Momento Esportes

Comitê dos Jogos de Tóquio reduz 1,5 bilhão de reais em custos

Publicados

em


Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio terão um orçamento mais enxuto. O Comitê Organizador dos Jogos anunciou nesta quarta-feira (7) uma redução estimada em US$ 280 milhões de dólares, aproximadamente R$ 1,5 bilhão de reais, nos custos para a realização do evento no ano que vem.

A economia será realizada por meio de uma política de simplificação dos Jogos, que tiveram os gastos ampliados devido ao adiamento de um ano, decorrente da pandemia do novo coronavírus (covid-19). O orçamento revisado com os custos referentes à mudança das datas das competições deverá ser apresentado até o final de dezembro.

Sem apresentar detalhes, o Comitê Organizador disse que a readequação vai passar por uma revisão de custos na aparência do evento e nas instalações das Vilas Olímpica e Paralímpica. Além disso, haverá uma otimização das operações de revezamento da Tocha Olímpica Tóquio 2020. Outra redução está ligada ao custo relativo com as pessoas envolvidas na preparação e organização dos Jogos.

Em nota, o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos reafirma os esforços para a realização do evento no ano que vem.

Leia Também:  CRB arranca empate com o Vasco na 24ª rodada da Série B

“Tóquio 2020 acredita que este trabalho ajudará a criar um modelo para eventos globais futuros, incluindo os próximos Jogos em meio ao novo normal em que vivemos agora. Continuaremos a nos esforçar para fazer dos Jogos de Tóquio 2020 um legado para a humanidade no futuro.”

Os Jogos Olímpicos serão disputados entre 23 de julho e 8 de agosto. Já os Paralímpicos vão acontecer entre 24 de agosto e 5 de setembro.

Edição: Maria Claudia

Propaganda

Momento Esportes

Com gol contra, Remo vence Avaí em confronto de Leões pela Série B

Publicados

em


No jogo entre os Leões Azul e da Ilha, melhor para o representante do Pará. Nesta quinta-feira (16), o Remo derrotou o Avaí por 2 a 1 no Baenão, em Belém, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

A vitória levou os paraenses aos mesmos 33 pontos do Vasco, ficando atrás do Cruzmaltino pelo saldo de gols e permanecendo na 11ª posição. Os catarinenses, com a derrota, caíram para sexto lugar com 37 pontos, ultrapassados pelo Guarani (que ainda jogará na rodada e soma a mesma pontuação) por terem menos gols marcados.

O primeiro tempo foi de pouca inspiração de ambos os lados. Aos quatro minutos, Getúlio ficou na frente do goleiro Vinícius após desvio de cabeça do também atacante Vinícius Leite, mas bateu na rede pelo lado de fora. A resposta do Remo veio aos 14, em pancada da entrada da área do atacante Matheus Oliveira, que o goleiro Gledson defendeu no reflexo. Aos 43 minutos, quando o jogo caminhava empatado para o intervalo, Matheus Oliveira deixou o atacante Victor Andrade livre na área para finalizar na saída de Gledson e abrir o marcador.

O Avaí empatou na etapa final. Aos dez minutos, Vinícius deu rebote após uma falta batida com força pelo lateral Edilson. Na sequência, Marlon derrubou o atacante Jonathan Copete na área. A infração do zagueiro foi alertada pelo árbitro de vídeo e a penalidade foi marcada. Edilson cobrou, o goleiro defendeu, mas o próprio camisa 2 aproveitou a sobra.

Leia Também:  Brasil decide no 2º tempo e vence tchecos na Copa do Mundo de futsal

A igualdade durou apenas 16 minutos. Aos 26, o volante Pingo levantou a bola na área pela esquerda e o zagueiro Fagner Alemão, tentando afastar o perigo, acabou cabeceando contra a própria meta, recolocando o time da casa à frente. A missão catarinense ficou mais difícil aos 31 minutos, quando Edilson recebeu o segundo amarelo e foi expulso ao chutar a bola na direção do banco do Remo. Mesmo com um a menos, o Avaí se lançou ao ataque, mas não teve êxito e ainda cedeu contra-ataques ao Leão Azul, que não aproveitou.

Os dois times voltam a jogar na próxima terça-feira (21). Às 16h (horário de Brasília), o Remo visita o Guarani no Brinco de Ouro, em Campinas (SP). Mais tarde, às 19h, o Avaí recebe o Goiás na Ressacada, em Florianópolis. Os compromissos valem pela 25ª rodada da Série B.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA