Momento Economia

Petrobras estaria indicando tratamento precoce para funcionários, diz sindicato

Publicados

em


source
Sindicato afirma que Petrobras está indicando 'tratamento precoce' para funcionários
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Sindicato afirma que Petrobras está indicando ‘tratamento precoce’ para funcionários

A Federação Única dos Petroleiros divulgou uma nota em que acusa a Petrobras de indicar medicamentos para “tratamento precoce” contra à Covid-19 . Segundo o sindicato, a estatal estaria aconselhando o uso de Ivermectina para funcionários com suspeita da doença. 

O medicamento, no entanto, não tem comprovação científica de eficácia contra à Covid-19 e, de acordo com a OMS, a única forma de tratamento precoce é a vacina. A Federação acredita que a indicação do remédio para funcionários deve ter influência do governo federal, que apoia o “tratamento precoce”. 

“A Petrobras está receitando Ivermectina para seus empregados, segundo comprova receita fornecida a trabalhadores da empresa contaminados ou com suspeita de contaminação pela doença. O Sindipetro-NF e a FUP vêm recebendo denúncias nesse sentido”, disse a entidade à Veja

O sindicato ainda ressalta o número crescente de mortes de funcionários da petrolífera nas últimas semanas. Segundo o levantamento, 45 empregados morreram devido à Covid-19 de segunda-feira (14) para terça-feira (15). O número é 125% maior se comparado a semana passada, quando 20 funcionários faleceram com diagnóstico da doença. 

Em nota, a Petrobras negou a indicação do medicamento para funcionários e reforçou que não prescreve remédios.

Confira a nota completa da estatal

“SOBRE IVERMECTINA:

Não há qualquer orientação corporativa quanto aos medicamentos a serem prescritos em caso de covid-19, ou qualquer outra doença. A prescrição de medicamentos para qualquer enfermidade é de escolha e responsabilidade do profissional médico e está autonomia é assegurada pelo Código de Ética Médica. Os médicos da Petrobras têm como atribuição principal a saúde ocupacional e, durante a pandemia de Covid-19, atuam na construção e acompanhamento de medidas de prevenção. A prescrição de medicamentos para tratamento de Covid-19 é realizada apenas em situações pontuais. É sempre reforçada a recomendação de buscar o médico assistente para acompanhamento do tratamento, seja na rede pública ou particular conveniada.

CASOS DE COVID-19:

Você viu?

Não é correto apontar uma situação específica de risco entre os colaboradores da companhia, já que eles não são um público isolado do cenário imposto pela pandemia. Os casos de contágio registrados seguem tendência semelhante às nacionais, sendo que o diagnóstico na Petrobras é mais preciso, pois os colaboradores são testados com maior frequência que a população em geral.

Mesmo com todo o protocolo de prevenção adotado nas unidades e recomendações de cuidados individuais regularmente emitidas pela companhia, os colaboradores estão sujeitos aos riscos também nos momentos de deslocamento, rotinas pessoais, folga ou mesmo no teletrabalho.

A média móvel de casos confirmados na Petrobras segue comportamento semelhante à curva do Brasil. A testagem regular dos empregados da companhia, diferente da população em geral, permite que a Petrobras tenha um diagnóstico mais preciso.

MEDIDAS PREVENTIVAS:

A Petrobras se preocupa com a integridade de seus colaboradores e empenha os esforços necessários para preservar a segurança e a saúde de todos. Por isso tem adotado medidas robustas de prevenção à Covid-19 desde o início da pandemia, que estão entre as mais rigorosas adotadas no segmento da indústria. O protocolo preventivo envolve quarentena e teste RT-PCR (padrão ouro para diagnóstico de Covid-19) no pré-embarque; monitoramento de saúde antes do início dos turnos nas unidades em terra; escalas de trabalho e horários alterados para reduzir rotatividade e risco de contágio; redução do efetivo presencial; uso obrigatório de máscaras; reforço na higienização e distanciamento; conscientização sobre cuidados individuais dentro e fora do ambiente de trabalho, entre outras medidas.

USO DE MÁSCARAS:

A Petrobras fornece diferentes tipos de máscaras a depender do tipo de atividade desempenhada e natureza das atividades. São usadas máscaras de tecido ou descartáveis com múltiplas camadas, máscaras cirúrgicas e máscaras do tipo PFF-2. Todas atendem às determinações das autoridades sanitárias para o tipo de atividade exercida e, em muitos casos, têm especificação superior àquela determinada na normatização das autoridades. Também são emitidas orientações sobre o uso adequado e troca periódica das máscaras.

TESTAGEM:

A companhia reforça que os protocolos preventivos para as unidades offshore estão entre os mais robustos da indústria. Os empregados embarcados passam por isolamento e são testados antes de cada embarque com teste padrão-ouro, tipo RT-PCR. Além disso, a companhia adota um acompanhamento rigoroso dos colaboradores durante o embarque, visando à identificação precoce de sinais e sintomas. A qualquer manifestação de sintomas, os trabalhadores são desembarcados para teste em terra e é feito o rastreio de contactantes, sendo todos também desembarcados e testados. Esse procedimento é preventivo e após testes cerca de 80 a 90% dos casos têm resultados de negativos. Quando necessário são realizados testes a bordo”.

Leia Também:  INSS: Senado vai analisar reajuste especial para idosos acima de 75 anos
Propaganda

Momento Economia

Regulamentação sobre lavagem de dinheiro é regulamentada pelo BC

Publicados

em


A legislação de prevenção à lavagem de dinheiro foi atualizada hoje (27) com uma resolução publicada pelo Banco Central (BC), que ajusta circular editada em janeiro do ano passado. Em nota, a autarquia explicou que as mudanças aperfeiçoam as normais, adaptam casos específicos à realidade atual e alinham as regras do BC com as de outros órgãos.

A primeira mudança diz respeito ao fornecimento de informações dos clientes de instituições financeiras. Os procedimentos de qualificação passarão a exigir o local de residência do cliente, no caso de pessoa física, ou o local da sede ou filial, no caso de pessoa jurídica. Esses dados passarão a ser avaliados pelas instituições financeiras junto do perfil de risco (risco de o cliente ficar inadimplente) e da natureza da relação de negócio.

A resolução igualou a regulamentação do BC com as normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), referente a fundos e clubes de investimento, fundos de investimento na forma de condomínio fechado e determinados investidores não residentes.

Leia Também:  Em menos de duas semanas, 68% dos recursos do Pronampe foram concedidos

A terceira mudança diz respeito a recursos em espécie enviados por meio de empresas de transporte de valores. Agora, a empresa transportadora passa a ser considerada a portadora dos recursos e será identificada por meio do registro do número de inscrição no CNPJ e da firma ou denominação social.

Edição: Aline Leal

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA