Momento Entretenimento

“Para ser melhor, preciso abrir mão do SBT”, diz Maisa no Domingo Legal

Publicados

em


source
Maisa Silva
Reprodução/Instagram

Maisa Silva

Neste domingo (04), Maisa Silva participou do ” Domingo Legal “, programa apresentado por Celso Portiolli  no SBT . Durante sua participação,  ela relembrou momentos na emissora e falou sobre a decisão de não renovar o contrato. 

“Tinha uma mudança que precisava acontecer e esse era o momento certo. Tem coisas que a ‘Maisa pessoa’ quer realizar e a TV exige muito comprometimento. Quero ser uma profissional boa e, para ser melhor, preciso abrir mão do SBT , por enquanto. Preciso me permitir explorar outros horizontes e alçar voos diferentes”, iniciou Maisa

Ao vivo no ” Domingo Legal “, a apresentadora foi homenageada, recebendo depoimentos de Raul Gil , Sílvia Abravanel e Fernando Pelegio, diretor de planejamento artístico da emissora. “Se um dia ela decidir que quer voltar, saiba que estamos aqui de braços abertos”, destacou o executivo.

Maisa na Netflix

Após as declarações, Maisa também falou sobre o contrato milionário com a Netflix . Ela ressaltou que não há cláusula de exclusividade com a plataforma de streaming, e a saída do SBT  não tem relação com esse acordo. “Os projetos de filmes e séries já vinham sendo tocados com a empresa. O primeiro longa-metragem, inclusive, seria lançado neste ano, mas foi adiado para 2021 por conta da pandemia do coronavírus “, disse. 

Leia Também:  Zilu celebra 6 meses com novo namorado: "Melhores momentos da minha vida"
Fonte: IG GENTE

Propaganda

Momento Entretenimento

Equipe da Globo é mantida refém dentro de igreja evangélica no Pará

Publicados

em


source
Nathália Kahwage é mantida refém dentro de igreja no Pará
Reprodução/TV LIberal

Nathália Kahwage é mantida refém dentro de igreja no Pará


Uma repórter e um cinegrafistas da TV Liberal, afiliada da Globo no Pará, registraram boletim de ocorrência por cárcere privado e ameaças de morte após serem mantidos reféns durante uma reportagem. A equipe fazia uma pauta sobre as enchentes no bairro de Curio-Utinga, em Belém, quando entraram em uma igreja evangélica e acabaram presos lá dentro. As informações são do NaTelinha.

Integrantes da igreja tentaram intimidar os profissionais e impedir que a equipe registrasse imagens dentro do templo. Nas gravações, que foram ao ar no LJ1, telejornal local da TV, é possível ouvir um representante do templo dizendo: “Você não vai sair”. A repórter Nathália Kahwage respondeu: “Eu vou processar […] Que palhaçada é essa? Isso aqui é cárcere privado!”.

Leia Também:  Fãs de Gusttavo Lima comentam desânimo e lembram de Andressa em live

Depois de muita insistência, eles conseguiram sair do local e registraram o B.O. Nathália relatou aos delegados que “tentava andar em direção à porta, porém eles seguravam pelo braço e ombro. As pessoas começaram a tentar tirar a câmera das mãos de Wanderley”. A repórter disse também que “o homem (pastor) passou a ameaçar, dizendo que se se a matéria fosse ao ar doe iria matar Wanderley”. 


Fonte: IG GENTE

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA