Momento Entretenimento

Fã de rap e com 12 netos, vovó faz sucesso no TikTok com seus vídeos

Publicados

em


source
Vovó do Rap
Reprodução/Instagram

Vovó do Rap


O TikTok chegou com tudo na vida de Dezeri de Fátima, de 63 anos. Apesar de ser uma rede social voltada para o público adolescente, Dezeri passou a ser conhecida por lá como Vovó do Rap. Agora, a dona de casa, que vive em Sete Lagoas, Minas Gerais, divide sua rotina entre fazer salgados, marmitas e cigarrinhos de palha para vender e se divertir gravando vídeos.


Mãe de seis filhos e avó de doze netos, Dezeri começou a aparecer no Instagram e depois no TikTok por pura brincadeira, mas diz que tomou gosto pela coisa. “Eu mesma que me gravo. Aí a minha menina, como minha assessora, posta os vídeos quando tem que marcar alguém, porque às vezes eu ganho um dinheirinho para marcar as pessoas, divulgar páginas, divulgar algum pedacinho de música”, explica.

“Eu sou velha assim, mas gosto muito das coisas modernas. E os jovens ficavam falando de Instagram e eu falei: ‘Por que eu não posso baixar um Instagram também?'”, conta a Vovó do Rap, que tem seu Instagram há muito tempo. “Agora, o TikTok foi minha netinha de cinco anos que me ensinou, f*da, né?”.

Dezeri de Fátima
Reprodução/Instagram

Dezeri de Fátima


Perguntada se ela seguia algum tipo de roteiro, Dezeri foi bastante espontânea: “Para dizer a verdade, não sei nem o que é um roteiro”. Ela disse que, basicamente, canta as músicas de que gosta, principalmente de seu ídolo, que é o rapper Hungria. “O roteiro que eu sigo é esse, não sei se é bem isso a resposta…”, conclui.

Leia Também:  Giulia Be aparece entre as cinco cantoras mais tocadas do Brasil; veja o ranking

E o seu nome não é por acaso, a Vovó do Rap diz que gosta muito de música, mas principalmente de funk e rap. Dezeri afirma que, fora o TikTok, não foi influenciada por ninguém e que sempre gostou muito da internet. “A gente se distrai muito. Quando estamos sem fazer nada, às vezes vem uns pensamentos ruins na cabeça”, afirma, revelando que a vida não é fácil para ela e para a família.


“Minha vida é complicada. Complicada mesmo! Temos que lutar para sobreviver, porque a única renda é esse cigarrinho [de palha], e é muito pouco. Eu vendo pouco. A gente paga as contas do mês e fica preocupada em como vamos pagar as contas do mês que vem”, diz, sobre as dificuldades financeiras que enfrenta.

Mas, mesmo assim, Dezeri é bastante grata e fica muito contente ao ler as reações de seus fãs. “Sempre que dá, eu respondo! Mas são muitos e a vovó não dá conta. Se eu tivesse mais tempo, fazia melhor também!”, diz, garantindo que, apesar da falta de tempo, é muito criativa: “Ideia boa eu tenho!”, conlui.

Para ver os vídeos de Dezeri, você pode a seguí-la no  InstagramYoutubeTikTok .

Fonte: IG GENTE

Propaganda

Momento Entretenimento

“Me dedicaria mais às provas”, diz Felipe Prior, se tivesse nova chance no “BBB”

Publicados

em


source
Felipe Prior e Tulinho
Reprodução/Instagram

Felipe Prior e Tulinho


Hey, brothers! Um dos personagens mais emblemáticos e populares do “Big Brother Brasil 20”, da Globo, o arquiteto e empresário Felipe Prior é o convidado da semana do canal Tulinho Oficial, de Tulinho, filho mais velho do ex-jogador e ídolo alvinegro Túlio Maravilha. O bate-papo aconteceu durante um desafio “muito disputado”, segundo descrição do material no YouTube, em uma das quadras de society da Playball, em São Paulo. O conteúdo foi disponibilizado neste domingo e já conta com mais de 41 mil visualizações.

Durante a gravação, o “El Mago”, aquele que “joga y joga”, relembrou alguns momentos épicos do confinamento, como o bate e volta com Daniel Lenhardt e Ivy Moraes, em que se saiu vencedor após fazer “uni-duni-tê”. Ao ouvir do youtuber “Cara, você parou o Brasil, tem noção? Foi tipo um gol contra a Argentina”, o ex-BBB não escondeu a alegria. “Muita gente me falou isso, mas não tenho essa noção. Vejo a cena, mas, às vezes, ela não tem aquela mesma emoção de quem a acompanhou no dia”, disse, referindo-se à formação do nono paredão.

Leia Também:  Giulia Be aparece entre as cinco cantoras mais tocadas do Brasil; veja o ranking

Pouco tempo depois, porém, destacou que se dedicaria mais às competições, caso tivesse a oportunidade de retornar ao programa e fazer algo diferente. Em especial, a de resistência, que durou mais de 26 horas e foi um dos marcos da temporada. “Do que me arrependo? Talvez de não ter dado o meu máximo em algumas provas, como aquela de ficar girando (comentou, abrindo os braços e rodando, como se estivesse em um cilindro em forma de carrossel). As meninas foram demais, a Thelma ficou 27 horas. Não sei se conseguiria ficar 27 horas, mas, pelo menos, o dobro do que fiquei, sim. Ali, foi uma superação. De verdade, bato palmas, porque a posição é ruim”, concluiu.

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA