Momento Economia

Petrobras anuncia novo recorde de produção de diesel S-10

Publicados

em


.

A Petrobras anunciou hoje (9) ter batido o recorde, pelo terceiro mês seguido, da produção de diesel de baixo teor de enxofre (diesel S-10). As refinarias da estatal produziram em agosto 1,84 milhão de metros cúbicos do combustível.

O volume é ligeiramente superior ao registrado em julho. No mês passado, a empresa produziu 1,81 milhão de metros cúbicos de diesel S-10. A produção de agosto também supera em 15% a marca de julho, que foi de 1,6 milhão de metros cúbicos.

De acordo com a Petrobras, os sucessivos recordes acompanham a evolução dos motores de veículos pesados e utilitários movidos a diesel, responsáveis pela maior parte da circulação de mercadorias no território nacional. “Atualmente, existem no Brasil dois tipos de diesel rodoviário: o diesel S-500 e o diesel S-10, mas o S-500 é utilizado apenas por veículos fabricados até 2011”, afirma a estatal em nota.

Um recorde individual também foi registrado pela Refinaria Henrique Lage (Revap). A unidade da Petrobras localizada em São José dos Campos, São Paulo, obteve seu maior volume mensal de produção de diesel S-10.

Leia Também:  Mercado financeiro reduz expectativa de queda da economia para 5,05% em 2020

Em agosto, foram produzidos 203,5 mil metros cúbicos do combustível. O volume é 10% superior ao do recorde anterior, de março deste ano. Na ocasião, a produção havia sido de 185 mil metros cúbicos.

Para a estatal, o principal fator que levou ao crescimento da produção foi a elevação da carga da unidade de hidrotratamento de diesel U-262.

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) concedeu, no fim de julho, autorização para esta elevação.

Edição: Nádia Franco

Propaganda

Momento Economia

Profissionais da cultura do Rio são cadastrados para renda emergencial de R$ 600

Publicados

em


source

Agência Brasil

Na imagem, notas de 100 e 50 reais
Pixabay/Reprodução

Profissionais da cultura do estado do Rio receberão renda emergencial de R$ 600


A Secretaria Estadual de Cultura do Rio de Janeiro inicia às 12h desta segunda-feira (21) o cadastramento de profissionais da área de cultura para recebimento da renda emergencial prevista pela Lei Federal Aldir Blanc. O valor, de R$ 600, será concedido a produtores, técnicos, artesãos e outros trabalhadores da área por três meses consecutivos.


A verba poderá reduzir efeitos econômicos da pandemia do  novo coronavírus (Sars-CoV-2)  na área cultural. As inscrições podem ser feitas até o dia 19 de outubro pelo site da secretaria. Poderão receber o benefício pessoas que tenham trabalhado no setor cultural nos últimos dois anos, desde que não tenham emprego formal ativo.

Além disso, é preciso ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135). Até duas pessoas da mesma família podem receber o  auxílio . Mães solteiras terão R$ 1.200.

Leia Também:  Agência Brasil explica o que é o Sistema S

Quem já possui benefício previdenciário ou assistencial (com exceção do Bolsa Família), seguro-desemprego ou esteja cadastrado no  auxílio emergencial do governo federal não pode se inscrever para receber o auxílio da Lei Aldir Blanc. O Fundo Estadual da Cultura recebeu do governo federal, na última sexta-feira (18), R$ 104 milhões destinados ao Rio de Janeiro .

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA