Momento Entretenimento

Alok lança colaboração com Vintage Culture chamada “Party On My Own”; ouça

Publicados

em


source

The Music Journal Brazil

Os maiores nomes da música eletrônica brasileira, Alok e Vintage Culture se uniram para o lançamento da faixa Party On My Own pela Controversia Records , gravadora do Alok que recentemente bateu a marca de 100 milhões de plays no Spotify e 50 milhões de views no YouTube em seu primeiro ano. A faixa tem a participação do produtor e DJ Faulhaber.

Ouça 'Party On My Own', collab de Alok e Vintage Culture

Fotos: Divulgação | Instagram

Esta primeira colaboração entre Alok e Vintage apresenta as personalidades do som de cada um alinhado com vocal marcante e características envolventes de um bass bastante peculiar. Além disso, os artistas doarão seus royalties para as instituições sociais Fraternidade Sem Fronteiras e AACD.

“Tô muito feliz em fazer essa parceria com o Vintage. Acho que o resultado da música tá incrível e espero que a track simbolize mais que uma música, mas uma união da cena eletrônica” , comenta Alok.

“Fazer uma música junto com o Alok representa um momento histórico para a música brasileira e para nossas carreiras. Essa collab irá aumentar o alcance do mercado eletrônico para todo o Brasil e para o mundo. Estamos bem animados!” , comenta Vintage.

Ouça o single:

Fonte: IG GENTE

Propaganda

Momento Entretenimento

Maria Zilda diz que Maitê Proença teve que depor a favor do pai que matou a mãe

Publicados

em


source

Maria Zilda já mostrou que não tem papas na língua e tem soltado várias  bombas sobre a Globo e outros famosos nas lives que grava diariamente. Recentemente, a atriz  falou que Maitê Proença “gosta muito de dinheiro” e “só faz live se pagarem”. Em uma entrevista para o canal de YouTube de Antonia Fontenelle, a artista comentou essa fala.

Maria Zilda e Maitê Proença
Reprodução/Instagram

Maria Zilda volta a falar sobre Maitê Proença

Segundo Maria Zilda, Maitê “é uma pessoa muito educada, muito gentil”. Além dos elogios, a atriz também explicou o motivo de falar sobre a colega de profissão só fazer lives pagas. “Eu liguei para ela chamando para fazer a live comigo e ela falou que não faz. Que só faz se for para alguma divulgação. É um direito dela”, contou.

A atriz, que enfrenta uma doença degenerativa no olho , também comentou sobre um episódio que Maitê viveu na infância. “O pai da Maitê matou a mãe dela e ela foi a juízo depor a favor do pai, quando criança pequenininha. Eu não estou julgando nem criticando. Eu estou dizendo que uma criança que é obrigada a fazer isso vai crescer com um trauma na cabeça”, disse Maria Zilda, que também  já contou como Ary Fontoura se assumiu gay em uma das lives que gravou.

Leia Também:  Wesley Safadão, Bruno e Marrone e mais: lives do fim de semana
Fonte: IG GENTE

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA