Momento Esportes

Grupo de direitos humanos critica atuação do COI no caso Peng Shuai

Publicados

em


O Comitê Olímpico Internacional (COI) agiu de forma irresponsável no que diz respeito à tenista chinesa Peng Shuai, disse a Aliança pelo Esporte e pelos Direitos nesta quarta-feira (1).

Peng, que atuou em três Olimpíadas e foi número um do mundo de duplas, causa preocupação em todo o mundo desde que publicou uma mensagem em uma rede social no mês passado alegando que o ex-vice-premiê chinês Zhang Gaoli a agrediu sexualmente.

O presidente do COI, Thomas Bach, disse que Peng está bem e em segurança após uma conversa telefônica de 30 minutos com ela no dia 21 de novembro, realizada após governos ocidentais e a comunidade global do tênis expressarem preocupação com seu bem-estar. A tenista de 35 anos não foi vista durante quase três semanas após realizar as denúncias.

“O comportamento do COI em relação às alegações de agressão sexual e ao desaparecimento de Peng Shuai é irresponsável e mostra o quão oco é na realidade seu entendimento dos direitos humanos”, disse Andrea Florence, diretora interina da Sport & Rights Alliance, em um comunicado.

Leia Também:  Com vacinação obrigatória na França, Djoko pode perder Roland Garros

“O anseio do COI para ignorar a voz de uma atleta olímpica que pode estar em perigo e para apoiar afirmações da mídia patrocinada pelo Estado na China mostra a necessidade urgente e crítica de uma estratégia de direitos humanos para o COI”, afirma a entidade.

O COI disse que o objetivo principal do telefonema foi indagar sobre o bem-estar e a segurança de Peng Shuai e acrescentou que ela “pediu que sua privacidade seja respeitada em todos os aspectos”.

Propaganda

Momento Esportes

Nos pênaltis, Santos elimina Mirassol e vai à semifinal da Copinha

Publicados

em


O Santos disputará uma semifinal de Copa São Paulo de Futebol Júnior pela primeira vez desde 2014. Nesta terça-feira (18), o Peixe derrotou o Mirassol nos pênaltis, por 3 a 1, após empate por 2 a 2 no tempo normal, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP), pelas quartas de final. O goleiro Diógenes, com duas defesas, foi o herói da classificação.

O adversário na briga por um lugar na decisão será o América-MG, em data, local e horário que serão anunciados pela Federação Paulista de Futebol (FPF). Mais cedo, o Coelho fez 1 a 0 sobre o Botafogo no estádio Zezinho Magalhães, em Jaú (SP).

Na última vez que chegou à semifinal, o Alvinegro levou o título da Copinha. O goleiro João Paulo, atualmente titular da equipe profissional, fez parte do time que bateu o Corinthians por 2 a 1 na decisão, realizada no Pacaembu, em São Paulo. Em obras, o estádio não poderá ser utilizado na final deste ano.

Apesar do ímpeto ofensivo apresentado pelas equipes durante a competição, o primeiro tempo foi morno, com leve superioridade do Mirassol, até os 38 minutos, quando o Santos abriu o placar. O lateral Lucas Pires recebeu do meia Ed Carlos pela esquerda e cruzou para o atacante Rwan Seco balançar as redes de cabeça. Aos 41, a equipe do interior reclamou de um pênalti do volante Jhonnathan no lateral Frank. O árbitro Paulo César Francisco entendeu que o lance foi fora da área.

Leia Também:  WSL anuncia calendário do Circuito Mundial de Surfe

Logo no começo da etapa final, o Peixe parecia encaminhar a vitória. Aos seis minutos, o zagueiro Jair lançou Ed Carlos, que ajeitou de costas para o atacante Lucas Barbosa encontrar Rwan Seco na área. O camisa 10 tirou a marcação e marcou o segundo gol dele na partida e o sexto na Copinha, ficando a um do atacante Figueiredo, do Vasco, que lidera a artilharia.

O Mirassol não sentiu o baque e buscou o empate. Aos 29 minutos, após cobrança de falta do atacante Wesley pela esquerda, da intermediária, o meia Gabriel Tota, de cabeça, fez o primeiro do Leão. O Santos recuou e o time do interior tomou conta das ações ofensivas. Aos 43, Wesley bateu escanteio pela direita e o zagueiro Pedro Rinaldi, também de cabeça, igualou o marcador. Apesar das paralisações, o árbitro deu somente dois minutos de acréscimo e encerrou o jogo antes dos 47 minutos.

A reação do Mirassol, porém, não foi além. Nos pênaltis, Diógenes defendeu as cobranças de Gabriel Tota e do lateral Moreira. Na terceira batida santista, Jhonnathan chutou para fora. Wesley teve a chance de diminuir o prejuízo do Leão, mas errou a cavadinha e mandou por cima. Em seguida, Lucas Barbosa deslocou o goleiro Vinícius e decidiu a vitória alvinegra nas penalidades por 3 a 1.

Leia Também:  Brasileiros atingem top 6 no Mundial Paralímpico de esportes na neve

O outro confronto semifinal será definido nesta quarta-feira (19). Às 19h (horário de Brasília), o Palmeiras enfrenta o Oeste na Arena Barueri. Em seguida, às 21h30, o São Paulo pega o Cruzeiro no Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA