Momento Economia

Petrobras é autorizada a mudar nome de campo de petróleo que “homenageia” Lula

Publicados

em


source

Brasil Econômico

lula pré-sal petrobras
Divulgação/Ricardo Stuckert

Petrobras foi autorizada mudar nome de campo de petróleo que supostamente homenageia o ex-presidente Lula

A Petrobras foi autorizada e vai alterar o nome do campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos, após uma longa ação popular, levada à Justiça em 2015, que argumenta que a escolha do nome teve a intenção política de homenagear o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

A mudança de nome foi autorizada pela diretoria da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O campo voltará a ser chamado de Tupi. Descoberto em 2006, o Campo de Lula é o maior do Brasil e responde por mais da metade de toda a produção interna.

A homenagem ao ex-presidente Lula , porém, é duvidosa, já que, no pré-sal, é comum que os campos sejam batizados com nomes relacionados a moluscos. Outros campos brasileiros são chamados de Atapu, Berbigão, Búzios, Lapa, Sapinhoá, Sépia e Sururu, por exemplo. No entanto, “Lula” gerou reação negativa e levou à ação popular contra a suposta homenagem ao petista.

Leia Também:  Pedidos de recuperação judicial caem 7% em agosto, diz Serasa Experian

Segundo o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), como a  Petrobras não recorreu, sua decisão pela mudança do nome do campo de petróleo é definitiva. A estatal precisará alterar toda referência ao nome que supostamente homenagearia o ex-presidente.

Tupi , novo nome, foi o primeiro escolhido para o campo antes da Petrobras informar à ANP, agência reguladora, que o projeto era economicamente viável. No Brasil, é comum que os campos de petróleo sejam rebatizados quando a viabilidade econômica é declararada. No caso do campo do pré-sal na Bacia de Santos, no entanto, esse novo batismo foi derrubado por conta da suposta homenagem.

Propaganda

Momento Economia

Auxílio de R$ 300: Governo deve divulgar calendário nesta segunda (28)

Publicados

em


source

Brasil Econômico

onyx
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenxzoni, disse que calendário do auxílio de R$ 300 seria divulgado até esta segunda

O governo deve divulgar nesta segunda-feira (28) o  calendário do auxílio emergencial de R$ 300. Até agora, apenas o público do Bolsa Família teve acesso às datas de pagamentos da prorrogação. A expectativa é que nesta segunda, as datas para o resto do público inscrito no auxílio sejam disponibilizadas pelo Ministério da Cidadania.


Quem definiu a data de divulgação do calendário do auxílio de R$ 300 foi o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni. “A gente pretende, no máximo até segunda-feira, fazer a publicação (do calendário)”, disse Lorenzoni na quinta-feira (24), disse em uma reunião em Palmas, no Tocantins.

Leia Também:  Dólar fecha em alta pela terceira semana seguida

Sobre a diferença entre a divulgação do calendário de pagamentos do auxílio, que acontece primeiro para os beneficiários do Bolsa Família, o ministro disse que “desde o início a gente sempre manteve o cronograma do Bolsa Família, porque são 14 milhões e 274 mil famílias que são as famílias mais vulneráveis do Brasil”.

Nem todos os beneficiários do auxílio emergencial receberão todas as parcelas. O programa será interrompido em dezembro. Assim,  apenas os beneficiários que começaram a receber o auxílio em abril receberão todas as partes da renda emergencial.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA