Momento Esportes

Ministério da Saúde confirma 66 casos de covid-19 na Copa América

Publicados

em


Os casos do novo coronavírus (covid-19) de pessoas envolvidas com a realização da Copa América chegaram a 66, informou o Ministério da Saúde nesta quinta-feira (17), um aumento em relação ao registrado na véspera, de 53 contaminados.

Segundo a pasta, dos 66 casos confirmados, 27 são de jogadores e membros de delegações e outros 39 são de prestadores de serviços contratados para o evento. Em relação ao dia anterior, houve um aumento em 13 prestadores de serviços.

“Os casos de prestadores de serviços foram confirmados em Brasília (DF), Goiânia (GO) e no Rio de Janeiro (RJ). Os resultados do sequenciamento genético para análise de variantes serão concluídos em até 14 dias, prazo necessário para realização da análise”, disse a pasta.

O ministério informou que foram realizados 6.521 testes de RT-PCR entre jogadores, membros das delegações e prestadores de serviços. Afirmou também que os dados são dinâmicos e atualizados a partir das informações enviadas pela organizadora do evento, responsável pela realização dos testes.

Leia Também:  Stefani e Pigossi vencem de virada e avançam às quartas em Tóquio

Desde o início do evento, no final de semana, foram diagnosticados com covid-19 atletas das seleções da Venezuela, da Colômbia e da Bolívia. Nesta quinta, o Chile informou que um integrante da delegação testou positivo, mas não especificou se era um jogador.

Propaganda

Momento Esportes

Delegações barulhentas compensam ausência de torcedores na Olimpíada

Publicados

em


No boxe, foram os uzbeques com tambores. No tênis de mesa, chineses acenando bandeiras torceram tanto que a imprensa japonesa reclamou que parecia um jogo fora de casa para o time anfitrião.

A Olimpíada pode estar oficialmente sem torcedores, mas as delegações nacionais estão assumindo a responsabilidade pelo barulho nos locais de competição de Tóquio, substituindo os torcedores que foram barrados por medidas contra o novo coronavírus.

Tecnicamente, torcer não é permitido por causa do risco de infecções de covid-19, mas tem sido difícil aplicar essa regra durante o drama da competição olímpica.

Após serem adiados por um ano, os Jogos de Tóquio estão sendo realizados sem espectadores, uma medida sem precedentes para evitar o potencial de disseminação do vírus e para tranquilizar um público japonês nervoso que, em geral, foi contra a realização da Olimpíada durante a pandemia.

No Nippon Budokan de Tóquio, onde o judô está sendo disputado, uma autoridade disse à Reuters que estava ficando cansada de pessoas pedindo para ficar nas arquibancadas.

Leia Também:  LNF: Campo Mourão joga por vaga antecipada e Brasília quer sobrevida

“Quem está pedindo para entrar nas arquibancadas são membros da imprensa e pessoas afiliadas às Olimpíadas”, disse a autoridade, se recusando a ser identificado. “Está se tornando um problema.”

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA