Momento Esportes

Mirando liderança do Grupo, seleção feminina pega Zâmbia na Olimpíada

Publicados

em


A seleção feminina de futebol enfrenta Zâmbia, na manhã desta terça-feira (27) a partir das 8h30 (horário de Brasília) no Estádio de Saitama, em busca de um resultado que lhe garanta a classificação como líder de sua chave na Olimpíada de Tóquio (Japão).

Com quatro pontos em dois jogos, após derrotar a China por 5 a 0 e empatar em 3 a 3 com a Holanda, a equipe comandada por Pia Sundhage ocupa a vice-liderança do Grupo F, ficando atrás da Holanda apenas no saldo de gols. Dependendo apenas de um empate para se classificar às quartas de final, a técnica sueca pretende fazer algumas alterações na equipe titular.

Em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira (26), Pia destacou a importância das atletas que saem do banco de reservas: “É uma fórmula para a vitória conseguir usar as jogadoras do banco do jeito que estamos usando. Estou muito feliz com as jogadoras que entram durante o jogo e mudam a partida, como, por exemplo, Angelina, Ludmila e Geysez. Isso não é algo que vem de graça, você tem que tentar repetir, talvez com as mesmas jogadoras ou com outras, mas é muito importante conforme se avança na competição. Temos 22 boas jogadoras, e o fato de algumas ainda não terem jogado vai permitir que elas entrem e façam um bom jogo, justamente por terem pernas mais frescas que algumas outras. Faremos mudanças na próxima partida, com certeza. É muito importante que todas estejam com ritmo de jogo”.

No treino desta segunda, o time considerado titular escalado pela técnica sueca foi: Barbara; Leticia Santos, Poliana, Rafaelle e Jucinara; Formiga, Angelina, Marta e Andressa Alves; Bia e Ludmila.

Leia Também:  Brasileiro: Fluminense recebe Bragantino no Maracanã

Dependendo da posição em que se classificar no grupo F, o Brasil pode ter pela frente a Suécia ou os Estados Unidos, do Grupo G, ou até mesmo Inglaterra, Canadá e Japão, do Grupo E. A técnica da equipe verde e amarela garante que a equipe prefere não escolher adversários: “Nós analisamos todas as possibilidades, para que todas estejam atualizadas quando jogarmos a partida, mas não há grupo melhor ou pior. Todos os times que forem às quartas serão grandes times. Não apostarei que um é melhor que o outro, não sou boa para isso. O que quero é ganhar o jogo contra a Zâmbia. Se for de 1 a 0, ou de uma diferença maior, não importa. O que importa é como jogamos e como conseguimos os três pontos”.

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

Uberlândia-MG derruba invencibilidade do Joinville-SC na Série D

Publicados

em


Caiu o último invicto da Série D do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (26), o Uberlândia-MG bateu o Joinville-SC por 1 a 0 no Parque do Sabiá e saiu na frente no confronto pelas oitavas de final da competição. A partida em Uberlândia (MG) foi transmitida ao vivo pela TV Brasil.

O duelo de volta será no próximo sábado (2), às 15h (horário de Brasília), na Arena Joinville. O Alviverde do Triângulo tem a vantagem do empate. O Tricolor precisa ganhar por dois ou mais gols de saldo para seguir na briga do acesso. Caso os catarinenses triunfem por um gol de diferença e igualem o placar agregado, a decisão da vaga será nos pênaltis.

A primeira chance foi do Joinville, aos 11 minutos, em chute de fora da área do meia Renan Oliveira, que avançou com liberdade pelo meio e finalizou, para defesa do goleiro Rafael Roballo. A partir daí, o Uberlândia foi mais impositivo e esteve mais perto do gol antes do intervalo. Aos 19 minutos, o meia Ingro cruzou rasteiro na esquerda e o atacante Alípio concluiu perto da pequena área, mas o goleiro Rafael Pascoal salvou com o pé.

Leia Também:  Brasileiro: Fluminense recebe Bragantino no Maracanã

Aos 30 minutos, o zagueiro Bruno Maia tentou encobrir o camisa 1 do JEC em cobrança de falta no campo de defesa. O arqueiro quase foi pego de surpresa, mas conseguiu evitar o gol. Nos acréscimos, o lateral Kellyton soltou uma bomba da intermediária, em cobrança de falta, que explodiu no peito de Rafael Pascoal.

O Tricolor iniciou a segunda etapa tentando ser mais agressivo, mas foi o Alviverde do Triângulo quem balançou as redes. Aos 11 minutos, Alípio cobrou escanteio pela esquerda e Ingro, de cabeça, colocou os anfitriões na frente. O segundo quase saiu na sequência, mas Rafael Pascoal salvou o Joinville duas vezes no mesmo lance. Primeiro, o goleiro defendeu o chute de Kellyton, de fora da área. No rebote, salvou a conclusão de Bruno Maia na pequena área.

O Joinville teve uma boa oportunidade para empatar aos 18 minutos, em chute de Paulo Victor na pequena área, após rebote da zaga do Uberlândia, mas o atacante mandou para fora. Os catarinenses passaram a encontrar dificuldades para avançar, ao passo que deixavam espaços para os contra-ataques dos mineiros. Em um deles, aos 40 minutos, o atacante Pedro Vitor invadiu na área pela esquerda e levou a bola para a perna direita, mas chutou por cima da meta. Foi a última chance do jogo.

Leia Também:  CBG convoca seleção para Mundial de ginástica artística em Kitakyushu

Mais Série D

Outras três partidas movimentaram as oitavas de final da Série D neste domingo. Na Arena Ytacoatiara, em Piripiri (PI), o ABC-RN buscou o empate por 1 a 1 com o 4 de Julho-PI. O duelo de volta será no Frasqueirão, em Natal, domingo que vem. Rival do ABC, o América-RN bateu o Moto Club-MA na Arena das Dunas por 1 a 0. Os potiguares têm a vantagem da igualdade daqui uma semana, no Nhozinho Santos, em São Luís. Por fim, no Estádio Albino Turbay, em Cianorte (PR), o time da casa ficou no zero a zero com o Aparecidense-GO. As equipes se reencontram sábado, no Estádio Aníbal Toledo, em Aparecida de Goiânia (GO).

Edição: Fábio Massalli

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA