Momento Esportes

Fluminense complica Sport e segue na cola do G-6 do Brasileirão

Publicados

em


O Fluminense derrotou o Sport por 1 a 0 neste sábado (16), no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, pela 30ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O resultado levou o Tricolor aos 46 pontos, na sétima posição, dois pontos atrás do Palmeiras, sexto colocado e último time na zona de classificação à Libertadores. Com 32 pontos, o Leão tem três pontos de vantagem para o Bahia, que abre o Z-4, em 17º.

Em um primeiro tempo de poucas oportunidades de ambos os lados, o destaque foi a expulsão de Júnior Tavares, aos 39 minutos. O jogador do Sport se envolveu em uma disputa de bola com o também lateral Calegari, do Fluminense. O árbitro Heber Roberto Lopes foi chamado pela arbitragem de vídeo (VAR) para verificar o lance. Após rever a jogada no monitor, o juiz deu cartão vermelho ao defensor rubro-negro.

Há uma semana, a diretoria do Sport emitiu uma nota reclamando de marcações do VAR contra o time. Na rodada passada, o Leão teve um pênalti a favor anulado, de forma polêmica, no fim do jogo diante do Palmeiras, na Ilha do Retiro, em Recife. O Verdão venceu por 1 a 0. O clube pernambucano manifestou que a partida com o rival paulista deveria ser anulada.

Leia Também:  Caso contra Beckenbauer prescreveu, diz comitê de ética da Fifa

A missão rubro-negra no Rio de Janeiro ficou ainda mais complicada no início da etapa final. Aos três minutos, o atacante Lucca recebeu cruzamento de Calegari e mandou de cabeça para as redes. Apesar de ter um a menos, o Sport pressionou. O atacante Dalberto assustou aos 19 minutos, em uma cabeçada que parou na trave, e aos 24 minutos, em chute de fora da área. O Tricolor se segurou na defesa e garantiu a vitória da recuperação, após a goleada por 5 a 0 sofrida para o Corinthians na última quarta-feira (13), em São Paulo.

O Fluminense volta a campo nesta quarta-feira (20), às 20h30 (horário de Brasília), contra o Coritiba, no Couto Pereira. O Sport tem compromisso na quinta-feira (21), às 21h, diante do Corinthians, na Neo Química Arena. Os duelos valem pela 31ª rodada do Brasileirão.

Derrota do Vasco

Na outra partida da Série A deste sábado, o Vasco perdeu uma ótima oportunidade de somar pontos na competição, pois foi derrotado, por 1 a 0, em pleno estádio de São Januário, pelo Coritiba (equipe que começou a rodada na lanterna).

Com o triunfo, o Coxa chegou aos 25 pontos e ganhou uma posição, empurrando o Botafogo para a última posição. Já o Cruzmaltino fica estacionado na 15ª posição com 32 pontos, a apenas 3 do Bahia, a equipe com melhor pontuação na zona perigosa.

Leia Também:  José Becker, pai do goleiro Alisson, morre afogado em barragem do RS

A vitória do Coritiba foi garantida graças a uma bomba do volante Hugo Moura aos 43 minutos do primeiro tempo.

O próximo desafio do Vasco no Brasileiro será diante do Bragantino, em Bragança Paulista, na próxima quarta-feira, a partir das 21h30.

Veja a classificação da Série A do Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

Jogo entre Joinville e Marcílio Dias é adiado após surto de covid-19

Publicados

em


A Federação Catarinense de Futebol (FCF) acatou pedido do Joinville e adiou a partida entre a equipe do Norte de Santa Catarina e o Marcílio Dias, que seria realizada neste domingo (28), pela segunda rodada do Campeonato Catarinense. O jogo estava marcado para acontecer às 19h (horário de Brasília), mas, segundo comunicado do time mandante, foram registrados 30 casos positivos do novo coronavírus (covid-19) no elenco, juntando atletas e comissão técnica. O clube também pediu o adiamento da partida da próxima rodada, diante do Metropolitano, previsto para a próxima quarta-feira (3), mas até o momento a federação do Estado não se pronunciou sobre o assunto.

No sábado, véspera da partida, o clube havia divulgado o pedido de adiamento das duas partidas por conta de 19 resultados positivos na última rodada de testes. No entanto, a federação relutou, levando em conta o regulamento da competição, cujo artigo 25 determina que uma partida será adiada somente se um dos times não possuir o mínimo de 13 atletas disponíveis para atuar. Como o Joinville possui 29 atletas inscritos e naquele momento eram 12 atletas infectados, ainda restavam 17 aptos a jogar. Neste domingo, 22 dos 30 resultados positivos foram de atletas, restando apenas sete em tese não contaminados. Por isso, no comunicado no site da FCF que confirma o adiamento, consta que o clube não tem o mínimo de jogadores disponíveis.

Leia Também:  São Paulo garante vaga na fase de grupos da Libertadores

Estado vive momento crítico

Os casos no futebol são um reflexo do momento que o estado passa. Na última quinta-feira, o governo anunciou o fechamento das atividades não essenciais, o chamado lockdown, das 23h da última sexta (26) até às 6h de segunda (1), o que vai se repetir no próximo fim de semana. A ideia é controlar o novo aumento no número de casos e amenizar o colapso do sistema de saúde.

Uma das regiões mais afetadas é o Oeste de Santa Catarina, onde fica localizada a cidade de Chapecó. Na quinta-feira (25), a FCF já havia decidido pelo adiamento da partida entre Chapecoense e Avaí, prevista para acontecer neste domingo na Arena Condá. Por conta da situação delicada na região, não haveria ambulâncias disponíveis para a partida.

No entanto, outras partidas do campeonato seguem normalmente. No sábado, por exemplo, o Juventus derrotou o Criciúma por 2 a 0. E neste domingo, outros três jogos estão confirmados.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA