Momento Esportes

Londrina garante acesso à Série B; e Remo chega às finais da Série C

Publicados

em


Fora de casa, o Londrina garantiu neste sábado (16) o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro de 2021. Após vencer o Remo no Mangueirão, na capital Belém (PA), por 1 a 0, a equipe paranaense retornou à segunda divisão, que disputou pela última vez em 2019.

O gol solitário da partida foi marcado pelo zagueiro Gilberto Alemão, contra. O jogador tentou interceptar o chute de Samuel Gomes, mas acabou desviando para o fundo da rede de sua própria equipe. Com este placar, o Londrina avançou às semifinais, ocupando a segunda posição, com nove pontos. Já o Leão Azul teve uma derrota com sabor de vitória, pois, mesmo perdendo o confronto, disputará as finais da terceira divisão por ter terminado na liderança.

Leia Também:  Thiago Braz conquista medalha de prata no Open Indoor da Sérvia

Além disso, o Remo viu seu maior rival, o Paysandu, interromper o sonho do acesso à Série B. O Papão entrou em campo nesta sexta e última rodada do quadrangular da segunda fase na vice-liderança. Porém, com o resultado no Mangueirão e a derrota de hoje (16), para o Ypiranga-RS por 1 a 0 no estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS), a equipe paraense caiu para a lanterna do grupo. Já os gaúchos ficaram na terceira colocação e também foram eliminados.

Resta ainda uma vaga para a Série B, que será definida amanhã (17). No estádio do Arruda, no Recife (PE), o terceiro colocado Santa Cruz enfrentará o líder Brusque. A outra partida acontecerá no estádio Novelli Júnior, na cidade de Itu (SP), entre Ituano e Vila Nova.

O Bruscão já garantiu o acesso à Série B, mas ainda precisa conquistar a classificação para as finais. Para isso, terá de se manter na liderança. O trio restante do grupo permanece com chances de classificação, embora os goianos dependam apenas de seu resultado para alcançar o objetivo de subir de divisão, assim como é o único clube que pode superar o Brusque na tabela de classificação e enfrentar o Remo nas finais.

Leia Também:  Remo e Brasiliense disputam título inédito da Copa Verde nesta quarta

Veja a tabela da Série C do Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

Nova geração do tênis precisa acreditar em sim mesma, diz Nalbandian

Publicados

em


Ex-finalista em Wimbledon, David Nalbandian disse que os tenistas mais jovens do circuito masculino da ATP precisam começar a acreditar em si mesmos se quiserem diminuir a distância que os separa de Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic.

O russo Daniil Medvedev parecia estar mais perto de acabar com a hegemonia dos “Três Grandes” nos Grand Slams ao chegar à final do Aberto da Austrália com uma sequência de 20 vitórias, que incluiu 12 triunfos sobre os dez melhores do ranking sem perder nenhum set.

Mas isso não serviu para nada, já que Djokovic o derrotou em três sets e ampliou um recorde com seu nono troféu em Melbourne Park, o 18º do sérvio em um Grand Slam.

Nalbandian disse ao site da ATP que a jornada de Medvedev rumo à vitória no ATP Finals de novembro, durante a qual derrotou Djokovic e Nadal, provou ao restante do circuito que tudo é possível.

“Isto mostrou que qualquer um consegue derrotá-los”, disse o antigo número três do mundo. “Eles são jogadores incríveis, mas não são super-heróis. A nova geração tem que começar a acreditar em si mesma.”

Com o triunfo do Djokovic, 15 dos últimos 16 grandes torneios foram vencidos pelos “Três Grandes”.

Leia Também:  COI anuncia Brisbane como favorita a sediar os Jogos de 2032

O austríaco Dominic Thiem venceu seu primeiro Grand Slam no Aberto dos Estados Unidos do ano passado, mas na ausência de Nadal e Federer, enquanto Djokovic foi eliminado na quarta rodada por atingir uma juíza de linha com uma bolada acidental.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA