Momento Esportes

GP saudita terá alterações no circuito para melhorar visibilidade

Publicados

em


Alguns pequenos ajustes serão feitos no circuito de rua de Jeddah, que constitui o Grande Prêmio da Arábia Saudita de Fórmula 1, para melhorar a visibilidade em algumas curvas, afirmaram os organizadores na quinta-feira (27). 

“Primeiramente, haverá uma ou duas pequenas mudanças no circuito”, disse diretor-executivo da Companhia de Esportes Motores Saudita, Martin Whitaker, em nota. “Essas mudanças estão diretamente relacionadas à visibilidade dos pilotos a partir do cockpit”, afirmou a nota. “É um trabalho mínimo, mas que irá ajudar a melhorar a visibilidade dianteira em algumas curvas”.

O circuito de 6,1 quilômetros de Jeddah Corniche fez sua estreia na Fórmula 1 em dezembro, e é hoje considerado o segundo mais rápido do calendário depois de Monza, na Itália.

O layout fluído composto principalmente por retas rápidas ao longo da orla da cidade diante do Mar Vermelho, e a sucessão de curvas rápidas cercadas de muros, tornou difícil para que alguns carros avistassem outros em velocidades menores em algumas viradas.

Isso levou a alguns quase acidentes nos treinos e nas sessões classificatórias, antes da pista produzir uma corrida dramática, que foi suspensa duas vezes por causa de colisões.

Leia Também:  Seleção feminina de futebol está perto do bronze na Surdolimpíada

Os pilotos gostaram de acelerar pelo design de alta-velocidade do circuito, mas alguns levantaram preocupações sobre a falta de visibilidade em algumas curvas e esquinas.

* É proibida a reprodução deste conteúdo.

Propaganda

Momento Esportes

Botafogo vence lanterna Fortaleza no fim e entra no G6 do Brasileiro

Publicados

em

O Botafogo fez a festa dos mais de 23 mil torcedores que estiveram no estádio Nilton Santos neste domingo (15) à noite. O Glorioso venceu o Fortaleza por 3 a 1, pela sexta rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, entrando na zona de classificação à próxima Libertadores.

O Alvinegro carioca foi a 11 pontos, assumindo o quarto lugar de forma provisória, podendo encerrar a rodada, no máximo, na quinta posição, caso o Santos some pontos contra o Goiás também neste domingo, no estádio da Serrinha, em Goiânia. O Leão do Pici, com apenas um ponto em cinco jogos, permanece na lanterna do Brasileiro.

Os cearenses abriram o placar aos 13 minutos do primeiro tempo, com Moisés. O camisa 21 aproveitou a sobra de uma dividida do também atacante Silvio Romero com o goleiro Gatito Fernández e conferiu para as redes. Inicialmente, o gol foi anulado por impedimento, sendo validado na sequência, após intervenção do árbitro de vídeo (VAR).

A missão dos visitantes, porém, complicou-se aos 39 minutos, com a expulsão de Brayan Ceballos pelo segundo cartão amarelo. No lance seguinte, o também zagueiro Victor Cuesta ficou com o rebote de uma cobrança de falta na área e cruzou para o atacante Erison, de peixinho, empatar o jogo.

Leia Também:  Real Ariquemes encerra sequência de vices e leva título rondoniense

Mais agressivo e tentando fazer valer a superioridade numérica, o Botafogo teve um gol de Erison anulado aos dez minutos da etapa final por impedimento. A virada saiu aos 43, com Patrick de Paula. O volante bateu falta e a bola desviou no lateral Yago Pikachu, enganando o goleiro Marcelo Boeck. Nos acréscimos, aos 48, o lateral Daniel Borges definiu a vitória alvinegra.

Quem também está no G6 é o Coritiba, que levou a melhor sobre o América-MG em confronto direto por lugar na zona da Libertadores. Neste domingo, o Coxa derrotou o Coelho por 1 a 0 no estádio Couto Pereira, na capital paranaense. Os anfitriões foram a dez pontos, na sexta posição. Os mineiros, com nove pontos, iniciaram a rodada no terceiro lugar, mas encerram o fim de semana em oitavo.

O gol da vitória paranaense saiu nos acréscimos do primeiro tempo. Aos 47 minutos, o lateral Egídio cruzou da esquerda e o volante Andrey mandou de cabeça para as redes. Oito minutos antes, o América perdeu o zagueiro Iago Maidana, expulso pelo segundo cartão amarelo, após acertar o atacante Léo Gamalho.

O Coritiba ainda se beneficiou do tropeço do Avaí, que perdeu do Juventude por 2 a 1 na Ressacada, em Florianópolis. O Leão da Ilha soma os mesmos dez pontos dos paranaenses e do Santos, mas fica atrás pelo saldo de gols e aparece em sétimo. Os gaúchos conquistaram a primeira vitória no Brasileiro, mas continuam na zona de rebaixamento – agora em 17º. O Papo tem seis pontos, assim como Athletico-PR e Flamengo, sendo superado nos critérios de desempate.

Leia Também:  Brasil garante bronze no Mundial de futebol de paralisados cerebrais

Aos 24 minutos do primeiro tempo, Óscar Ruiz colocou o Juventude à frente. O empate saiu no lance seguinte, em voleio do também atacante Bissoli. Na etapa final, novamente aos 24, o zagueiro Vitor Mendes, de cabeça, garantiu a vitória alviverde. Os visitantes ainda tiveram o atacante Paulinho Moccelin expulso com auxílio do árbitro de vídeo (VAR), mas seguraram o resultado positivo.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA