Momento Educação

Uerj define modelo de provas para o vestibular de 2021

Publicados

em


.

O vestibular de 2021 da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) terá um exame de qualificação, com 60 questões de múltipla escolha, e um exame discursivo, composto de redação e provas de duas disciplinas, de acordo com o curso de graduação escolhido pelo candidato. As duas etapas deverão ocorrer nos dias 21 de fevereiro e 18 de abril. As datas, no entanto, dependem da evolução da pandemia do novo coronavírus.

O modelo de provas para o vestibular de 2021 foi aprovado hoje (27) pelo Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Csepe) da Uerj. O diretor do Departamento de Seleção Acadêmica, Gustavo Bernardo Krause, informou que os detalhes do vestibular estão sendo revistos de forma permanente, devido à pandemia. “No momento, inclusive, sabemos que a média de mortes no estado do Rio voltou a aumentar. Então precisamos analisar mais adiante, pensar em como vamos dar conta do distanciamento social na realização das provas e ver como vai ser a resposta da sociedade ao primeiro exame”, disse ele.

Leia Também:  SP subsidia compra de computador para professor da rede estadual

O edital vai ser reformulado e divulgado em breve, mas Krause adiantou que o conteúdo será reduzido, “pois acreditamos que a preparação dos alunos, principalmente das escolas públicas, foi prejudicada”. Os livros de literatura, entretanto, continuam incluídos. A obra Triste fim de Policarpo Quaresma, de Lima Barreto, será tema de questões no exame de qualificação; 1984, de George Orwell, na redação; e Sonetos, de Luís de Camões, na prova de língua e literatura portuguesa do exame discursivo.

Bombeiros

A Uerj informou ainda que a seleção para a Academia de Bombeiro Militar Dom Pedro II, que costuma ser realizada junto com o vestibular da instituição, ocorrerá desta vez de forma isolada. A prova única englobará perguntas de múltipla escolha e redação e está prevista para o dia 10 de janeiro de 2021. 

Edição: Denise Griesinger

Propaganda

Momento Educação

Covid-19: SP fará testes em professores e alunos da rede municipal

Publicados

em


.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, disse hoje (25) que vai realizar um Censo da Educação antes de decidir sobre a volta às aulas na cidade de São Paulo. As aulas da rede municipal estão suspensas desde março deste ano, por causa da pandemia do novo coronavírus.

Até este momento, a prefeitura só liberou aulas presenciais, a partir de 7 de outubro, para alunos do Ensino Superior ou para atividades extracurriculares do ensino infantil, fundamental e médio.

Segundo o prefeito, o Censo não é como os inquéritos sorológicos, que são feitos por amostragem. Dessa vez, serão testados todos os professores e todos os alunos da rede municipal de Educação. “A ideia é definir e estabelecer dados que possam orientar a prefeitura, saber quem está imune e organizar o retorno às aulas da forma mais segura possível”, disse o prefeito.

O Censo será feito por meio de testes sorológicos, que identificam a presença de anticorpos, ou seja, identificam casos passados de infecção pelo vírus. “São testes sorológicos para poder verificar como está a prevalência do coronavírus em todos os alunos da rede municipal e nos profissionais da educação”, disse o prefeito.

Leia Também:  Covid-19: SP fará testes em professores e alunos da rede municipal

Ao todo, segundo ele, serão testadas 777 mil pessoas. Desse total, 675 mil são estudantes acima de quatro anos de idade e 102 mil são profissionais da área, entre professores e demais funcionários das escolas. A expectativa da prefeitura é de realizar todos esses testes entre 30 e 40 dias. A prefeitura disse que ainda estuda ainda como irá fazer testes nas crianças menores de três anos.

A primeira fase desse censo terá início na próxima quinta-feira (1º) envolvendo 181 mil pessoas: 93 mil profissionais com até 60 anos de idade, 45 mil alunos do nono ano do Ensino Fundamental, 41 mil do terceiro ano do Fundamental e 2,4 mil do Ensino Médio. Os resultados dessa primeira fase devem sair em meados de outubro.

Edição: Valéria Aguiar

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA