Momento Entretenimento

Ex-garota de programa, Dafne Anãzinha diz que atendeu 639 pessoas

Publicados

em


source

A ex-garota de programa Lia Regina, mais conhecida como Dafne Anãzinha, lançou o livro “A Pequena Notável: Dafne Anãzinha” em formato digital. Na obra, ela dá detalhes de sua vida antes, durante e depois da prostituição. Daphne já não trabalha no ramo há quatro anos. Na época da fama, ela chegou a participar de programas como “Pânico”, “The Noite” e “Programa do Ratinho”.

Dafne Anãzinha
Reprodução

Dafne Anãzinha lançou autobiografia


Com apenas 1,30m de altura, Dafne Anãzinha  sofreu bullying nos tempos do colégio e foi abusada sexualmente pelo pai. “Escrevi para as pessoas saberem um pouco da minha vida, do meu passado. Pode ajudar muita gente que sofre com preconceito, incentivar a superar algumas barreiras. Superar limites”, disse a autora.

Antes de se tornar garota de programa, Dafne já havia se relacionado com 59 homens. Como prostituta, ela se relacionou com 639 pessoas, entre homens e mulheres. Na autobiografia, ela conta em detalhes como foram alguns desses casos e relata que a maior parte de seus parceiros tinha preconceito por ela ser anã.

Leia Também:  Bianca Andrade compartilha primeira foto com o novo namorado
Fonte: IG GENTE

Propaganda

Momento Entretenimento

Ana Furtado é a madrinha da campanha de 2020 do Outubro Rosa

Publicados

em


source
Ana Furtado é a madrinha da campanha Outubro Rosa
Divulgação/FundaçãoLaçoRosa

Ana Furtado é a madrinha da campanha Outubro Rosa


A apresentadora Ana Furtado foi escolhida como a madrinha da campanha 2020 do Outubro Rosa, que já começa nesta quinta-feira (1) com a iluminação do Cristo Redentor, às 18h e, em seguida, uma live com a cantora Maria Rita e apresentação de Adriane Galisteu, direto do Hotel Fasano

A Fundação Laço Rosa, reconhecida nacionalmente pela luta para diminuir as desigualdades de acesso e tratamento do câncer, está à frente de mais uma campanha, que neste ano tem o tema #DoarSalva.

“A pandemia escancarou a fratura exposta que vivemos diariamente na saúde brasileira e acordou a sociedade para a importância do terceiro setor no dia a dia do país. Nunca antes na história do Brasil tivemos tantas doações financeiras ajudando as pontas mais vulneráveis e esse é um movimento que não tem mais volta. Doar precisa estar na cultura da população porque vimos que #doarsalva”, explica Marcelle Medeiros, presidente da Fundação Laço Rosa.

Leia Também:  Após Luísa Sonza ser acusada de trair Vitão com MC Zaac, funkeiro abre o jogo
Fonte: IG GENTE

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA