Momento Economia

Preço da gasolina está 9% defasado com relação à cotação internacional

Publicados

em


source
Petrobras
Felipe Moreno

Petrobras

Com a escalada da cotação do petróleo no mercado internacional, a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom) avalia que a Petrobras já tem defasagem de 9% na gasolina em relação ao mercado internacional.

Isso significaria a necessidade de um reajuste de R$ 0,29, em média, por litro na refinaria. O barril do petróleo tipo Brent, referência no mercado internacional está cotado acima de US$ 88.

Para os especialistas, nem mesmo a iniciativa dos governadores, que decidiram congelar por mais dois meses o valor de referência do ICMS , será capaz de impedir novo aumento do valor cobrado nas bombas.

O governo também indicou planos de aprovar uma PEC dos Combustíveis que permitiria zerar em caráter temporário os impostos federais, e o presidente Jair Bolsonaro disse que os estados poderiam optar por aderir ou não a esse movimento.

Leia Também:  Ações da Europa renovaram as quedas

Mas também há dúvidas de que a iniciativa impeça novo reajuste nos preços.

Propaganda

Momento Economia

Resultado das contas públicas é adiado por causa da greve no Tesouro

Publicados

em

source
Resultado das contas públicas é adiado por causa da greve no Tesouro
Divulgação/Tesouro Nacional

Resultado das contas públicas é adiado por causa da greve no Tesouro

A greve dos servidores do Tesouro Nacional  levou a instituição a suspender publicações e entrevistas coletivas sobre o resultado de abril da dívida pública e das contas públicas do governo federal, que estavam previstas para os dias 25 e 30 deste mês, respectivamente.

O balanço do Tesouro Direto — programa para compra de títulos públicos — relativo ao mês de abril, previsto para esta terça, também foi suspenso.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

“Informaremos com a devida antecedência quando o calendário for retomado”, comunicou o Tesouro, em nota.

Apenas as publicações previstas em lei terão o calendário mantido, como o decreto de Programação Orçamentária e Financeira, que traz detalhes sobre o bloqueio de R$ 8,2 bilhões no Orçamento  anunciado pelo governo no último dia 20 com o objetivo de cumprir com a regra do teto de gastos. O resultado sai no próximo dia 31.

Leia Também:  Em Davos, Guedes defende agenda de reformas para o Brasil

Os servidores do Tesouro Nacional aprovaram, no dia 17, greve por tempo indeterminado, com início para esta segunda. A decisão contou com o apoio de 71,5% dos participantes, em assembleia realizada pelo Unacon Sindical (Sindicato Nacional dos Auditores e Técnicos Federais de Finanças e Controle).

A categoria protesta contra a ausência de uma proposta oficial do governo de reestruturação das carreiras de Finanças e Controle e em meio à aproximação do fim do prazo legal para recomposição salarial em ano eleitoral.

Também estão insatisfeitos com a sinalização do governo em conceder reajuste diferenciado às carreiras policiais e com a perda de 25% do poder de compra dos salários congelados desde janeiro de 2019.

Ontem, funcionários do Banco Central também decidiram continuar de braços cruzados sem previsão de retorno ao trabalho. A paralisação, que teve início em 1º de abril, foi suspensa por alguns dias e retomada no dia 3 de maio.

Leia Também:  Ações da Europa renovaram as quedas

Eles reivindicam reajuste salarial de 27% para repor as perdas inflacionárias nos últimos três anos sem aumentos, bem como a reestruturação de carreiras. 

A greve no BC também tem prejudicado a publicação de diversos relatórios e indicadores econômicos da entidade monetária, como o Boletim Focus, que costumava ser divulgado todas as segundas-feiras.

Somente publicações com prazo legal estão sendo divulgadas pela instituição.

Já os servidores da Controladoria-Geral da União (CGU) iniciam movimento paredista na próxima segunda (30).

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA