Momento Esportes

Internacional goleia Juventude e garante vaga na final do Gauchão

Publicados

em


Fatal nos contra-golpes, o Internacional goleou o Juventude por 4 a 1 no Beira-Rio, na noite deste sábado (08), e garantiu presença na final do Campeonato Gaúcho. Depois de ter perdido por 1 a 0 na partida de ida, o Colorado precisava vencer por dois gols de diferença para ter o direito de disputar a taça. Apesar do placar elástico, o confronto foi acirrado.

O Inter dominou as ações no início da partida, mas tinha dificuldade de chegar com perigo ao gol de Marcelo Carné. A primeira oportunidade só apareceu aos 18 minutos. O goleiro do Juventude saiu jogando errado e Palácios tentou o cruzamento. A defesa tirou e a bola sobrou para Maurício, que lançou para Thiago Galhardo cabecear para fora.

O Juventude passou a responder a partir dos 20 minutos e rondou o gol de Marcelo Lomba. Aos 29 minutos, Capixaba fez grande jogada pela direita e cruzou rasteiro para a área. Quando a bola estava chegando em Marcos Vinicios, Rodinei apareceu para salvar e jogar para escanteio.

A primeira defesa do jogo foi de Marcelo Lomba. Aos 41 minutos, Wescley bateu falta pela direita com força e o goleiro espalmou para escanteio. Na cobrança, o Juventude foi todo para o campo ofensivo, perdeu a disputa pela bola e acabou oferecendo o contra-ataque para o Colorado. Thiago Galhardo recebeu de Yuri Alberto sozinho no meio de campo e avançou com liberdade. Na saída de Marcelo Carné, Galhardo devolveu para Yuri Alberto, que só empurrou para o fundo da rede. Yuri Alberto tinha acabado de entrar em campo após lesão de Palácios.

O Juventude sentiu o gol e não demorou muito para tomar o segundo. Aos 46 minutos, a zaga do time de Caxias do Sul se precipitou na saída e a bola caiu nos pés de Edenílson. O volante entrou na área adversária, viu a chegada de Maurício na segunda trave, e cruzou na medida para o camisa 27 ampliar o placar.

Leia Também:  Pelé comemora homenagem a Maradona na Copa América

O segundo tempo começou com o Juventude perdendo a oportunidade de diminuir. Maurício tocou errado no campo de defesa e Matheus Peixoto recuperou a bola. Ele entrou na área, deixou Zé Gabriel no chão e na hora de finalizar Rodrigo Dourado apareceu de carrinho para salvar o Colorado. Na cobrança de escanteio, Matheus Peixoto cabeceou e a bola passou muito perto do gol de Marcelo Lomba, que ficou parado.

O Juventude seguiu na pressão. Aos seis minutos, Castilho lançou para a área e Forster tentou afastar. A bola sobrou para Capixaba, que soltou a bomba no ângulo esquerdo, obrigando Marcelo Lomba a fazer grande defesa e espalmar para escanteio.

De tanto se lançar ao ataque, o Juventude acabou sofrendo mais um contragolpe. Thiago Galhardo recebeu de Edenílson e tocou para Yuri Alberto. Marcelo Carné saiu para a disputa de bola e, com o pé direito, acertou o atacante do Inter. Inicialmente, a arbitragem assinalou impedimento de Thiago Galhardo. O VAR entrou em ação, corrigiu a marcação de impedimento e apontou o pênalti. Edenílson foi para a cobrança e garantiu o terceiro para o Colorado, aos 17 minutos.

Leia Também:  Justiça argentina começa interrogatórios sobre morte de Maradona

Quando parecia que o Inter conquistaria a vitória com tranquilidade, o Juventude reagiu. Quatro minutos depois de sofrer o terceiro gol, Marcelo Carné repôs a bola para o ataque e Paulo Henrique ficou com a sobra. Cuesta tentou tirar de carrinho e acabou fazendo falta. O árbitro Daniel Bins assinalou a irregularidade fora da área, o VAR corrigiu e confirmou o pênalti. Peixoto bateu de perna direita, forte, no cantinho e diminuiu.

O Juventude se animou na partida e quase descontou aos 32 minutos. Wesley achou Peixoto, o atacante tentou encobrir Lomba, que fez grande defesa. A resposta do Inter veio em forma de gol. Nonato conseguiu dominar a bola e encontrou Caio Vidal com liberdade. Ele soltou a bomba e Carné espalmou. Na sobra, Rodinei completou de cabeça e marcou o quarto. O Juventude chegou a ter mais uma chance com Peixoto antes do fim da partida, mas ele parou na boa defesa de Marcelo Lomba.

O Internacional agora espera o adversário da final. Grêmio e Caxias se enfrentam neste domingo (9), às 16h (horário de Brasília), na Arena do Grêmio. O Imortal Tricolor venceu a partida de ida por 2 a 1 e precisa apenas de um empate para se classificar.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Propaganda

Momento Esportes

Athletico-PR avança às semifinais do Estadual após empate com Paraná

Publicados

em


O Athletico-PR está na semifinal do Campeonato Paranaense. Nesta quarta-feira (16), o Furacão empatou sem gols com o Paraná na Arena da Baixada, em Curitiba, no jogo de volta do confronto pelas quartas de final. A equipe rubro-negra, atual tricampeã, beneficiou-se da vitória por 2 a 0 na partida de ida, em 24 de maio, na Vila Capanema, também na capital.

Na próxima fase, o time comandado pelo português António Oliveira enfrentará o FC Cascavel. As datas do confronto ainda não foram definidas pela Federação Paranaense de Futebol (FPF). No outro duelo semifinal, o Londrina saiu na frente do Operário ao vencer o jogo de ida, disputado na última quarta-feira (9), no estádio do Café, em Londrina (PR), por 1 a 0. O Tubarão tem a vantagem do empate na volta, marcada para 6 de julho, às 16h (horário de Brasília), no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR).

Leia Também:  Brasil erra bastante e perde na Copa América de Basquete feminino

Apesar da necessidade de vitória ser paranista, foi do Athletico-PR, mesmo poupando titulares, o domínio do primeiro tempo. Aos 21 minutos, o zagueiro Felipe Aguilar assustou em uma cabeçada na trave. O Furacão também chegou perto em uma finalização na entrada da área do atacante Renato Kayzer, aos 25, e em uma cobrança de falta do meia Jadson, no lance seguinte. Aos 30, Kayzer mandou de cabeça, por cima da meta.

Sem poder contar com reforços trazidos para a Série C do Campeonato Brasileiro, que não estavam inscritos no Estadual, o Tricolor chegou com perigo somente após o intervalo. Aos 24 e aos 27 minutos, o atacante Gustavo França, dentro da área, ficou no quase em arremates que passaram muito perto das traves esquerda e direita, respectivamente. Foi só.

As equipes voltam a se concentrar nos respectivos campeonatos nacionais. No sábado (19), às 17h, o Paraná visita o Ituano no estádio Novelli Júnior, em Itu (SP), pela quarta rodada da Série C. O Athletico-PR joga no domingo (20), em casa, às 18h15, diante do Atlético-GO, pela quarta rodada da Série A.

Leia Também:  Justiça argentina começa interrogatórios sobre morte de Maradona

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA