Momento Esportes

Justiça argentina começa interrogatórios sobre morte de Maradona

Publicados

em


Quase sete meses após a morte de Diego Maradona, a Justiça argentina começou nesta segunda-feira (14) os interrogatórios de sete integrantes da equipe médica suspeitos de “infringir suas funções” e “levar ao desfecho fatal” do astro do futebol.

As audiências, que foram adiadas pela violenta segunda onda do novo coronavírus (covid-19) na Argentina, começaram por volta das 12h na Procuradoria-Geral de San Isidro, com o interrogatório do enfermeiro que atendeu Maradona entre os dias 24 e 25 de novembro de 2020. Ele foi a última pessoa a vê-lo com vida, de acordo com seu depoimento anterior.

Maradona morreu no dia 25 de novembro, aos 60 anos, em uma casa no norte de Buenos Aires, onde se hospedava após uma operação de hematoma subdural na cabeça.

O enfermeiro Ricardo Almirón, assim como os demais integrantes da equipe de saúde que cuidou do astro, foi denunciado pela Promotoria por “homicídio com eventual dolo”, crime que inclui entre 8 e 25 anos de reclusão.

Leia Também:  Série D: 100% em casa, Caxias recebe invicto Joinville pelo Grupo 8

“Eles realizaram ações contrárias à arte da saúde e deixaram de realizar atos específicos que cada um deveria desenvolver em torno de sua função, agravando a situação de saúde de Maradona”, indicaram os promotores.

Os últimos a serem ouvidos serão a psiquiatra Agustina Cosachov e o neurocirurgião e médico pessoal Leopoldo Luque, ambos também acusados de falsificar assinaturas de Maradona e de emitir receitas médicas sem ter controlado o paciente.

Propaganda

Momento Esportes

Alison e Álvaro vencem mexicanos e vão quartas do vôlei de praia

Publicados

em


Alison e Álvaro Filho serão os representantes do Brasil nas quartas de final do vôlei de praia masculino na Olimpíada de Tóquio (Japão). A dupla avançou após vitória sobre os mexicanos Josue Gaxiola e Jose Rubio por 2 sets a 0, com parciais de 21/14 e 21/13, na manhã desta segunda-feira (2), no Parque Shiokaze, na capital japonesa.

Nas quartas de final, às 9h (horário de Brasília) da próxima quarta (4),  os brasileiros vão encarar os letões Martins Plavins e Edgars Tocs, que eliminaram os compatriotas Bruno Schmidt e Evandro nas oitavas de final por 2 sets a 0 (21/19 e 21/18). Os duelos das quartas de final masculinas estão programados para começar às 9h (horário de Brasília).  

Jogo

O primeiro set foi equilibrado apenas até o placar marcar 4 a 4. Em seguida, Alison e Álvaro se impuseram e abriram vantagem de quatro pontos (8 a 4). Entretanto, os mexicanos reagiram e diminuíram para 8 a 6. Foi nesta altura do jogo que os brasileiros emplacaram diferença de seis pontos (14 a 8). O Brasil manteve a superioridade até o final do set, vencendo por 21 a 14.

Leia Também:  Série D: 100% em casa, Caxias recebe invicto Joinville pelo Grupo 8

Assim como no primeiro set, em nenhum momento a dupla brasileira viu seus adversários na frente no placar. Logo no início da segunda parcial, Alison e Álvaro abriram vantagem de quatro pontos (7 a 3). Com tranquilidade, eles conseguiram ampliar botando uma diferença de sete pontos no marcador (18 a 11). A superioridade deles foi até o final do set, que terminou 21 a 13.

Ana Patrícia e Rebecca

Logo mais, ás 22h, as brasileiras  Ana Patrícia e Rebecca disputam as quartas de final contra as suíças Anouk Verge-Depre e Joana Heidrich. A partida será às 22h, no Parque Shiokaze, em Tóquio. 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA