Momento Economia

LATAM espera sair da recuperação judicial em 2021

Publicados

em


source

Contato Radar

undefined
Calebe Murilo

LATAM espera sair da recuperação judicial em 2021

Definitivamente este ano ficará marcado na história da aviação. A pandemia mudou a dinâmica do mercado de maneira abrupta. Companhias aéreas em todo o mundo tiveram que se adaptar à nova realidade para garantir sua sobrevivência à longo prazo.

Com isso, o LATAM Airlines Group, maior grupo de aviação da América Latina, recorreu em maio a um pedido de recuperação judicial, mediante Chapter 11 nos Estados Unidos.

A decisão em questão, foi resultado das grandes dificuldades enfrentadas em meio a pandemia, que afetou fortemente o setor aeronáutico. O processo é semelhante a de Recuperação Judicial no Brasil e envolve a reorganização dos negócios, dívidas e ativos de determinada empresa.

Conforme dito por Roberto Alvo, CEO do Grupo LATAM Airlines, é esperado que a empresa saia de sua reorganização no Chapter 11 durante o segundo semestre de 2021.

Além disso, o executivo ainda ressaltou que a companhia sairá com uma estrutura de custos competitiva, semelhante a de suas principais concorrentes no Chile, as companhias de baixo custo JetSMART e SKY.

Leia Também:  Dólar fecha a R$ 5,36 em dia de bastante volatilidade

Esteja informado: clique aqui  e leia mais notícias de aviação!

De acordo com resultados divulgados em novembro, o Grupo LATAM fechou o terceiro trimestre com mais de US$ 3,3 bilhões para enfrentamento da pandemia. Sendo assim, o valor é a soma de US$ 866 milhões de caixa e também US$ 2,45 milhões em empréstimos para serem usados no Chapter 11.

Ademais, em relação ao resultado financeiro, o prejuízo operacional da LATAM totalizou US$ 564,7 milhões no terceiro trimestre de 2020, enquanto o resultado líquido totalizou um prejuízo de US$ 573,1 milhões.

O post LATAM espera sair da recuperação judicial em 2021 apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Propaganda

Momento Economia

Auxílio vai voltar? Para Bolsonaro, só com PEC Emergencial; entenda

Publicados

em


source

Brasil Econômico

Bolsonaro é a favor da volta do auxílio, mas com cuidados
Reprodução SBT

Bolsonaro é a favor da volta do auxílio, mas com cuidados

O presidente Jair Bolsonaro é a favor da volta do auxílio emergencial , mas só aceitaria pagar o benefício novamente caso seja aberto espaço no Orçamento . As informações são de fontes ligadas ao presidente ouvidas pelo Valor Econômico.

De acordo com as fontes, Bolsonaro não está disposto a flexibilizar o teto de gastos para voltar a pagar ao auxílio emergencial. “Se não tem dinheiro, melhor nem fazer”, disse o presidente.

A solução para voltar a pagar o benefício , que ainda não teve seu valor definido, não seria um novo Orçamento de Guerra que, no ano passado, retirou os gastos relacionados à pandemia de Covid-19 do cálculo do teto.

Você viu?

Para Bolsonaro , portanto, a saída seria aprovar uma Proposta de Emenda Cosntitucional (PEC) Emergencial – ou PEC dos gatilhos -, para abrir espaço no orçamento para o pagamento de benefícios.

A PEC estabelece cortes de gastos, como salários dos servidores, sempre que o Orçamento ultrapassar o limite. Além disso, benefícios fiscais devem ser reavaliados a cada quatro anos com a PEC, que também deve proibir novos incentivos fiscais.

Dentre as medidas, que são temporárias, também está a proibição de criar novas despesas obrigatórias por dois anos. Com a PEC , também fica permitida a redução de carga horário e salários de servidores públicos.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA