Momento Esportes

Após frustração sem Blandi, Botafogo volta à carga para contratar atacante

Publicados

em

      Depois da frustração de ter se  aproximado muito de Nicolás  Blandi(foto),  do San Lorenzo, e não ter concretizado no último dia da janela de transferências internacionais no Brasil, o Botafogo concentrará suas forças no mercado nacional.
 
      O departamento de futebol do Glorioso, mesmo diante das dificuldades financeiras, tem convicção de que contratará um jogador para o ataque.

     Sem poder contratar jogadores do exterior, o Botafogo mapeia jogadores no mercado interno da Série B ou que ainda não completaram sete jogos pela Série A.
 
     Dois nomes que ganham força e estão na mesa dos comandantes do departamento de futebol são William Popp, de 25 anos e atualmente no Figueirense, e Denílson, de 24 e vinculado ao Atlético-MG.
 
     Vale destacar que o clube não abriu negociação com nenhum dos dois. Segundo atacante, Popp vive bom momento no Figueira e marcou nos últimos dois jogos da equipe, nos empates com Vitória e Criciúma, ambos por 1 a 1.
 
     Denílson é velho conhecido pelo torcedor carioca. No início da década, foi tratado como uma das grandes promessas do Fluminense. É irmão do também atacante Paulo Vitor, joia vascaína e recém-negociado com o Marbella, da Espanha. 
 
     Homem de referência, Denílson já vestiu a camisa de outro gigante brasileiro, o São Paulo. Jogou na Espanha, onde defendeu o Granada, e atualmente estava emprestado pelo Galo ao Al-Faisaly FC, da Arábia Saudita. Ele tem nas mãos duas propostas do futebol português.
 
     William Popp tem contrato com o Figueira até o fim da Série B. Já o vínculo de Denílson com o Galo é mais duradouro e vence somente em 30 de junho de 2023.
 
     Embora também tem se aproximado do zagueiro Dario Aimar, do Barcelona de Guayaquil, o Botafogo não prioriza a contratação de um defensor. O foco total é no ataque.

Leia Também:  Seleção masculina vence Alemanha e segue líder na Liga das Nações
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Momento Esportes

Tóquio 2020 proíbe álcool, comemorações e pedidos de autógrafos

Publicados

em


Consumo de álcool, comemorações do tipo ‘bate aqui’ e conversas em voz alta serão proibidos para o número reduzido de portadores de ingresso da Olimpíada que terão acesso aos locais de competição, e os organizadores reconheceram que o “clima de comemoração” será limitado nos Jogos já adiados em um ano devido ao novo coronavírus (covid-19).Decisão de Seiko Hashimoto, presidente do Comitê de Tóquio, levou em conta alerta de autoridades de saúde, segundo as quais a bebida incentivaria contatos e interação em bares.Os organizadores levam adiante os preparativos da Olimpíada, ainda chamada de Tóquio 2020, apesar do grande temor do público japonês de que receber atletas de todo o mundo poderia resultar em mais surtos de covid-19.

Reportagens segundo as quais os organizadores estão cogitando permitir o consumo de álcool nos locais de competição de Olimpíada provocaram revolta nesta semana, e a hashtag “cancelem os Jogos Olímpicos” atraiu dezenas de milhares de tuites.

“Já que o Comitê Organizador quer realizar os Jogos de maneira segura e protegida, é nossa responsabilidade fazê-los acontecer”, disse a presidente da Olimpíada de Tóquio, Seiko Hashimoto, a repórteres nesta quarta-feira (23), um mês antes da cerimônia de abertura de 23 de julho. “Então, se nossos cidadãos têm receios [sobre servir álcool de Olimpíada], acho que teremos que desistir. É por isso que decidimos proibir a venda de álcool.”

A venda de álcool foi limitada dentro e ao redor de Tóquio depois que autoridades de saúde alertaram que beber incentivaria contatos próximos e interação em bares, o que poderia ajudar a disseminar o vírus.

Leia Também:  Dinamarca goleia Rússia e se garante nas oitavas da Eurocopa

O patrocinador Asahi Breweries disse que concorda com a decisão de proibir a venda de álcool e que a considera natural.

*Reportagem adicional de Antoni Slodkowski, Ju-min Park, Rocky Swift e Ami Miyazaki

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA