Momento Esportes

CSA, Avaí e Juventude vencem na Série B do Brasileirão

Publicados

em


Três partidas abriram a 12ª rodada da Série B do Campeonato no início desta terça (29) à noite. O visitante vencedor foi o CSA, que enfrentou o Vitória em Salvador e ganhou por 1 a 0.

No clássico catarinense entre Avaí e Figueirense, no estádio da Ressacada, melhor para os anfitriões que também venceram por 1 a 0.  Em Caxias do Sul, o Juventude superou por 1 a 0 o Operário-PR.

 

No Barradão, os alagoanos surpreenderam os donos da casa. Aos 14 minutos do primeiro tempo, Paulo Sergio recebeu livre dentro da área e mesmo desequilibrado, conseguiu marcar o gol da vitória. Foi o terceiro triunfo consecutivo do CSA que chegou a 13 pontos e já respira próximo do meio da tabela.

Em Santa Catarina, o clássico local começou com poucas emoções. Na segunda etapa, o Avaí passou a criar mais, porém, finalizava sem precisão, errando muitos chutes em direção à meta do Figueirense. O jogo caminhava para o empate, quando aos 42 minutos, Gáston Rodriguez acertou o gol. O zagueiro Alemão perdeu a cabeça e foi expulso, por pouco o jogador não agride o árbitro.

Leia Também:  Série D: Felipão estreia no Cruzeiro contra Operário-PR fora de casa

No Alfredo Jaconi, o time da casa sofreu, mas também levou a melhor. Aos 18 minutos do segundo tempo, Dalberto recebeu cruzamento pela esquerda e com um toque colocado venceu o goleiro Thiago Braga. O resultado levou provisoriamente os gaúchos ao G-4 com 19 pontos.

 

Edição: Liliane Farias

Propaganda

Momento Esportes

Clássico sem público reflete crise atual de Barcelona e Real Madrid

Publicados

em


Na Espanha, a expressão El Clasico (O Clássico) costuma ser sinônimo de grandeza. O jogo, entre Barcelona e Real Madrid, marcado para o próximo sábado (24) e que foi transferido para o incomum horário de 16h local (11h, no horário de Brasília) para satisfazer os mercados globais de televisão, provavelmente ainda é a partida de futebol de clubes com maior audiência.

Porém, um olhar para Barcelona e Real Madrid no momento desperta dúvidas sobre o futuro das duas equipes.

Nenhum dos dois times tem impressionado muito ultimamente, pois os dois perderam seus últimos jogos no Campeonato Espanhol para oponentes humildes, o que faz com que haja pessoas que questionem se este será o clássico menos qualificado em muito tempo.

O craque argentino Lionel Messi, principal estrela do Barça, passou a pré-temporada inteira tentando rescindir seu contrato com o clube sem sucesso. Assim, parece cada vez mais provável que este será o último jogo do atacante em casa contra o Real no Campeonato Espanhol, a menos que ocorra uma grade mudança de opinião.

Leia Também:  Seleção feminina inicia treinos na Europa

É verdade que parece injusto que um jogador que deu tanta alegria ao time ao longo dos anos jogue seu último clássico no Camp Nou sem a presença de público, e em uma disputa contra aquele que pode ser o Real mais frágil de sua carreira e defendendo um Barcelona nada memorável.

Porém, a maior dúvida para o Barça deve ser o que o clube fará quando seu capitão finalmente partir.

Trata-se de um reflexo do estado para o qual os dois clubes regrediram, que está muito distante do auge do confronto há uma década, quando o espanhol Pep Guardiola e o português José Mourinho estavam frente a frente.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA