Momento Esportes

Japão amplia estado de emergência e cresce oposição a Jogos de Tóquio

Publicados

em


O Japão ampliou o estado de emergência na área de Tóquio para mais sete prefeituras nesta quarta-feira (13), em meio a um aumento constante nos casos do novo coronavírus (covid-19), enquanto uma pesquisa da emissora pública NHK mostrou que a maioria das pessoas deseja que a Olimpíada seja cancelada ou adiada.

Os governantes de Osaka, Kyoto e outras prefeituras duramente atingidas pediram ao governo que anunciasse a emergência, o que dá às autoridades locais a base legal para conter a movimentação e os negócios.

O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, tem sido cauteloso em tomar medidas que prejudiquem a atividade econômica.

“A declaração do estado de emergência é um meio poderoso, baseado na lei, para combater a propagação de infecções, mas também impõe grandes restrições à vida das pessoas”, disse Suga em entrevista coletiva. “Portanto, é necessária uma decisão muito cuidadosa do governo.”

À medida que as infecções atingem níveis recordes, pesquisas de opinião mostram uma oposição cada vez maior à realização dos Jogos Olímpicos. Os casos de coronavírus no Japão chegaram a 300 mil  nesta quarta-feira (13), com o número de mortos de 4.187, disse a NHK.

Em uma pesquisa no fim de semana da NHK, apenas 16% dos entrevistados disseram que os Jogos devem ocorrer – 11 pontos percentuais abaixo da pesquisa anterior no mês passado – enquanto 77% acham que o evento deveria ser cancelado ou adiado.

Leia Também:  Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial de Handebol

Os Jogos estão programados para 23 de julho a 8 de agosto. As prefeituras a serem adicionadas ao estado de emergência a partir desta quinta-feira (14)  são Osaka, Kyoto, Hyogo, Fukuoka, Aichi, Gifu e Tochigi.

* Reportagem de Chang-Ran Kim, Elaine Lies, Kiyoshi Takenaka, Mari Saito, Takashi Umekawa, Tetsushi Kajimoto, Ritsuko Ando

Propaganda

Momento Esportes

Brasileiro: Vasco visita Bragantino para tentar se afastar do Z-4

Publicados

em


O estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, recebe na noite desta quarta-feira (20), a partir das 21h30 (horário de Brasília), o duelo entre Bragantino e Vasco pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. A Rádio Nacional transmite.

Bom momento do Massa Bruta

Em um bom momento, o Massa Bruta não perdeu nenhum dos últimos três jogos. E, se não for superado pelo time carioca nesta noite, atingirá a maior sequência invicta no campeonato. Essa atual série tem uma vitória contra o líder São Paulo, o empate com o Atlético-MG e outra vitória sobre o Ceará. Atualmente, a equipe de Bragança Paulista ocupa a 12ª posição. São 38 pontos que lhe deixam na da zona de classificação para a próxima edição da Sul-Americana.

Em relação à equipe que entrará em campo, o técnico Maurício Barbieri terá alguns problemas. O volante Ryller (suspenso), o meia Lucas Evangelista (com edema na coxa) e quatro atletas que testaram positivo para o novo coronavírus (os laterais Luan Cândido e Weverson, o volante Uillian Correia e o atacante Alerrandro) são ausências confirmadas. Em compensação, o zagueiro Ligger e o meia Cuello retornam após cumprir suspensão automática no último jogo.

Leia Também:  São Paulo empata com Athletico-PR e segura liderança do Brasileiro

Fugindo do Z-4

Já o Vasco da Gama ocupa atualmente a 15ª posição, com 32 pontos (quatro a mais do que o Bahia, primeiro dentro da zona de rebaixamento). Sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo são três jogos (uma vitória, um empate e uma derrota).

O único revés, para o Coritiba no último sábado (16), reacendeu o sinal de alerta no Cruzmaltino, pois a equipe não tem um bom aproveitamento contra equipes que brigam para escapar da parte de baixo da tabela. O time de São Januário venceu apenas Sport e Botafogo do grupo de equipes que seguem brigando pela permanência na Série A.

Para o jogo desta noite, o comandante da equipe carioca terá que fazer mudanças na equipe titular. Ele não contará com o lateral Henrique e com o volante Bruno Gomes, suspensos. Na lateral, a tendência é de que Neto Borges ocupe a vaga. No meio, quem pode jogar é Andrey. Mas, Luxemburgo tem mais opções para o setor, como o recuo de Léo Gil e a escalação do argentino Benítez mais à frente.

Leia Também:  Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial de Handebol

No histórico entre Vasco e Bragantino, os cariocas têm vantagem. São 16 jogos, com seis vitórias do Cruzmaltino, uma do Massa Bruta e nove empates. Nestas partidas, os cariocas marcaram 22 gols, e os paulistas 14.

Transmissão da Rádio Nacional

A Rádio Nacional transmite Bragantino e Vasco, ao vivo, com narração de André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz e plantão de Bruno Mendes. Você escuta o Show de Bola Nacional, que começa às 21h, aqui:

Veja a classificação da Série A do Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA