Momento Esportes

Com Di Grassi brigando pelo vice, português leva título da Fórmula E

Publicados

em


.

Pela terceira vez em seis edições, a Fórmula E tem um campeão que fala português. Só que a bandeira em destaque, agora, é a rubro-verde. Faltando duas rodadas para o término da temporada 2019/2020 do Mundial de veículos elétricos, o luso Antônio Félix da Costa assegurou o título ao terminar em quarto lugar na segunda das três rodadas duplas de corridas que decidem o campeonato em Berlim, na Alemanha. 

As provas disputadas sábado (8) e domingo (9) no Aeroporto de Tempelhof foram vencidas, respectivamente, pelo alemão Max Gunther, da BMW, e pelo francês Jean-Eric Vergne, da Techeetah, a mesma equipe de Félix da Costa. O resultado do francês, campeão nas duas últimas temporadas, garantiu à escuderia chinesa o título do Mundial de Construtores, também por antecipação, pelo segundo ano seguido.

“É difícil assimilar, não só por esse momento, mas, pelos momentos difíceis que tive no caminho, que quase me fizeram desistir. Muita gente duvidou. Quero agradecer aos meus pais e irmãos… É uma lista que não acaba, sou de fato muito sortudo”, declarou o campeão, lembrando de quando foi preterido pelo russo Daniil Kvyat na Red Bull, em 2013, quando esteve perto da Fórmula 1.

Felix da Costa, português, campeão formula E, equipeFelix da Costa, português, campeão formula E, equipe

Piloto português Felix da Costa conquistou o título do Mundial de Fórmula E com duas rodadas de antecedência – ABB FIA Fórmula E/Direitos reservados

Aos 28 anos, o português é o quinto campeão da categoria. Antes dele e de Vergne, já ficaram com o título o suíço Sebastian Buemi e os brasileiros Nelsinho Piquet – atualmente ausente na categoria – e Lucas Di Grassi. Este último ainda briga pelo vice-campeonato da atual temporada. Ele concluiu as corridas em oitavo e sexto lugar, respectivamente, e caiu para quarto na tabela, com 69 pontos, empatado com Gunther e a 11 pontos de Vergne, atualmente o segundo na classificação geral.

“Em uma categoria competitiva como a Fórmula E, quando você larga em 12º, não pode esperar muito mais do que fizemos aqui. Poderia ser melhor, sim, mas foi o que era possível no momento”, disse Di Grassi, em comunicado à imprensa. “Teremos mais uma rodada dupla para encerrar a temporada 2020, na próxima quarta (12) e quinta-feira (13). Novamente, a Techeetah será o time a ser batido. Mas a nossa equipe está determinada e vamos lutar até o final, como fizemos até aqui”, completou Di Grassi, piloto da Audi.

A última rodada dupla marcou, também, o primeiro ponto de Felipe Massa desde a etapa de Santiago, no Chile, em janeiro. O piloto da Venturi acabou a corrida de domingo em 10º lugar, chegando a dois pontos no geral, mantendo-se em 19º na classificação. No sábado, ele foi o 19º. Já o estreante Sérgio Sette Câmara, contratado pela Dragon para as seis provas finais da temporada na Alemanha, concluiu a etapa de domingo na 21ª posição, pois não chegou a finalizar a corrida de sábado. O mineiro ainda não pontuou.

A maratona em Berlim, com seis etapas em um intervalo de nove dias, foi a saída encontrada pela Fórmula E para concluir a temporada, que havia sido interrompida em março, após quatro corridas, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). A competição é disputada com portões fechados e, segundo a categoria, “rigorosas medidas de segurança”.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Leia Também:  Olimpíada: por vaga na semifinal, seleção pega Egito no futebol
Propaganda

Momento Esportes

Botafogo e Vasco disputam clássico carioca na Série B

Publicados

em


Botafogo e Vasco jogam, neste sábado (31), às 21h (horário de Brasília), no Estádio Nilton Santos, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A Rádio Nacional transmite o duelo com narração de André Luís Mendes, comentários de Waldir Luiz e plantão de Bruno Mendes.

Acompanhe Botafogo x Vasco , às 21h, clique abaixo:

O Alvinegro vem de duas vitórias seguidas contra Goiás e Confiança-SE. O time do zagueiro Gilvan também não levou gols nesta duas últimas partidas, o quê aumenta a confiança do Glorioso para o Clássico da Amizade. “Sabemos que é um jogo muito difícil”, comentou o defensor alvinegro.

Já o Vasco tenta se reabilitar da derrota, no meio da semana, para o São Paulo por 2 a 0 pela Copa do Brasil.  O técnico Lisca vai comandar o cruzmaltino pela terceira vez. Na partida de estreia, goleou o Guarani por 4 a 1. Lisca não vai contar com o lateral Zeca, suspenso pelo terceiro cartão amarelo e MT pode jogar improvisado na posição já que o reserva Riquelme está contundido

Leia Também:  Jogos: Brasil na final da ginástica artística, mas longe do pódio

O Vasco soma 22 pontos na série B e ocupa a sétima posição da tabela. Enquanto, o Botafogo vem no décimo-primeiro lugar com 19 pontos.

Confira aqui a classificação da Série B.

Edição: Gustavo Faria

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA