Momento Economia

Ricardo Eletro planeja pagar funcionários demitidos em até um ano

Publicados

em


source

Brasil Econômico

Ricardo Eletro loja
Futura Press

Ricardo Eletro fechou todas suas lojas físicas no país

Nesta semana, a Ricardo Eletro apresentou um plano de pagamentos para a 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo . Segundo o calendário, os ex-funcionários da empresa devem receber os seus créditos trabalhistas em, pelo menos, um ano. Atualmente em processo de recuperação judicial, a companhia fechou todas suas lojas físicas no Brasil em meio a pandemia de COVID-19. 

Somente no estado de Minas Gerais , durante o mês de agosto, foram demitidos 760 empregados. Em setembro, a Ricardo Eletro anunciou a liberação R$ 28,8 milhões para pagar os trabalhadores que perderam seus empregos.

Entretanto, não são apenas os ex-funcionários da empresa que deverão esperar para receber os créditos, já que microempresas e as empresas de pequeno porte também têm direito a esse pagamento de até R$ 1.500 e receberão o valor em até dois anos.

Leia Também:  Estados Unidos tem maior movimento diário de passageiros desde março

O que diz a empresa

De acordo com a Ricardo Eletro, a pandemia do coronavírus dificultou muito a retomada econômica planejada pela empresa, que acumula uma dívida de R$ 4 bilhões .

“Desde janeiro deste ano, a companhia passou a enfrentar dificuldades no recebimento de produtos chineses destinados à renovação de estoques , devido à paralisação de fornecedores. Em seguida, houve um estrangulamento de caixa provocado pelas necessárias medidas de distanciamento social também no Brasil”, afirma a empresa. 

Para tentar suprir a falta das lojas físicas que foram fechadas, a companhia começou a recrutar representantes independentes. Estes já são mais de 2.000 no Brasil e são responsável pela venda de produtos e serviços da empresa.

Propaganda

Momento Economia

Auxílio emergencial: 5,6 milhões têm acesso ao benefício nesta terça

Publicados

em


source

Brasil Econômico

Pessoa segurando notas de 10 e 50 reais
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Nascidos em outubro podem sacar e transferir e beneficiários do Bolsa Família recebem R$ 300


Nesta terça-feira (20), mais de 5,6 milhões de pessoas receberão o auxílio emergencial : 1,6 milhões de trabalhadores receberão o auxílio pelo Bolsa Família , referente à  2ª parcela de R$ 300. Os outros 4 milhões, nascidos em outubro e que não fazem parte do Bolsa Família, poderão sacar e transferir o dinheiro, que foi depositado anteriormente na conta poupança digital.


Os trabalhadores nascidos em outubro , que receberam a parcela do benefício original de R$ 600 em 28 de setembro, já podiam pagar contas e realizar compras utilizando o cartão virtual. 

Já os trabalhadores beneficiários do Bolsa Família , apenas aqueles com final 2 no NIS, irão receber o auxílio da mesma forma que o benefício original. E ainda há outras duas parcelas de R$ 300 a serem pagas, uma em novembro e outra em dezembro.

Leia Também:  Após 25 anos, Aerolineas Argentinas volta ao Brasil com a pintura que resgatou história da companhia

Parcelas a mais de R$ 300

O governo divulgou, no final de setembro, as datas de pagamento das parcelas extras do auxílio emergencial , no valor de R$ 300, para beneficiários fora do Bolsa Família. Veja como ficou o calendário:

Quem pode movimentar a partir de terça

Trabalhadores do Bolsa Família com número do NIS terminado em 2: vão receber a 2ª parcela de R$ 300

Trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app poderão sacar ou transferir:

Nascidos em outubro:

  • – aprovados no primeiro lote poderão sacar a quinta parcela;
  • – aprovados no primeiro lote, mas que tiveram o benefício suspenso, poderão sacar a quinta parcela
  • – aprovados no segundo lote poderão sacar a quarta parcela;
  • – aprovados no terceiro lote poderão sacar a terceira parcela;
  • – aprovados no quarto lote poderão sacar a terceira parcela;
  • – aprovados no quinto lote poderão sacar a segunda parcela;
  • – aprovados no sexto lote poderão sacar a segunda parcela;
  • – aprovados no sétimo lote poderão sacar a primeira parcela;
  • – reavaliados (que tiveram o benefício suspenso em agosto) poderão sacar todas as parcelas já recebidas em poupança digital
Leia Também:  Aeronave presidencial pousa em Ribeirão Preto

Bolsa Família:

  • 19 de outubro: NIS final 1;
  • 20 de outubro: NIS final 2;
  • 21 de outubro: NIS final 3;
  • 22 de outubro: NIS final 4;
  • 23 de outubro: NIS final 5;
  • 26 de outubro: NIS final 6;
  • 27 de outubro: NIS final 7;
  • 28 de outubro: NIS final 8;
  • 29 de outubro: NIS final 9; e
  • 30 de outubro: NIS final 0.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA