Momento Esportes

Avancini assume liderança do ranking mundial de mountain bike

Publicados

em


O topo do ranking mundial do mountain bike – uma das categorias olímpicas do ciclismo – é de um brasileiro pela primeira vez. Henrique Avancini assumiu o primeiro lugar do cross country olímpico (XCO) na classificação da União Ciclística Internacional (UCI), deixando para trás o suíço Nino Schurter, medalhista de ouro na Olimpíada Rio 2016. 

“Durante anos me perguntei se realmente buscar alguma coisa com tanto afinco valeria a pena. Se insistir em não querer ser só mais um me levaria à algum lugar. Quis chegar ao topo, do meu jeito, acreditando nos meus princípios. Não importa onde, qual ou quando for a corrida, eu vou largar para brigar pela vitória”, celebrou o brasileiro, em postagem no Instagram.

A regularidade de Avancini explica a subida no ranking. De julho de 2019 para cá, ele pontuou em 24 provas, contra 18 de Schurter. Há uma semana, o atleta fluminense de 31 anos venceu a segunda etapa da Copa do Mundo de mountain bike, realizada em Nové Mesto (República Tcheca). No último sábado (10), em Leogang (Áustria), o brasileiro terminou o Mundial da modalidade na 10ª posição.

Henrique AvanciniHenrique Avancini

Leia Também:  Ronaldinho Gaúcho testa positivo para coronavírus
Henrique Avancini, de 31 anos, venceu a segunda etapa da Copa do Mundo de mountain bike, realizada em Nové Mesto (República Tcheca).- Bartek Wolinski/Red Bull Content Pool/Direitos Reservados

O posicionamento no ranking é fundamental para as pretensões de Avancini de competir na Olimpíada de Tóquio (Japão), no ano que vem. O Brasil é o quarto colocado do ranking de nações na UCI, com direito a duas vagas nos Jogos, e só perderá uma delas se cair para oitavo. O país ficará fora dos Jogos apenas se ficar abaixo da 30ª posição. Avancini, portanto, está praticamente garantido nos Jogos.

Dois ciclistas disputam a outra vaga brasileira: Luiz Henrique Cocuzzi (que subiu um degrau e é o 51º do mundo) e Guilherme Muller (que ascendeu quatro lugares e está em 56º). No Mundial, Muller ficou em 33º e Cocuzzi em 36º. Em 2016, Avancini e Rubens Donizete representaram o país no XCO, com o primeiro terminando a prova em 23º e o segundo em 30º lugar.

No XCO feminino, a brasileira mais bem colocada é Raiza Goulão, que subiu cinco posições na lista da UCI e ocupa o 48º lugar. Como o Brasil é o 19º do ranking de nações, tem direito, atualmente, a uma vaga olímpica para as mulheres. No Mundial, Raiza chegou em 45º, quatro postos à frente da outra representante do país, Letícia Soares, 80ª do mundo.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Propaganda

Momento Esportes

Copa do Brasil: São Paulo vence nos pênaltis e está nas quartas

Publicados

em


O São Paulo se tornou o primeiro classificado para as quartas de final da Copa do Brasil após superar o Fortaleza por 10 a 9 na disputa de pênaltis em partida realizada neste domingo (25) no estádio do Morumbi.

O confronto foi para a disputa nas penalidades máximas após termina em empate de 2 a 2 no tempo regulamentar. No primeiro jogo, realizado no dia 14 no Castelão, as equipes ficaram na igualdade de 3 a 3.

São Paulo sai na frente

O São Paulo poderia ter alcançado uma classificação mais tranquila, pois chegou a abrir 2 a 0. O primeiro gol saiu logo aos 10 minutos de jogo, quando Brenner acertou de voleio bola que sobrou pelo alto. E o Tricolor ampliaria novamente com gol do jovem atacante, mas aos 25 minutos da etapa final.

Com a vantagem obtida já no meio do segundo tempo, a expectativa era que o time paulista garantisse a classificação sem maiores sustos. Mas aconteceu justamente o contrário, o Fortaleza cresceu na partida e descontou aos 35 minutos com David.

A partir daí a equipe do técnico Rogério Ceni abusou das bolas lançadas na área adversária. E foi justamente em uma jogada destas, aos 46 minutos, que a equipe cearense chegou à igualdade, com Roger Carvalho após cruzamento de Juninho. Com o 2 a 2, e o final dos 90 minutos, o confronto foi para a disputa de pênaltis.

Decisão nos pênaltis

Na disputa dos pênaltis, que chegou a 20 cobranças, a eficiência dos cobradores foi a tônica. Pelo Fortaleza, Juninho, Wellington Paulista, Bruno Melo, Marlon, Max Walef, Yuri César, Paulão, Osvaldo e Roger Carvalho não falharam. Já pelo São Paulo, Reinaldo, Tchê tchê, Daniel Alves, Pablo, Vitor Bueno, Tiago Volpi, Bruno Alves, Arboleda e Diego conferiram.

Leia Também:  Com retrospecto favorável, Internacional encara Flamengo no Beira-Rio

Já na 19ª cobrança do Fortaleza, o goleiro Tiago Volpi pegou o chute de Gabriel Dias. Depois, com a responsabilidade de garantir a classificação do São Paulo, Léo Pelé foi eficiente na 20ª cobrança da longa disputa.

Com isso, o Tricolor paulista se tornou o primeiro classificado para as quartas de finais da atual edição da Copa do Brasil.

Veja a tabela atualizada da Copa do Brasil.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA