Momento Esportes

Com afundamento no rosto, vítima de cotovelada de Ibrahimovic pode precisar de cirurgia

Publicados

em

 

     Ibrahimovic deixou uma marca que vai além dos três gols na vitória do LA Galaxy sobre o Los Angeles na última sexta-feira(19), pela Major League Soccer.
 
     O atacante sueco também acertou uma cotovelada em Mohammed Mounir, zagueiro adversário, que está com um afundamento no rosto e vai provavelmente precisar ser submetido a uma cirurgia.
 
     O lance em questão aconteceu nos acréscimos da partida. Ibrahimovic abre os braços numa dividida pelo alto e acerta o cotovelo esquerdo em cheio no rosto de Mounir, que imediatamente cai sentindo muitas dores. Logo em seguida, ele é substituído por Ramírez.
 
      Lateral-esquerdo egípcio do New York RB e amigo de Mounir, Amro Tarek foi quem divulgou nas redes sociais as imagens tanto da agressão quanto do rosto do colega. Ele escreveu: "Isso é inacreditável. El Mounir vai passar por cirurgia amanhã"
 
     Repórter do "Los Angeles Times", Kevin Baxter informou que a necessidade de cirurgia ainda não está confirmada. E disse que Mounir vai se consultar com um especialista nesta segunda-feira(22)  para averiguar a situação.
 
     Taylor Twellman, da "ESPN", foi mais além e afirmou que o zagueiro tem suspeita de uma fratura zigomática. E ambos informaram que o Comitê Disciplinar da MLS está analisando as imagens, o que pode render uma punição a Ibrahimovic.
Leia Também:  Brasil, invicto, enfrenta Colômbia pela Copa América 2021
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Momento Esportes

Tóquio 2020 proíbe álcool, comemorações e pedidos de autógrafos

Publicados

em


Consumo de álcool, comemorações do tipo ‘bate aqui’ e conversas em voz alta serão proibidos para o número reduzido de portadores de ingresso da Olimpíada que terão acesso aos locais de competição, e os organizadores reconheceram que o “clima de comemoração” será limitado nos Jogos já adiados em um ano devido ao novo coronavírus (covid-19).Decisão de Seiko Hashimoto, presidente do Comitê de Tóquio, levou em conta alerta de autoridades de saúde, segundo as quais a bebida incentivaria contatos e interação em bares.Os organizadores levam adiante os preparativos da Olimpíada, ainda chamada de Tóquio 2020, apesar do grande temor do público japonês de que receber atletas de todo o mundo poderia resultar em mais surtos de covid-19.

Reportagens segundo as quais os organizadores estão cogitando permitir o consumo de álcool nos locais de competição de Olimpíada provocaram revolta nesta semana, e a hashtag “cancelem os Jogos Olímpicos” atraiu dezenas de milhares de tuites.

“Já que o Comitê Organizador quer realizar os Jogos de maneira segura e protegida, é nossa responsabilidade fazê-los acontecer”, disse a presidente da Olimpíada de Tóquio, Seiko Hashimoto, a repórteres nesta quarta-feira (23), um mês antes da cerimônia de abertura de 23 de julho. “Então, se nossos cidadãos têm receios [sobre servir álcool de Olimpíada], acho que teremos que desistir. É por isso que decidimos proibir a venda de álcool.”

A venda de álcool foi limitada dentro e ao redor de Tóquio depois que autoridades de saúde alertaram que beber incentivaria contatos próximos e interação em bares, o que poderia ajudar a disseminar o vírus.

Leia Também:  Paulinho deixa Guangzhou devido a restrições da pandemia

O patrocinador Asahi Breweries disse que concorda com a decisão de proibir a venda de álcool e que a considera natural.

*Reportagem adicional de Antoni Slodkowski, Ju-min Park, Rocky Swift e Ami Miyazaki

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA