Momento Esportes

Brasil de Pelotas vence Cruzeiro e se afasta da zona do rebaixamento

Publicados

em


.

Com gol de Gabriel Poveda no segundo tempo, o Brasil de Pelotas derrotou o Cruzeiro por 1 a 0 nesta quarta (2), no Estádio Bento Freitas, na partida que fechou a 7ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Xavante chegou a 6 pontos, conseguiu se afastar da zona do rebaixamento, e agora ocupa da 13ª posição. A Raposa está na 16ª colocação, com 4 pontos, mesmo número do Guarani, o primeiro clube da zona do rebaixamento.

O jogo

O Cruzeiro dominou todo o primeiro tempo, mas não conseguiu abrir o placar. A Raposa começou no ataque, com uma boa chegada logo aos 2 minutos. Airton avançou pela direita e chutou rasteiro, mas o goleiro Rafael Martins fez boa defesa com os pés. Aos 17 minutos, Arthur Caíke arriscou chute forte de fora da área e levou perigo à meta do Brasil de Pelotas. A última grande chance do time celeste na primeira etapa veio aos 36 minutos. Maurício tentou cruzamento rasteiro pela esquerda, o zagueiro Lázaro tentou cortar e quase fez gol contra.

Leia Também:  Copa do Brasil: América-MG vence Ponte Preta e avança

O segundo tempo iniciou da mesma forma que o primeiro, com o Cruzeiro criando boas chances. Logo aos três minutos, Arthur Caíke cobrou falta e obrigou o goleiro Rafael Martins a fazer grande defesa. Três minutos depois, Airton chutou forte na entrada da área e, mais uma vez, Rafael salvou.

Aos poucos, o Brasil de Pelotas foi se encontrando na partida. Aos 14 minutos, Rodrigo Ferreira chutou rasteiro e Fábio defendeu. Aos 22 minutos, a equipe gaúcha abriu o placar. O mesmo Rodrigo Ferreira avançou pela direita, cruzou e Gabriel Poveda apareceu no meio da zaga do Cruzeiro para marcar.

Em desvantagem, a Raposa tentou o empate e chegou a ter boas chances. Arthur Kaíke, Régis, Raúl Cáceres, Filipe Machado e Thiago chegaram com perigo, mas o Brasil de Pelotas conseguiu segurar a vitória até o fim.

Na próxima rodada, o Brasil de Pelotas enfrenta o Náutico sábado (5), às 21h, no Bento Freitas. Já o Cruzeiro recebe o CRB, segunda-feira (7), às 20h, no Mineirão.

Veja classificação atualizada da Série B do Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Leia Também:  Luisa Stefani e Hayley Carter estão na final em Estrasburgo

Propaganda

Momento Esportes

Decreto permite jogos de futebol com torcida no estado do Rio

Publicados

em


.

O governador em exercício do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, publicou, na última quarta-feira (23) no Diário Oficial, um decreto que autoriza a presença de torcida em estádios de futebol. De acordo com o texto, somente municípios das regiões de saúde que estejam na bandeira amarela ou verde poderão receber torcedores.

O decreto 47.290 exige a apresentação de um protocolo para cada estádio de futebol, validado pelas entidades desportivas e sanitárias locais. O protocolo deverá ser apresentado em até 72 horas antes da data da realização da partida, e precisa seguir as diretrizes do Plano de Retorno dos Torcedores aos Estádios de Futebol da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Os protocolos apresentados deverão respeitar a lotação máxima de 30% da capacidade total dos estádios, com distanciamento de, no mínimo, dois metros entre as pessoas, exceto grupos familiares. Além disso, será obrigatório o uso de máscara facial, a realização de aferição de temperatura e triagem de sintomáticos respiratórios no momento do acesso ao estádio, o fornecimento de álcool em gel 70% (ou preparações antissépticas ou sanitizantes de efeito similar) a toda a torcida presente, e a contratação de equipe para higienização dos corrimãos, assentos e locais de circulação do estádio.

Leia Também:  Série B: Operário e Cuiabá empatam em 1 a 1 na abertura da 11ª rodada

Em relação ao comércio, lojas, restaurantes, lanchonetes e bares serão abertos com o restrito cumprimento das orientações sanitárias locais. O protocolo também exige a realização de Campanha de Conscientização sobre a prevenção, diagnóstico e tratamento precoce da Covid-19, com divulgação de informativos do Ministério da Saúde, Secretaria Estadual e Municipais de Saúde junto à torcida.

Quem descumprir o decreto poderá sofrer advertência, multa de 5 mil UFIR-JR na primeira reincidência, e a proibição de realização de novas partidas de futebol no local por 15 dias corridos, em caso de segunda reincidência.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA