Momento Economia

Vendas de automóveis têm queda de 8,4% em julho comparado a 2020

Publicados

em


As vendas de automóveis novos registraram queda de 8,4% em julho na comparação com o mesmo mês de 2020. Segundo balanço divulgado hoje (3) pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), foram emplacados em julho 123,6 mil automóveis, enquanto em julho do ano passado as vendas chegaram a 134,9 mil unidades.

O resultado foi o pior para um mês de julho desde 2005, de acordo com a Fenabrave. Segundo a entidade, a falta de carros nas concessionárias é devido aos problemas de desabastecimento de peças e componentes.

No acumulado dos primeiros sete meses do ano, no entanto, as vendas de automóveis continuam em alta na comparação com 2020, registrando crescimento de 20,2% e emplacamento de 927,7 mil unidades.

Veículos

As vendas de veículos novos, incluindo carros, motos, ônibus, caminhões e veículos comerciais leves, registraram alta de 10,9% em julho em relação ao mesmo mês de 2020, com o emplacamento de 309,4 mil unidades. No acumulado de janeiro a julho, a alta é de 33,7% em comparação com os primeiros sete meses do ano passado, com a comercialização de 2 milhões de unidades.

Leia Também:  Vivo e Oi sofrem processo do governo por propaganda enganosa envolvendo 5G

Motos

As vendas de motos registraram alta de 32% em julho em relação ao mesmo mês de 2020, com o emplacamento de 112,6 mil unidades. No acumulado dos primeiros sete meses do ano, o segmento de duas rodas tem crescimento de 44,6% com o emplacamento de 629,9 mil motocicletas.

“O resultado do mês de julho só não foi melhor pela falta de produtos. Mas notamos que a demanda permanece alta e os emplacamentos de motocicletas continuam em plena recuperação, já que elas estão consolidadas como veículos de transporte de pessoas e cargas expressas”, ressaltou o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior.

Caminhões

As vendas de caminhões tiveram crescimento de 20,8%, com a comercialização de 11,4 mil unidades em julho. No acumulado de janeiro a julho, a alta chega a 47,6% na comparação com o mesmo período de 2020, com as vendas de 69,5 mil unidades.

Previsões

A projeção da Fenabrave é de que as vendas de automóveis neste ano cresçam 10,9%, com a comercialização de 1,7 milhão de unidades. A estimativa está abaixo da previsão feita no início do ano de que as vendas de carros cresceriam 15,4% neste ano em relação a 2020.

Leia Também:  Teto do INSS pode subir para R$ 6.973,99 com aumento da estimativa de inflação

Para os caminhões é esperado pela federação uma alta de 30,5% nas vendas neste ano e para as motos um crescimento de 16,2% em relação a 2020.

Edição: Fernando Fraga

Propaganda

Momento Economia

McDonald’s deixa peça de metal no hambúrguer e mulher quebra o dente; veja

Publicados

em


source
Mola encontrada no hambúrguer
Reprodução Kyodo news

Mola encontrada no hambúrguer

Uma japonesa quebrou o dente ao morder um hambúrguer do McDonald’s em Fukuoka, no Japão. A rede de fast food deixou passar uma peça de metal para o preparo da carne que surpreendeu a mulher de 26 anos, informa a agência Kyodo. 

Ela pediu um Rich Cheese Melt Tsukimi para viagem e notou o objeto estranho em forma de mola que considerou fazer parte de algum utensílio de cozinha.

“Eu estava ansiosa para almoçar. Não sei o que faria se a mesma coisa acontecesse novamente”, disse ela ao Kyodo News.

A mulher afirma ter sentido dores na boca e precisou ir ao hospital no mesmo dia do ocorrido, na sexta-feira (17). Ela foi diagnosticada com pulpite aguda.

A filial japonesa da rede devolveu o dinheiro à cliente e pediu desculpas, além de afirmar que inspecionam regularmente os utensílios do preparo alimentício. 

Leia Também:  Gás de cozinha caro faz lenha superar GLP na maioria das residências

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA