Momento Esportes

Aumento do diálogo deve marcar futuro do COB

Publicados

em


Logo após ser reconduzido ao comando do Comitê Olímpico do Brasil (COB) para o mandato de 2021 a 2024, Paulo Wanderley fez um discurso no qual se comprometeu a oferecer mais espaço à Comissão de Atletas.

O dirigente, que formava a chapa Força é União junto com o vice Marco La Porta, foi reeleito nesta quarta-feira (7) ao receber 26 dos 48 votos possíveis no pleito.

“Vivenciar um momento como o de hoje me emociona verdadeiramente e me faz lembrar toda a trajetória de 2017 para cá, o quanto construímos juntos. Isso, por si só, já é uma vitória. Se atualmente vivemos a democracia no COB, se tivemos pela primeira vez em décadas três chapas concorrendo à presidência, se tivemos a participação maciça e fundamental de atletas na tomada da decisão, isso foi fruto da reforma estatutária que conduzi como presidente desta entidade”, afirmou Paulo Wanderley logo após a vitória.

Leia Também:  Judô: Brasil vai ao pódio em primeiro torneio após Jogos de Tóquio

E o dirigente destacou que as mudanças devem continuar nos próximos anos: “A Comissão de Atletas vem mostrando seu amadurecimento e comprometimento com questões tão fundamentais do esporte em todas as suas falas e ações. Contará com ainda mais apoio jurídico, financeiro e de comunicação. Terá também orçamento próprio. Queremos instalar uma Central de Serviços Compartilhados às Confederações e rediscutiremos os critérios e políticas de distribuição da Lei das Loterias”.

Porém, o principal desafio será comandar o Time Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio no ano que vem. “É importante fazer o que estamos fazendo. Apreender com os erros e seguir da forma que nos propusemos. Acho que a manutenção de toda equipe vai dar tranquilidade para os atletas nesse período de incertezas”, declarou o vice-presidente Marco La Porta.

Comissão de Atletas

A eleição desta quarta ficou marcada pela expressiva participação da Comissão de Atletas, que pela primeira vez teve direito a 12 votos na Assembleia. A votação contou ainda com 34 representantes das Confederações Brasileiras Olímpicas e dois membros do Comitê Olímpico Internacional (COI), totalizando 48 votantes. A Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) não enviou representante.

Leia Também:  CBG convoca seleção para Mundial de ginástica artística em Kitakyushu

“Ao me candidatar com o Marco La Porta, buscávamos a possibilidade de uma evolução ainda maior do COB e do esporte brasileiro. É esse o compromisso que firmamos após o resultado das urnas. Falaremos sempre de transparência, austeridade e meritocracia, além de competência e excelência. O objetivo é ampliar os mecanismos de governança, transparência e conformidade, aprimorando o tão bem-sucedido programa Gestão, Ética e Transparência, para que possamos ter uma gestão genuinamente esportiva”, concluiu Paulo Wanderley, que assumiu a presidência do COB em 11 de outubro de 2017, após a saída de Carlos Arthur Nuzman, afastado por envolvimento em casos de corrupção.

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

Uberlândia-MG derruba invencibilidade do Joinville-SC na Série D

Publicados

em


Caiu o último invicto da Série D do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (26), o Uberlândia-MG bateu o Joinville-SC por 1 a 0 no Parque do Sabiá e saiu na frente no confronto pelas oitavas de final da competição. A partida em Uberlândia (MG) foi transmitida ao vivo pela TV Brasil.

O duelo de volta será no próximo sábado (2), às 15h (horário de Brasília), na Arena Joinville. O Alviverde do Triângulo tem a vantagem do empate. O Tricolor precisa ganhar por dois ou mais gols de saldo para seguir na briga do acesso. Caso os catarinenses triunfem por um gol de diferença e igualem o placar agregado, a decisão da vaga será nos pênaltis.

A primeira chance foi do Joinville, aos 11 minutos, em chute de fora da área do meia Renan Oliveira, que avançou com liberdade pelo meio e finalizou, para defesa do goleiro Rafael Roballo. A partir daí, o Uberlândia foi mais impositivo e esteve mais perto do gol antes do intervalo. Aos 19 minutos, o meia Ingro cruzou rasteiro na esquerda e o atacante Alípio concluiu perto da pequena área, mas o goleiro Rafael Pascoal salvou com o pé.

Leia Também:  Brasileiro: Fluminense recebe Bragantino no Maracanã

Aos 30 minutos, o zagueiro Bruno Maia tentou encobrir o camisa 1 do JEC em cobrança de falta no campo de defesa. O arqueiro quase foi pego de surpresa, mas conseguiu evitar o gol. Nos acréscimos, o lateral Kellyton soltou uma bomba da intermediária, em cobrança de falta, que explodiu no peito de Rafael Pascoal.

O Tricolor iniciou a segunda etapa tentando ser mais agressivo, mas foi o Alviverde do Triângulo quem balançou as redes. Aos 11 minutos, Alípio cobrou escanteio pela esquerda e Ingro, de cabeça, colocou os anfitriões na frente. O segundo quase saiu na sequência, mas Rafael Pascoal salvou o Joinville duas vezes no mesmo lance. Primeiro, o goleiro defendeu o chute de Kellyton, de fora da área. No rebote, salvou a conclusão de Bruno Maia na pequena área.

O Joinville teve uma boa oportunidade para empatar aos 18 minutos, em chute de Paulo Victor na pequena área, após rebote da zaga do Uberlândia, mas o atacante mandou para fora. Os catarinenses passaram a encontrar dificuldades para avançar, ao passo que deixavam espaços para os contra-ataques dos mineiros. Em um deles, aos 40 minutos, o atacante Pedro Vitor invadiu na área pela esquerda e levou a bola para a perna direita, mas chutou por cima da meta. Foi a última chance do jogo.

Leia Também:  Clubes dizem que Copa do Mundo bienal teria impacto destruidor

Mais Série D

Outras três partidas movimentaram as oitavas de final da Série D neste domingo. Na Arena Ytacoatiara, em Piripiri (PI), o ABC-RN buscou o empate por 1 a 1 com o 4 de Julho-PI. O duelo de volta será no Frasqueirão, em Natal, domingo que vem. Rival do ABC, o América-RN bateu o Moto Club-MA na Arena das Dunas por 1 a 0. Os potiguares têm a vantagem da igualdade daqui uma semana, no Nhozinho Santos, em São Luís. Por fim, no Estádio Albino Turbay, em Cianorte (PR), o time da casa ficou no zero a zero com o Aparecidense-GO. As equipes se reencontram sábado, no Estádio Aníbal Toledo, em Aparecida de Goiânia (GO).

Edição: Fábio Massalli

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA