Momento Economia

Morre homem que foi ao banco de maca para fazer prova de vida do INSS

Publicados

em


source
Idoso que foi de maca fazer a prova de vida do INSS morre no Piauí
REPRODUÇÃO G1

Idoso que foi de maca fazer a prova de vida do INSS morre no Piauí

Um idoso que foi de maca a uma agência bancária fazer a prova de vida do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) morreu nessa segunda-feira (14) em Piripiri, cidade do interior do Piauí, de acordo com informações do UOL

O caso do idoso de 80 anos ficou conhecido após uma familiar postar em redes sociais a obrigatoriedade de o idoso ir a uma agência do Banco do Brasil para realizar a prova. Ele sofria de sequelas de um acidente vascular cerebral (AVC) e estava acamado.

Ainda segundo o portal de notícias, ele precisava tirar secreções do pulmão com a necessidade de fazer sessões de fisioterapia. “Ontem [na segunda-feira] a fisioterapeuta percebeu que ele estava [muito] cansado”, disse a neta do homem ao UOL.

Leia Também:  TIM Brasil vê lucro aumentar 151,3% no segundo trimestre; é a hora de investir?

Propaganda

Momento Economia

Regulamentação sobre lavagem de dinheiro é regulamentada pelo BC

Publicados

em


A legislação de prevenção à lavagem de dinheiro foi atualizada hoje (27) com uma resolução publicada pelo Banco Central (BC), que ajusta circular editada em janeiro do ano passado. Em nota, a autarquia explicou que as mudanças aperfeiçoam as normais, adaptam casos específicos à realidade atual e alinham as regras do BC com as de outros órgãos.

A primeira mudança diz respeito ao fornecimento de informações dos clientes de instituições financeiras. Os procedimentos de qualificação passarão a exigir o local de residência do cliente, no caso de pessoa física, ou o local da sede ou filial, no caso de pessoa jurídica. Esses dados passarão a ser avaliados pelas instituições financeiras junto do perfil de risco (risco de o cliente ficar inadimplente) e da natureza da relação de negócio.

A resolução igualou a regulamentação do BC com as normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), referente a fundos e clubes de investimento, fundos de investimento na forma de condomínio fechado e determinados investidores não residentes.

Leia Também:  Doritos paga R$ 104 mil para menina que encontrou salgadinho "diferente"; veja

A terceira mudança diz respeito a recursos em espécie enviados por meio de empresas de transporte de valores. Agora, a empresa transportadora passa a ser considerada a portadora dos recursos e será identificada por meio do registro do número de inscrição no CNPJ e da firma ou denominação social.

Edição: Aline Leal

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA