Momento Esportes

Cano decide e Fluminense parte na frente do Cruzeiro na Copa do Brasil

Publicados

em

Diante de mais de 46 mil torcedores, o Fluminense derrotou o Cruzeiro por 2 a 1, na noite desta quinta-feira (23) no estádio do Maracanã, e abriu uma pequena vantagem na busca de uma vaga para as quartas de final da Copa do Brasil.

Com este resultado, o Tricolor das Laranjeiras consegue carimbar a vaga na próxima vaga da competição mesmo com um empate por qualquer placar na partida de volta, que será disputada no dia 12 de julho no estádio do Mineirão a partir das 21h (horário de Brasília). Em caso de vitória da Raposa por um gol de vantagem, a classificação será definida na disputa de pênaltis. Para se garantirem de forma direta nas quartas, os mineiros precisam triunfar por dois gols de vantagem.

Empurrado por sua torcida, o Fluminense começou melhor, e teve uma chance cristalina logo no primeiro minuto de bola rolando, quando Cano aproveitou cobrança de escanteio para finalizar muito bem, mas Bidu, em cima da linha, salvou o gol certo.

Leia Também:  Em 2ª final no Mundial, Isaquias sai atrás, mas reage e garante prata

Aos 17 minutos não teve jeito, o artilheiro argentino colocou a bola no fundo do gol defendido por Rafael Cabral após aproveitar bola levantada na área por Arias. Porém, o juiz acabou anulando o lance, com auxílio do VAR (árbitro de vídeo), ao assinalar impedimento do colombiano.

Aos 38 minutos a situação melhorou para a equipe carioca, quando o lateral Geovane Jesus foi expulso pelo juiz, com auxílio do VAR, após entrar de sola no volante Nonato.

Com um a mais o Tricolor aumentou a pressão, e conseguiu abrir finalmente o placar aos 45 minutos, quando Ganso cruzou a bola para o zagueiro Manoel marcar de cabeça. Mas a alegria do time das Laranjeiras durou pouco, pois aos 51 minutos Filipe Machado cobrou escanteio muito fechado para o zagueiro o zagueiro Lucas Oliveira se antecipar ao goleiro Fábio para empatar.

Sabendo que não vencer em casa com um homem a mais seria considerado um resultado negativo, o técnico Fernando Diniz soltou ainda mais a sua equipe, que aos 10 minutos garantiu a vitória. O jovem atacante Luiz Henrique lançou Arias na ponta direita. O colombiano avançou e cruzou na medida para Cano apenas testar para marcar o gol da vitória.

Até o apito final, o time das Laranjeiras teve outras oportunidades de ampliar, inclusive com uma bola na trave de André, mas o placar permaneceu inalterado.

Leia Também:  Brasil alcança final do Sul-Americano de basquete feminino

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

No Mundo da Bola chega à edição 500 com Zico e Edu dividindo histórias

Publicados

em

O programa No Mundo da Bola, da TV Brasil, comemorou a marca de 500 edições neste domingo (7) com uma escalação estrelada. Participaram do debate os irmãos Zico e Edu, ex-craques do futebol brasileiro, além de Zenon, campeão brasileiro com o Guarani na década de 70. Eles acompanharam o apresentador Sérgio Du Bocage e o comentarista Márcio Guedes. A atração separou alguns depoimentos ainda não exibidos, como a entrevista que Edu deu ao quadro ‘Os Setentões’ em que contou uma história de quando travou, sem querer, o carro do irmão quando ele jogava na Itália. Zico relembrou, aos risos, a situação inusitada.

“Era um domingo, não tinha ninguém na rua em Udine. Um fã da Udinese pegou a gente e levou para casa. O carro ficou lá no mesmo lugar por uns quatro dias até que alguém conseguisse destravar”, revelou o Galinho.

Programa No Mundo da Bola, programa 500, MNDB Programa No Mundo da Bola, programa 500, MNDB

Programa No Mundo da Bola, programa 500, MNDB – Carlos Colla/Direitos Reservados

Em outro material, originalmente preparado para o quadro ‘Álbum da bola’, Zico, maior artilheiro da história do Maracanã, com 334 gols, demonstrou que a autoconfiança foi elemento fundamental para o sucesso na carreira. 

‘Eu sei o caminho da trave, já nasci com esse carimbo. Dentro da área, bobeou [o Zico] guardou’ , disse o craque em trecho do quadro. 

Os participantes também responderam à pesquisa da semana, sobre quais times brasileiros avançarão nos duelos caseiros das quartas da Libertadores (Flamengo x Corinthians e Palmeiras x Atlético-MG). Os convidados foram unânimes em apontar Flamengo e Palmeiras como favoritos a alcançarem as semifinais.

“É chover no molhado”, disse Zenon, que também revelou estar honrado por participar da edição número 500 do No Mundo da Bola. “Saudades do Alberto Léo. Estou me sentindo muito emocionado”, revelou o ex-jogador, referindo-se ao jornalista, ex-apresentador do No Mundo da Bola, que faleceu em junho de 2016.

Fonte: EBC Esportes

Leia Também:  Palmeiras faz 3 a 0 no Goiás e se isola na liderança do Brasileirão
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI