Momento Esportes

Hugo Calderano inicia busca por segundo título da Copa da Alemanha

Publicados

em


O brasileiro Hugo Calderano começa, no próximo domingo (4), a busca pelo seu segundo título da Copa da Alemanha. O melhor mesatenista da história do Brasil, e atual sexto colocado no ranking mundial, defende a equipe do Liebherr Ochsenhausen.

O time enfrenta o Fulda-Maberzell às 10h (horário de Brasília) pelas oitavas de final da competição. Os jogos serão transmitidos ao vivo pelo site hugocalderano.com. O brasileiro conquistou a Copa da Alemanha com o Ochsenhausen no ano passado. Inclusive, ele foi o destaque da campanha, vencendo todos os seus jogos na semifinal e na decisão.

A equipe do carioca começou bem a temporada 2020/2021. Na liga alemã de tênis de mesa, venceu os dois confrontos que disputou. Calderano esteve no primeiro confronto e foi decisivo mais uma vez. Venceu as duas partidas contra o esloveno Darko Jorgic e o chinês Shang Kun.

Fim de ano cheio de compromissos

Nesta semana, o atleta também teve confirmada a presença em dois eventos internacionais. Ao lado do Gustavo Tsuboi, ele estará na Copa do Mundo individual. Já no ITTF Finals, que reunirá apenas os 16 melhores do ranking, ele será o único brasileiro. As competições fazem parte do #RESTART, uma bolha que será organizada pela federação internacional da modalidade na China para a disputa de quatro torneios entre 8 e 29 de novembro. Os outros dois eventos serão a Copa do Mundo feminina e o WTT Macau.

Leia Também:  LNF: classificados, Atlântico e Carlos Barbosa fazem clássico gaúcho

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

Japão adotará medidas para proteger Olimpíada de ataques cibernéticos

Publicados

em


O Japão anunciou nesta terça-feira (20) que adotará contramedidas para que a Olimpíada de Tóquio do ano que vem não seja prejudicada por ataques cibernéticos, depois que o Reino Unido e os Estados Unidos acusaram a Rússia de orquestrar esforços para tumultuar os Jogos. Os organizadores da Olimpíada não relataram nenhum impacto significativo em suas operações para os Jogos de 2020, que foram adiados para o ano que vem devido à pandemia de novo coronavírus (ocvid-19).

Na segunda-feira (19), Reino Unido e EUA criticaram o que disseram ter sido uma série de ataques cibernéticos mal intencionados orquestrados pela inteligência militar russa, incluindo tentativas de atrapalhar a Olimpíada e a Paralimpíada de Tóquio. O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, negou as acusações e as atribuiu à “russofobia”. Ele disse a jornalistas: “A Rússia nunca promoveu qualquer atividade de hackeamento contra as Olimpíadas”.

O secretário-chefe de gabinete japonês, Katsunobu Kato, não quis dar detalhes, mas disse que seu país fará todos os esforços para proteger os Jogos de possíveis tentativas de invasão virtual. “Não podemos fazer vista grossa a ataques cibernéticos mal intencionados que ameaçam a democracia”, disse Kato em uma coletiva de imprensa, acrescentando que o Japão está recolhendo e analisando informações e mantendo contato frequente com o Reino Unido e os EUA.  “A Olimpíada é um grande evento internacional que atrai atenção, e as medidas de segurança cibernética são extremamente importantes.”

Leia Também:  Bia Haddad conquista quarto torneio de tênis em Portugal

Um porta-voz do Comitê Olímpico Internacional (COI) disse que a segurança cibernética é uma das maiores prioridades da entidade.

* Reportagem adicional de Tetsushi Kajimoto e Makiko Yamazaki

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA