Momento Esportes

Filipinho é tetra e estreante Samuel Pupo vice na etapa Rio Pro da WSL

Publicados

em

O paulista de Ubatuba Filipe Toledo, líder do ranking, faturou o tetracampeonato do Rio Pro, etapa da Liga Mundial de Surfe (WSL, sigla em inglês), disputada na Praia de Itaúna, em Saquarema (RJ). Filipinho levou nota 10 durante a bateria final, valendo o título, contra o conterrêo Samuel Pupo, as estreante na elite do surfe mundial, que chegou pela primeira vez à uma final na temporada. Filipinho totalizou 18.67 contra 10.73, de Pupo, também do litoral paulista, da cidade de São Sebastião.

Com o triunfo em Saquarema, Filipinho chegou aos 50.040 pontos, e se distanciou ainda mais na liderança da classificação geral.  Na última etapa, em El Salvador, o paulista já havia assegurado presença no WSL Finals, em setembro, final do circuito mundial que reúne os cinco surfistas com maior pontuação na temporada.

Para chegar à final contra Pupo, Filipinho venceu a semi contra o Yago Dora, com nota 17.36 a 15.34. Pela primeira na etapa brasileira as semifinais reuniram quatro brasileiros. A outra disputa foi entre Pupo e o campeão olímpico Ítalo Ferreira. O surfista de São Sebastião (SP)  bateu o potiguar por 11.44 a 10.83.

Leia Também:  Botafogo sai na frente mas cede a empate do Ceará no Brasileirão

A brasileira Tatiana Weston-Webb encerrou sua participação em terceiro lugar, ao perder a semifinal para a havaiana Carissa Moore, por 14.60 a 11.77.  Na sequência,  Moore se sagrou campeã em Saquarema após superar na final a compatriota Gabriela Bryan, por 12.67 a 9.67.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: EBC Esportes

Propaganda

Momento Esportes

No Mundo da Bola chega à edição 500 com Zico e Edu dividindo histórias

Publicados

em

O programa No Mundo da Bola, da TV Brasil, comemorou a marca de 500 edições neste domingo (7) com uma escalação estrelada. Participaram do debate os irmãos Zico e Edu, ex-craques do futebol brasileiro, além de Zenon, campeão brasileiro com o Guarani na década de 70. Eles acompanharam o apresentador Sérgio Du Bocage e o comentarista Márcio Guedes. A atração separou alguns depoimentos ainda não exibidos, como a entrevista que Edu deu ao quadro ‘Os Setentões’ em que contou uma história de quando travou, sem querer, o carro do irmão quando ele jogava na Itália. Zico relembrou, aos risos, a situação inusitada.

“Era um domingo, não tinha ninguém na rua em Udine. Um fã da Udinese pegou a gente e levou para casa. O carro ficou lá no mesmo lugar por uns quatro dias até que alguém conseguisse destravar”, revelou o Galinho.

Programa No Mundo da Bola, programa 500, MNDB Programa No Mundo da Bola, programa 500, MNDB

Programa No Mundo da Bola, programa 500, MNDB – Carlos Colla/Direitos Reservados

Em outro material, originalmente preparado para o quadro ‘Álbum da bola’, Zico, maior artilheiro da história do Maracanã, com 334 gols, demonstrou que a autoconfiança foi elemento fundamental para o sucesso na carreira. 

‘Eu sei o caminho da trave, já nasci com esse carimbo. Dentro da área, bobeou [o Zico] guardou’ , disse o craque em trecho do quadro. 

Os participantes também responderam à pesquisa da semana, sobre quais times brasileiros avançarão nos duelos caseiros das quartas da Libertadores (Flamengo x Corinthians e Palmeiras x Atlético-MG). Os convidados foram unânimes em apontar Flamengo e Palmeiras como favoritos a alcançarem as semifinais.

“É chover no molhado”, disse Zenon, que também revelou estar honrado por participar da edição número 500 do No Mundo da Bola. “Saudades do Alberto Léo. Estou me sentindo muito emocionado”, revelou o ex-jogador, referindo-se ao jornalista, ex-apresentador do No Mundo da Bola, que faleceu em junho de 2016.

Fonte: EBC Esportes

Leia Também:  Em 2ª final no Mundial, Isaquias sai atrás, mas reage e garante prata
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI