Momento Esportes

Fórmula 1: Lewis Hamilton leva Grande Prêmio da Toscana

Publicados

em


.

Na estreia do circuito de Mugello na Fórmula 1, o hexacampeão Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio da Toscana, na Itália, realizado neste domingo (13). Com esta vitória, o piloto da Mercedes conquistou seu 90º triunfo na história da F1. Foi o sexto êxito do britânico em nove corridas disputadas nesta temporada. Assim como no treino classificatório, o companheiro de equipe Valtteri Bottas ficou na segunda colocação.

Em busca de recorde

Com o triunfo deste domingo, Hamilton somou o total de 90 vitórias em sua carreira, ficando a apenas uma de igualar o recorde de maior número de vitórias de um mesmo piloto na categoria, que pertence ao alemão Michael Schumacher.

Pódio especial

A terceira posição alcançada pela escuderia Red Bull Racing (RBR) foi especial para o piloto Alexander Albon. O tailandês subiu ao pódio pela primeira vez na Fórmula 1.

A Mercedes lidera o Campeonato Mundial com o Lewis Hamilton e Valtteri Bottas nas duas primeiras posições. A próxima corrida da temporada será o Grande Prêmio da Rússia, no circuito de Sochi. O GP está marcado para acontecer em 27 de setembro.

Leia Também:  Com Marinho em grande fase, Cuca vê atacante com chance na seleção

Presença de público

A prova deste domingo marcou a volta do público aos autódromos. Com capacidade reduzida, o GP da Toscana foi o primeiro no ano a contar com os fãs da competição de forma presencial.

Milésimo Grande Prêmio da Ferrari

Antes da corrida, a Ferrari recebeu homenagens pela marca alcançada no circuito de Mugello. A escuderia italiana completou o milésimo GP disputado na história da F1. Como parte das festividades, Mick Schumacher, filho do heptacampeão mundial Michael Schumacher (cinco destas conquistas foram utilizando o carro da Ferrari), esteve presente. Mick, que atualmente é piloto da Fórmula 2, deu uma volta no carro no qual o pai foi campeão da Fórmula 1 em 2004.

Outra reverência à equipe, que atualmente é representada pela dupla Charles Leclerc e Sebastian Vettel, ficou estampada no safety car (carro de segurança, que entra na pista para reduzir a velocidade dos competidores em alguns momentos na corrida). Tradicionalmente pintado na cor prata, excepcionalmente, o veículo ganhou a cor vermelha em alusão à Ferrari.

Leia Também:  Corinthians encara Intelli, vice-líder do Grupo A da LNF 2020

Veja a classificação do mundial de pilotos de Fórmula 1.

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

CSA vence Juventude e sai do Z4 da Série B do Campeonato Brasileiro

Publicados

em


.

Na estreia do técnico Mozart Santos a frente do CSA, o time alagoano derrotou o Juventude por 3 a 2, no Estádio Rei Pelé, na capital Maceió, e saiu da penúltima para a 14ª posição da tabela, com 10 pontos. Alegria de uns, tristeza de outros. O resultado desta tarde empurrou o Cruzeiro para a zona do rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de três jogos consecutivos sem derrotas, o Juventude perdeu a chance de entrar no G4, permanecendo com 16 pontos. 

Em um primeiro tempo que começou truncado, o Azulão contou com a experiência de Márcio Araújo para abrir o placar, aos 36 minutos. O volante fez grande jogada pela direita, deixou o marcador pra trás com um belo drible e chutou forte para a pequena área. Bareiro não conseguiu fazer o corte e a bola sobrou para Pedro Júnior estufar a rede do Juventude e abrir o placar para os alagoanos.

No fim da primeira etapa, aos 46 minutos, o CSA ampliou. Márcio Araújo tocou de cabeça para Rafinha na esquerda. O lateral fez belo cruzamento e Paulo Sérgio completou de cabeça, sem chances para o goleiro Marcelo Carné.

O Azulão começou o segundo tempo marcando mais um. Yago passou para Paulo Sérgio, que lançou na medida para Pedro Júnior. O camisa 19 entrou na área e chutou forte para fazer o terceiro. O Juventude diminuiu com Breno, aos 22 minutos. Ele avançou sozinho pela esquerda, nas costas da defesa do CSA, e bateu cruzado, na saída do goleiro Matheus Mendes.

Leia Também:  Série B: Chapecoense empata com América-MG e assume terceira posição

O gol animou o Juventude, que passou a pressionar muito o CSA. Com a vantagem, o time da casa parou de atacar e ficou na defesa. O castigo chegou aos 38 minutos: Marciel deixou Breno na cara do gol, e o atacante não perdoou: 3 x 2.

O time gaúcho quase empatou, aos 44 minutos. Marciel soltou a bomba de fora da área e a bola explodiu no travessão de Matheus Mendes. Apesar da pressão do Juventude, o CSA conseguiu segurar a vitória até o fim.

Na próxima rodada, a equipe alagoana enfrenta o Vitória na terça-feira (29), às 19h15min, no Barradão, em Salvador (BA). Também terça (29), no mesmo horário, o Juventude recebe o Operário, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA