Momento Esportes

Cruzeiro demite Ney Franco após novo tropeço pela Série B

Publicados

em


O Cruzeiro anunciou a demissão de Ney Franco. O técnico foi dispensado minutos após o empate sem gols deste domingo (11), com o Oeste, na Arena Barueri, pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A Raposa permanece na zona de rebaixamento da competição, agora em penúltimo lugar, com 12 pontos. O rival é o lanterna, com sete pontos.

O treinador deixa o clube mineiro depois de apenas sete jogos. Foram duas vitórias, quatro derrotas e um empate, com aproveitamento de 33,3%. O presidente Sérgio Santos Rodrigues afirmou que Célio Lúcio, técnico da equipe sub-20 e ex-zagueiro do próprio Cruzeiro, comandará o time profissional de maneira interina.

Punido pela Fifa, devido ao não pagamento de uma dívida, o Cruzeiro iniciou a Série B com seis pontos negativos. Mesmo que não tivesse perdido os pontos, a Raposa estaria distante da parte de cima da tabela, ocupando apenas a 12ª posição, com 18 pontos. O time celeste não vence há três jogos e só ganhou uma das últimas seis partidas.

Com a bola rolando em Barueri (SP), não faltou disposição, mas as duas equipes pecaram demais na criação e na finalização. No primeiro tempo, a melhor oportunidade foi do Oeste. Aos 39 minutos, após uma troca de passes, o atacante Mazinho recebeu na grande área, com liberdade, na cara do goleiro Fábio, mas o chute cruzado passou rente à trave.

Leia Também:  Libertadores: Flamengo derrota Junior Barranquilla por 3 a 1

Na etapa final, a partida perdeu muita intensidade. O Cruzeiro desperdiçou uma chance clara aos 12 minutos. O volante Jadson ficou com a sobra de uma bola afastada pelo zagueiro Éder Sciola, mas bateu ao lado da meta. O drama da Raposa só não foi maior na Arena Barueri porque, já nos acréscimos, Fábio evitou o gol do atacante Madson.

O Cruzeiro volta a jogar nesta sexta-feira (16), às 21h30 (horário de Brasília), contra o Juventude, no Mineirão. No dia seguinte, o Oeste visita o Confiança em Aracaju, às 16h30.

Confira a classificação da Série B do Campeonato Brasileiro.

Edição: Nélio de Andrade

Propaganda

Momento Esportes

Fórmula 1: Verstappen e Stroll batem em treino para GP de Portugal

Publicados

em


Max Verstappen e Lance Stroll colidiram durante um segundo treino tumultuado para o primeiro Grande Prêmio de Fórmula 1 de Portugal em 24 anos. Na atividade realizada nesta sexta-feira (23), Valtteri Bottas ditou o ritmo da campeã Mercedes.

A tarde foi interrompida por duas bandeiras vermelhas, a primeira quando Pierre Gasly, da AlphaTauri, parou com o carro em chamas, e depois quando a Red Bull de Verstappen e a Racing Point de Stroll se chocaram.

Verstappen xingou bastante no rádio da equipe depois do impacto quando ele tentava seguir o traçado interno, chegando a insinuar que Stroll é cego.

“Fiquei muito surpreso que ele tenha virado para dentro enquanto eu me aproximava dele. Não sei para onde eu teria que ir”, disse o holandês, que se recusou a se desculpar por seu palavreado. “Foi muito desnecessário”.

O chefe da Racing Point, Otmar Szafnauer, discordou: “Posso garantir 100% que Max sabia que Lance estava lá (…). Mas Lance não sabia que Max estava lá. É muito simples para mim”.

Leia Também:  Libertadores: Grêmio empata no último minuto e garante 1ª posição

Mesmo assim, Verstappen encerrou o dia como segundo mais veloz, atrás de Bottas. Lewis Hamilton, heptacampeão de F1 da Mercedes, cravou o segundo melhor tempo da manhã e o oitavo depois do almoço.

Lando Norris, da McLaren, ficou em terceiro à tarde, à frente de Charles Leclerc, da Ferrari.

Bottas foi o mais rápido nas atividades da manhã e da tarde, mantendo o hábito de liderar nas sextas-feiras, com um melhor tempo geral de 1min17s940 no circuito de Algarve.

Pela oitava corrida seguida, incluindo a de Nuerburgring, onde os treinos só começaram no sábado por causa do tempo ruim, o nome de Bottas liderou os cronômetros.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA