Momento Esportes

Alison dos Santos brilha nas eliminatórias dos 400 m com barreiras

Publicados

em


No primeiro dia de disputas das provas do atletismo no Estádio Olímpico de Tóquio, Alison dos Santos garantiu vaga nas semifinais dos 400 metros (m) com barreiras, nesta quinta-feira (29), ao terminar a primeira bateria das eliminatórias na segunda posição com o tempo de 48s42 (o 2º melhor tempo no geral).

O brasileiro ficou atrás apenas de Abderrahman Samba, do Catar, que venceu a sua bateria com 48s38. Agora Alison volta a entrar na pista apenas no próximo domingo (1), a partir das 9h05 (horário e Brasília).

“A nossa intenção era passar bem para a semifinal, não só em colocação, mas em tempo também. Era fazer uma corrida econômica, ser rápido, chegar bem e passar entre os dois primeiros da série para conseguir uma boa raia na semifinal, melhor posicionada para chegar na final”, declarou Alison, após a classificação, para o Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Leia Também:  Corinthians e Palmeiras disputam Dérbi na 22ª rodada do Brasileiro

Nas eliminatórias da mesma prova, Marcio Teles foi desclassificado após terminar a terceira bateria na 7ª posição.

3.000 m com obstáculos

Quem também deu adeus aos Jogos de Tóquio foi Altobeli Silva, que terminou a sua eliminatória nos 3.000 m com obstáculos na 9ª posição com o tempo de 8min29s17. Com isso, o atleta, que disputou medalha na Olimpíada de 2016 (Rio de Janeiro), ficou fora da final em Tóquio.

Salto em altura

Outra prova na qual o Brasil viu seus representantes se despedirem dos Jogos de Tóquio foi o salto em altura. Thiago Moura e Fernando Ferreira pararam quando o sarrafo alcançou os 2,25 m.

Edição: Fábio Lisboa

Leia Também:  Brasil vai ao pódio em primeiro torneio após Jogos de Tóquio

Propaganda

Momento Esportes

Uberlândia-MG derruba invencibilidade do Joinville-SC na Série D

Publicados

em


Caiu o último invicto da Série D do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (26), o Uberlândia-MG bateu o Joinville-SC por 1 a 0 no Parque do Sabiá e saiu na frente no confronto pelas oitavas de final da competição. A partida em Uberlândia (MG) foi transmitida ao vivo pela TV Brasil.

O duelo de volta será no próximo sábado (2), às 15h (horário de Brasília), na Arena Joinville. O Alviverde do Triângulo tem a vantagem do empate. O Tricolor precisa ganhar por dois ou mais gols de saldo para seguir na briga do acesso. Caso os catarinenses triunfem por um gol de diferença e igualem o placar agregado, a decisão da vaga será nos pênaltis.

A primeira chance foi do Joinville, aos 11 minutos, em chute de fora da área do meia Renan Oliveira, que avançou com liberdade pelo meio e finalizou, para defesa do goleiro Rafael Roballo. A partir daí, o Uberlândia foi mais impositivo e esteve mais perto do gol antes do intervalo. Aos 19 minutos, o meia Ingro cruzou rasteiro na esquerda e o atacante Alípio concluiu perto da pequena área, mas o goleiro Rafael Pascoal salvou com o pé.

Leia Também:  Corinthians e Palmeiras disputam Dérbi na 22ª rodada do Brasileiro

Aos 30 minutos, o zagueiro Bruno Maia tentou encobrir o camisa 1 do JEC em cobrança de falta no campo de defesa. O arqueiro quase foi pego de surpresa, mas conseguiu evitar o gol. Nos acréscimos, o lateral Kellyton soltou uma bomba da intermediária, em cobrança de falta, que explodiu no peito de Rafael Pascoal.

O Tricolor iniciou a segunda etapa tentando ser mais agressivo, mas foi o Alviverde do Triângulo quem balançou as redes. Aos 11 minutos, Alípio cobrou escanteio pela esquerda e Ingro, de cabeça, colocou os anfitriões na frente. O segundo quase saiu na sequência, mas Rafael Pascoal salvou o Joinville duas vezes no mesmo lance. Primeiro, o goleiro defendeu o chute de Kellyton, de fora da área. No rebote, salvou a conclusão de Bruno Maia na pequena área.

O Joinville teve uma boa oportunidade para empatar aos 18 minutos, em chute de Paulo Victor na pequena área, após rebote da zaga do Uberlândia, mas o atacante mandou para fora. Os catarinenses passaram a encontrar dificuldades para avançar, ao passo que deixavam espaços para os contra-ataques dos mineiros. Em um deles, aos 40 minutos, o atacante Pedro Vitor invadiu na área pela esquerda e levou a bola para a perna direita, mas chutou por cima da meta. Foi a última chance do jogo.

Leia Também:  São Paulo autoriza volta do público aos estádios a partir de outubro

Mais Série D

Outras três partidas movimentaram as oitavas de final da Série D neste domingo. Na Arena Ytacoatiara, em Piripiri (PI), o ABC-RN buscou o empate por 1 a 1 com o 4 de Julho-PI. O duelo de volta será no Frasqueirão, em Natal, domingo que vem. Rival do ABC, o América-RN bateu o Moto Club-MA na Arena das Dunas por 1 a 0. Os potiguares têm a vantagem da igualdade daqui uma semana, no Nhozinho Santos, em São Luís. Por fim, no Estádio Albino Turbay, em Cianorte (PR), o time da casa ficou no zero a zero com o Aparecidense-GO. As equipes se reencontram sábado, no Estádio Aníbal Toledo, em Aparecida de Goiânia (GO).

Edição: Fábio Massalli

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA