Momento Esportes

Morre Fischer, estrangeiro com mais jogos na história do Botafogo

Publicados

em


Faleceu nesta sexta-feira (16), aos 76 anos, o argentino Rodolfo Fischer, ídolo do Botafogo e do San Lorenzo (Argentina). O ex-atacante, conhecido pelo apelido El Lobo, foi o jogador estrangeiro que mais vestiu a camisa do Glorioso, com 180 jogos disputados entre 1972 e 1976. No futebol brasileiro, ele também defendeu o Vitória.

O lugar onde Fischer brilhou mais, porém, foi mesmo o San Lorenzo. Pelo tradicional clube de Buenos Aires, El Lobo fez 272 jogos e anotou 141 gols, destacando-se, principalmente, na conquista do título argentino de 1968, de forma invicta. Aquele time, que ganhou o apelido de os Matadores, teve Fischer como artilheiro. Foi dele, inclusive, o gol que garantiu a taça, em vitória sobre o Estudiantes.

Em 2004, em uma entrevista, Fischer opinou sobre quem era, a seu ver, o maior jogador de todos os tempos. O ídolo de Botafogo e San Lorenzo disse ser Pelé, apesar de reconhecer Diego Maradona, à ocasião, como o “maior da Argentina, de longe”. Ele argumentou que, ao contrário do camisa 10 argentino, o brasileiro sabia finalizar com as duas pernas, além de ter marcado muito mais gols, saltar alto e ter tido uma carreira mais constante. “Todos os companheiros que tive, em clubes e na seleção, dizem o mesmo”, afirmou, à época.

Leia Também:  Série D: empate com líder Novorizontino prolonga jejum do Caxias

Antes de vir para o Brasil, Fischer defendeu a seleção argentina entre 1965 e 1972, marcando oito gols em 32 partidas. Além de Botafogo, San Lorenzo e Vitória, o ex-atacante atuou por Sarmiento e Belgrano, ambos da Argentina, além do Once Caldas, da Colômbia.

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

Série D: empate com líder Novorizontino prolonga jejum do Caxias

Publicados

em


O reencontro entre Novorizontino-SP e Caxias-RS pela Série D do Campeonato Brasileiro terminou empatado em 1 a 1. A igualdade desta quinta-feira (22), no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP), foi transmitida ao vivo pela TV Brasil e teve gosto diferente para as equipes. Os paulistas, que tinham vencido o duelo anterior por 1 a 0, no último domingo (18), seguem na liderança do grupo 8, com 15 pontos e ainda invictos. Já os gaúchos, com 11 pontos, podem deixar o G-4 ao final da oitava rodada se o duelo entre Marcílio Dias-SC e São Luiz-RS tiver vencedor. O empate estendeu para cinco a sequência de jogos sem vitória do time grená.

Duas bolas paradas alçadas na área e dois gols de zagueiros em menos de três minutos. Primeiro, o lateral Ivan bateu escanteio pela direita e Thiago Sales, de primeira, pôs o Caxias na frente. Depois, o lateral Paulinho cobrou falta pela esquerda e Bruno Aguiar, na segunda trave, empatou de cabeça para o Novorizontino. Daí em diante, embora o Tigre marcasse mais presença no ataque, o ritmo do jogo caiu sensivelmente em meio ao forte calor (32ºC), com apenas 38% de umidade relativa do ar.

Leia Também:  Série D: Felipão estreia no Cruzeiro contra Operário-PR fora de casa

A temperatura não amenizou no segundo tempo, mantendo a partida cadenciada. O Novorizontino seguia no campo ofensivo e apostava, principalmente, no lado direito, onde estava a única sombra disponível no gramado. O time da casa teve a chance da virada em um pênalti cometido por Ivan, por toque de braço, contestado pelo Caxias. O goleiro Marcelo Pitol (que bateu no peito, avisando que defenderia a cobrança) não só salvou o chute do atacante Guilherme Queiroz como evitou o gol no rebote.

Nos minutos finais, apostando no desgaste do Novorizontino, a equipe grená ensaiou uma pressão e chegou duas vezes com perigo, mas sem sucesso. Em falta venenosa cobrada na intermediária, Ivan obrigou o goleiro Giovanni a fazer boa defesa, no meio do gol. No lance seguinte, após troca de passes na entrada da área, o atacante Giovane Gomez chutou cruzado, rente à trave esquerda do Tigre.

Paulistas e gaúchos voltam a campo neste domingo (25), pela nona rodada da competição. Às 15h (horário de Brasília), o Caxias recebe o Marcílio Dias. Já o Novorizontino visita o São Luiz às 19h.

Leia Também:  Clássico sem público reflete crise atual de Barcelona e Real Madrid

Em outros dois jogos da Série D iniciados às 15h desta quinta, Potiguar-RN e Itabaiana-SE ficaram no 2 a 2 em Mossoró (RN), pelo grupo 4, enquanto o Vitória-ES foi superado em casa pelo Goiânia-GO por 2 a 1, em duelo do grupo 5.

Confira a classificação da Série D do Campeonato Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA