Momento Esportes

Acompanhe os resultados de algumas competições do Pan de Lima nesta quinta(1º)

Publicados

em

 

     Final do Tiro Esportivo Masculino

    Na prova de Pistola de Tiro Rápido Masculino – 25m –, teve dobradinha de Cuba! Jorge Llanes e Leuris Pupo conquistaram o ouro e a prata com 28 e 26 pontos, respectivamente.
 
    O bronze ficou com o peruano Marko Carrillo, que marcou 21 pontos.
 
    Os brasileiros Emerson Duarte e Vladimir da Silveira não disputaram a final por pouco. Mais cedo, Emerson e Vladimir foram o 8º e 9º colocados, respectivamente, sendo que apenas seis atletas avançaram.
 
      HÓQUEI SOBRE GRAMA
 
    Depois de a quarta-feira(31) ser dedicada às mulheres, os homens voltaram à disputa do hóquei sobre grama nesta quinta-feira(1º).  O dia começou com uma vitória do México sobre os donos da casa, o Peru, por 8 a 2. Já o Canadá derrotou os Estados Unidos, por 4 a 0.
 
     TÊNIS
 
    Vitória suada para Carolina Meligeni, 342ª colocada da WTA. A sobrinha de Fernando Meligeni derrotou Victoria Bosio (448ª) por 6/1, 6/7(6) e 6/4 em 2h25 e está nas quartas de final de simples.
 
    A paulista teve a chance de fechar o jogo por 2 sets a 0, mas foi quebrada duas vezes quando sacava para o jogo e precisou disputar o terceiro set depois de perder o tiebreak. No set decisivo, Carol ainda sacou em 5/3 e foi quebrada novamente. Mas ela se recuperou no game seguinte e quebrou para fechar.
 
    A próxima adversária sai do confronto entre a mexicana Renata Zarazua (296ª) e a americana Alexa Graham (734ª). A brasileira joga ainda hoje as duplas feminina  com Luisa Stefani.
 
      BEISEBOL
 
    A rodada do beisebol dos Jogos Pan-Americanos nesta quinta-feira começou com uma vitória do Canadá sobre a Colômbia
 
      Na prova masculina de melhor tempo, a equipe brasileira, formada por Flavio Cipriano, João Vitor da Silva e Kacio da Silva, garantiu a classificação para a disputa da medalha de bronze contra o México.
 
     A prova será nesta quinta-feira, às 20h (de Brasília). A final será disputada em seguida entre Trinidad e Tobago, que fez o melhor tempo da eliminatória (44s260), e Colômbia, que obteve a segunda melhor marca (45s046).

Leia Também:  Copa América: Peru vence Colômbia e mantém Brasil na ponta do Grupo B
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Momento Esportes

Tóquio 2020 proíbe álcool, comemorações e pedidos de autógrafos

Publicados

em


Consumo de álcool, comemorações do tipo ‘bate aqui’ e conversas em voz alta serão proibidos para o número reduzido de portadores de ingresso da Olimpíada que terão acesso aos locais de competição, e os organizadores reconheceram que o “clima de comemoração” será limitado nos Jogos já adiados em um ano devido ao novo coronavírus (covid-19).Decisão de Seiko Hashimoto, presidente do Comitê de Tóquio, levou em conta alerta de autoridades de saúde, segundo as quais a bebida incentivaria contatos e interação em bares.Os organizadores levam adiante os preparativos da Olimpíada, ainda chamada de Tóquio 2020, apesar do grande temor do público japonês de que receber atletas de todo o mundo poderia resultar em mais surtos de covid-19.

Reportagens segundo as quais os organizadores estão cogitando permitir o consumo de álcool nos locais de competição de Olimpíada provocaram revolta nesta semana, e a hashtag “cancelem os Jogos Olímpicos” atraiu dezenas de milhares de tuites.

“Já que o Comitê Organizador quer realizar os Jogos de maneira segura e protegida, é nossa responsabilidade fazê-los acontecer”, disse a presidente da Olimpíada de Tóquio, Seiko Hashimoto, a repórteres nesta quarta-feira (23), um mês antes da cerimônia de abertura de 23 de julho. “Então, se nossos cidadãos têm receios [sobre servir álcool de Olimpíada], acho que teremos que desistir. É por isso que decidimos proibir a venda de álcool.”

A venda de álcool foi limitada dentro e ao redor de Tóquio depois que autoridades de saúde alertaram que beber incentivaria contatos próximos e interação em bares, o que poderia ajudar a disseminar o vírus.

Leia Também:  Vasco busca equilíbrio para embalar na Série B

O patrocinador Asahi Breweries disse que concorda com a decisão de proibir a venda de álcool e que a considera natural.

*Reportagem adicional de Antoni Slodkowski, Ju-min Park, Rocky Swift e Ami Miyazaki

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA