Momento Esportes

Juventude derrota Confiança em jogo marcado por erros da arbitragem

Publicados

em


.

Em uma partida marcada por erros de arbitragem, o Juventude derrotou o Confiança por 3 a 1, de virada, no Alfredo Jaconi, na abertura da 9ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe gaúcha chegou a 15 pontos na classificação e alcançou, momentaneamente, a terceira posição. O Confiança segue com apenas 7 pontos e pode terminar a rodada na zona do rebaixamento, dependendo dos outros resultados.

O Confiança foi a Caxias do Sul sem o técnico Matheus Costa e com sete desfalques por terem testado positivo para a covid-19. Além deles, André Moritz estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Mesmo precisando levar atletas às pressas para a partida, o Dragão começou melhor a partida.

A principal arma era o chute de longa distância. Aos 6 minutos, Ari Moura foi o primeiro a arriscar, levando perigo ao gol de Marcelo Carné. Aos 18 minutos, foi a vez de Bruno Paraíba tentar, mas a bola passou por cima. Na terceira chegada, o Confiança abriu o placar. Silva cruzou da esquerda e a zaga afastou. Na sobra, Jeferson Lima pegou de primeira, de longe, e acertou o canto esquerdo de Marcelo Carné.

Leia Também:  Copa do Brasil: dois jogos definem primeiros classificados às oitavas

O Juventude também resolveu finalizar de fora da área. Aos 36 minutos, Breno Lopes chutou de perna direita e a bola passou tirando tinta da trave de Jean Drosny. Apesar da tentativa, os donos da casa não conseguiram o empate na primeira etapa.

Tudo mudou no segundo tempo. O Juventude voltou melhor e passou a dominar a partida. Aos 10 minutos, o zagueiro Luan errou e Dalberto finalizou. Jean deu rebote e Breno Lopes chutou para fora. O time de Caxias teve outras oportunidades, mas só empatou aos 22 minutos. Dalberto soltou a bomba e a bola explodiu na trave esquerda. No rebote, Breno recebeu a bola em posição irregular e completou para o gol.

O Juventude continuou melhor e não demorou para a virada sair. Aos 33 minutos, Gustavo Bochecha dominou na entrada da grande área e chutou de perna direita, colocado, no canto esquerdo do goleiro Jean para fazer o segundo. Com a vantagem, a equipe gaúcha controlou o jogo e ainda teve tempo de marcar o terceiro gol em mais um lance polêmico.

Aos 47 minutos, Capixaba recebeu lançamento e foi derrubado fora da área. O árbitro Leonardo Ferreira Lima marcou pênalti. Renato Cajá cobrou e fechou o placar: 3 a 1.

Leia Também:  Série B: Operário e Cuiabá empatam em 1 a 1 na abertura da 11ª rodada

Na próxima rodada, o Confiança recebe o Guarani, sexta-feira (18), às 19h15min, no Batistão. O Juventude enfrenta o Vitória, sábado (19), às 16h30min, no Alfredo Jaconi.

Edição: Fábio Massalli

Propaganda

Momento Esportes

Copa do Brasil: Atlético-GO marca nos acréscimos e elimina Fluminense

Publicados

em


.

Com amplo domínio da partida, o Atlético-GO sufocou o Fluminense do início ao fim e saiu de campo com a vitória por 3 a 1, nesta quinta (24), no Estádio Olímpico (GO). Com o resultado, a equipe do técnico Vagner Mancini avançou para as oitavas de final da Copa do Brasil, já que o Tricolor havia vencido o confronto de ida apenas por 1 a 0, no Maracanã.

Dragão é o dono do jogo

Precisando vencer, o Atlético-GO começou o jogo partindo para cima do Fluminense. Logo aos 3 minutos, Marlon Freitas aproveitou boa jogada de Janderson pela direita e chutou cruzado, passando perto do gol Tricolor. Aos 9 minutos, o Dragão contou com uma grande ajuda de Muriel para abrir o placar. Hyuri lançou Ferrareis pela esquerda, o camisa 11 cruzou na área em bola fácil para Muriel. No entanto, na hora de encaixar a defesa, o goleiro acabou entregando a bola nos pés de Chico, que não teve problemas para fazer o primeiro.

Leia Também:  Presidente do COI expressa otimismo sobre realização de Jogos em 2021

Mesmo diminuindo o ritmo na parte final do primeiro tempo, o Atlético-GO criou boas chances para ampliar, sendo a melhor aos 42 minutos. Dudu avançou pela direita e jogou na área do Fluminense. Ferrareis cabeceou com perigo, tirando tinta da trave direita de Muriel.

Na única oportunidade real de gol que teve, o Fluminense empatou aos 50 minutos da etapa inicial. Cobrança de escanteio de Egídio pela esquerda e Luccas Claro subiu mais que toda a defesa para cabecear com força e deixar tudo igual.

O segundo tempo começou em ritmo mais lento, mesmo assim o Atlético-GO continuou melhor. O Fluminense mal conseguiu passar do meio de campo e o Dragão não criava muitas chances para finalizar.

A partir dos 25 minutos, o Atlético-GO começou a chegar com mais perigo. Primeiro com Matheus Vargas, que finalizou de perna direita para Muriel encaixar. No minuto seguinte, Janderson avançou pela direita e tentou cruzamento. O atacante quase marcou o gol mesmo sem querer.

Aos 33 minutos, o Atlético-GO marcou o segundo. Janderson soltou a bomba e Muriel fez grande defesa. No rebote, Marlon Freitas estufou as redes do Fluminense. Cinco minutos depois, Matheus Vargas invadiu a área e, na hora de chutar, Luccas Claro conseguiu evitar o gol da classificação do Dragão.

Leia Também:  Série B: Operário e Cuiabá empatam em 1 a 1 na abertura da 11ª rodada

O Fluminense teve a chance do empate aos 44 minutos. Nenê entrou na área pela esquerda e finalizou rasteiro, cruzado. A bola desviou na zaga e foi pela linha de fundo.

O Atlético-GO garantiu a vaga nas oitavas de final aos 47 minutos do segundo tempo. Matheuzinho subiu pela esquerda e tocou na medida para Matheus Vargas chutar, decretar a vitória por 3 a 1 e colocar o Dragão na próxima fase da Copa do Brasil.

Veja a tabela da Copa do Brasil.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA