Momento Educação

Professores e funcionários da Unicamp voltam ao trabalho presencial

Publicados

em


A partir de hoje (13) os professores e funcionários da Universidade de Campinas (Unicamp) voltam às atividades presenciais nos campi de Campinas, Piracicaba e Limeira. Para marcar a reabertura simbólica e fazer uma homenagem às vítimas da covid-19 será realizada uma cerimônia.

A retomada das aulas de graduação e pós continua com data indefinida. A universidade só estabelecerá um cronograma depois que houver imunização completa de todos os alunos e forem definidas regras para o regresso, informou a Unicamp.

Segundo a universidade, o Comitê Científico de Contingência do Coronavírus da Unicamp e o Grupo de Trabalho para a Retomada de Atividades Presenciais na Unicamp estão elaborando iniciativas para o retorno seguro. Entre elas, estão a testagem prévia para SARS-CoV-2; o treinamento de medidas sanitárias por meio de videoaulas; o uso de aplicativo para vigilância epidemiológica; e a ação fundamental de acompanhamento dos Comitês de Crise locais dos Institutos, Unidades, Órgãos, Centros, Núcleos e Colégios Técnicos.

Edição: Fernando Fraga

Leia Também:  Secretários pedem recursos, internet e valorização da educação
Propaganda

Momento Educação

MEC anuncia apoio a itinerário formativo do novo ensino médio

Publicados

em


O Ministério da Educação lançou hoje (17) um programa de apoio financeiro para implementação do itinerário formativo, uma das etapas do novo ensino médio, que será concretizada em 2022 e vai permitir que os alunos aprofundem conhecimentos em uma ou mais áreas de seu interesse.

Segundo o ministro da pasta, Milton Ribeiro, foram repassados R$ 360 milhões para mais de 4 mil escolas selecionadas pelo projeto. 

De acordo com o ministro, a nova opção curricular do ensino médio vai priorizar áreas estratégicas para o país e direcionar a jornada estudantil com destino à universidade. 

“O novo ensino médio não pode ser para poucos, e seguiremos atentos, trabalhando efetivamente para diminuição das desigualdades em nosso país”, afirmou. 

Com os chamados itinerários formativos, após concluir a formação curricular básica, cada estudante vai escolher a área em que deve seguir, de acordo com os interesses e necessidades pessoais.

Os itinerários se dividem em cinco: matemáticas e suas tecnologias, linguagens e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias e ciências humanas e sociais aplicadas.

Leia Também:  Termina hoje prazo para unidades prisionais aderirem ao Enem PPL

O quinto itinerário prevê a formação técnica e profissional.

Edição: Maria Claudia

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA