resposta? Veja como resolver
Redação 1Bilhão Educação Financeira

INSS: solicitou o auxílio-doença e não obteve a resposta? Veja como resolver

O segurado do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) que pediu o auxílio por incapacidade temporária, ou auxílio-doença , e não teve a resposta na hora precisa ficar atento. O correto é a informação ser dada prontamente, caso contrário, podem haver erros no seu cadastro. 

De acordo com o INSS, de janeiro a junho deste ano, 650.477 trabalhadores estiveram nesta situação. Para resolver, é necessário fazer o acerto pós-perícia

O acerto pode ser realizado virtualmente. Para solicitar o serviço, o trabalhador que estiver sem resposta sobre o seu benefício deve ligar, no dia seguinte à perícia, para o 135. Após esse passo, deve enviar os documentos pendentes pelo aplicativo Meu INSS

O prazo de resposta do INSS é de 45 dias para conceder ou negar o auxílio-doença.

Principais documentos

  • RG, CPF e comprovante de residência
  • Carteira de trabalho
  • DUT (Declaração de Último Dia Trabalhado)
  • Guias e carnês do INSS para os contribuintes individuais
  • Provas da atividade rural

Veja aqui o passo a passo para enviar a documentação. 


Propaganda

Momento Economia

Caixa libera regaste de cotas do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS)

Publicados

em


source
Caixa autoriza regaste de cotas do Fundo de Desenvolvimento Social, usado para financiar projetos de habitação popular, saneamento e infraestrutura para populações de baixa renda
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Caixa autoriza regaste de cotas do Fundo de Desenvolvimento Social, usado para financiar projetos de habitação popular, saneamento e infraestrutura para populações de baixa renda

A Caixa autorizou nesta terça-feira (28) o resgate de cotas do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS). O programa reúne recursos para garantir o investimento em políticas públicas para populações de baixa renda e é usado para financiar projetos de investimento nas áreas de habitação popular, saneamento e infraestrutura, como o Minha Casa Minha Vida e o Crédito Solidário.

As instituições financeiras têm até o dia 12 de dezembro para resgatar as cotas. O valor pago a cada cotista será calculado com base no valor de cada cota na Bolsa Valores, B3, na data do resgate. A Caixa afirma ainda que esse valor terá 60,4% de desconto, além da dedução de taxas e impostos da transação financeira. Depois do resgate, o pagamento será realizado em até 30 dias.

Segundo o banco, a porcentagem descontada será redirecionada para o FDS. Esse saldo deve ser investido na área de moradia, na promoção da regularização fundiária e na aplicação dos recursos para pessoas beneficiárias do fundo.

Os documentos necessários, assim como endereços e procedimentos para o resgate foram publicados no Diário Oficial da União

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA