Momento Economia

Turkish Airlines realiza primeiro voo com Boeing 787 para Guarulhos

Publicados

em


source

Contato Radar

undefined
Guilherme Dotto

Turkish Airlines realiza primeiro voo com Boeing 787 para Guarulhos

Nesta sexta-feira (16), a Turkish Airlines realizou seu primeiro voo para Guarulhos (GRU) com o Boeing 787. Reinaugurando seus voos no Brasil, o TC-LLI, Dreamliner entregue este ano, foi a aeronave escalada para realizar os voos TK193 e TK194.

Devido à pandemia, a companhia aérea turca interrompeu seus voos para o Brasil no dia 21 de março, quando seus voos ainda eram operados pelo Boeing 777-300.

O pouso do voo procedente de Istanbul ocorreu as 20h54 horário local, após sua longa jornada de aproximadamente 13h15.

Atualmente, a Turkish já possui 14 aeronaves de modelo Boeing 787-9, configurados para transportar 270 passageiros, 30 assentos a menos que em seus Boeing 777-300, para 300 passageiros.

Com a retomada das operações em Guarulhos, os voos ocorrerão em dias intercalados e com horário de pouso para 20h20 hora local.

Para mais notícias de aviação acesse o Contato Radar ( CLICANDO AQUI )

O post Turkish Airlines realiza primeiro voo com Boeing 787 para Guarulhos apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Leia Também:  PL das fake news deve focar em quem financia o mecanismo, diz Augusto Botelho

Propaganda

Momento Economia

Ex-ministro Abraham Weintraub é reeleito diretor-executivo do Banco Mundial

Publicados

em


source

Brasil Econômico

Abraham Weintraub falando ao microfone
Agência Brasil

Abraham Weintraub, ex-ministro da Educação e atual diretor-executivo do Banco Mundial

O ex-ministro da Educação  Abraham Weintraub  foi reeleito nesta sexta-feira (30) para mais dois anos de mandato como diretor-executivo do conselho do  Banco Mundial . A informação foi divulgada pela própria instituição hoje e o mandato começa no domingo (1º).

Weintraub já ocupava a diretoria-executiva do banco como substituto, em uma espécie de “mandato-tampão” que termina neste sábado (31).

Segundo o Banco Mundial, o ex-ministro foi eleito como representante de Brasil, Colômbia, República Dominicana, Equador, Haiti, Panamá, Filipinas, Suriname e Trinidad e Tobago.

Weintraub deixou o MEC em junho, em meio a uma série de polêmicas. Alvo de dois inquéritos – um que  apura declarações racistas contra chineses e outro sobre ameaças a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Weintraub foi indicado pelo governo Bolsonaro para uma vaga fora do país.

Leia Também:  Fim de uma era: Tupolev TU-154 realiza último voo comercial na Rússia

Além disso,  o ex-ministro chamou os ministros do STF de “vagabundos” e disse que todos eles deveriam ser presos na reunião ministerial de 22 de abril. O comentário deixou o clima ainda pior para que Weintraub continuasse no governo.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA