Momento Esportes

Fluminense e Bahia medem forças para confirmar boa fase no Brasileirão

Publicados

em


Fluminense e Bahia se enfrentam neste domingo (11), às 16h (horário de Brasília) no estádio do Maracanã, em uma partida que coloca frente a frente duas equipes que chegam com moral à 15ª rodada. O Tricolor das Laranjeiras venceu o Goiás por 4 a 2 na última quarta-feira (7), subiu para a sexta posição e voltou a pensar em um lugar no G4. Por outro lado, o Esquadrão de Aço superou o Vasco por 3 a 0, no Pituaçu, e agora quer respirar fora da zona do rebaixamento.

Com 10 pontos marcados nos últimos 15 disputados, o Fluminense subiu na tabela mesmo com muitos desfalques devido a um surto do novo coronavírus (covid-19). Para o confronto deste domingo, há a chance de o técnico Odair Helmann contar com os atletas que testaram positivo, com exceção do camisa 10 Paulo Henrique Ganso.

O maior trunfo do treinador para sair com a vitória no Maracanã é o poder de fogo ofensivo. O Tricolor marcou nove gols nos últimos três jogos, deixando a equipe com 21 gols marcados, segundo melhor ataque do Brasileirão, atrás somente do Atlético-MG, que marcou 26 até o início da 15ª rodada.

Leia Também:  Nicholas Santos vence os 50 metros borboleta em competição na Hungria

Falando em ataque, o Bahia fez a parte dele na vitória sobre o Vasco. O resultado construído ainda no primeiro tempo deu tranquilidade à equipe. Entretanto, a maior conquista foi não ter sofrido gol depois de 12 partidas sendo vazado pelo menos uma vez.

Para o duelo contra o Fluminense, o técnico Mano Menezes poderá contar com os retornos do meia Rodriguinho e do lateral Nino, que não atuaram diante do cruzmaltino por causa de lesão. Além deles, Gregore e Juninho pegaram apenas um jogo de suspensão devido a expulsões. O volante tinha recebido o vermelho contra o Grêmio, já o zagueiro foi expulso no confronto com o Atlético-GO. Como cumpriram suspensão automática, eles provavelmente estarão em campo na tarde deste domingo.

Transmissão da Rádio Nacional

A Rádio Nacional transmite Fluminense e Bahia, a partir das 15h30, com narração de Felipe Rangel, comentários de Mario Silva e plantão de Bruno Mendes.

Leia Também:  Lewis Hamilton se torna maior vencedor da Fórmula 1

Veja a classificação atualizada da Série A do Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

Inea bloqueia concessão de licença ambiental de autódromo de Deodoro

Publicados

em


O Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro (INEA) publicou parecer técnico nesta terça-feira (27) em que aponta diversos problemas no Estudo de Impacto Ambiental (EIA) apresentado pela Prefeitura do Rio de Janeiro carioca para justificar a construção de um autódromo na área conhecida como Floresta do Camboatá, no bairro de Deodoro, zona oeste da capital fluminense. Dessa forma, ficou bloqueada a concessão da licença ambiental para a obra.

O documento, com mais de 100 páginas, foi enviado à Procuradoria do INEA. O parecer do entidade jurídica do Instituto é o próximo passo do processo que visa à concessão ambiental. Contrariando a visão da Prefeitura do Rio, a equipe técnica do órgão ambiental considerou que a Floresta do Camboatá não é o melhor local para a realização da obra.

“Há forte indício de que outras alternativas locais apresentadas têm características ecológicas menos complexas e provavelmente com menor biodiversidade … “, diz o parecer técnico.

As outras opções citadas no EIA da prefeitura do Rio também estão localizadas na zona oeste da cidade: uma área usada como campo de instrução do Exército, no bairro de Gericinó;  um espaço próximo à uma cervejaria no Campo Grande; uma área na Estrada Aterrado do Leme, ao lado da Avenida Brasil, em Santa Cruz;  Cidade das Crianças,  na Rodovia Rio-Santos; e o espaço do antigo Centro de Instrução de Operação Especial do Exército, em Deodoro.

Leia Também:  Nicholas Santos vence os 50 metros borboleta em competição na Hungria

Além disso, o parecer técnico apontou diferenças entre o que foi apresentado no relatório da Prefeitura e aquilo que foi constatado no próprio terreno. Segundo o INEA, cursos d’água que constam no documento da Prefeitura não foram encontrados na área da Floresta. O órgão também constatou irregularidades no registro profissional de biólogos participantes da elaboração do EIA apresentado pela prefeitura do Rio.
Contatada pela  Agência Brasil, a assessoria de imprensa da prefeitura do Rio de Janeiro informou que “o executivo carioca recebeu o parecer técnico do INEA, nesta terça-(27) e que serão verificados os apontamentos do órgão ambiental”.
A obra do novo autódromo de Deodoro, na Floresta do Camboatá, é um processo que se arrasta desde 2010, com várias idas e vindas, envolvendo a Prefeitura, o INEA, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), a Justiça estadual, órgãos do Governo Federal e empresas privadas.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA